Abarth confirma que vai manter 595 e 695 até fim de 2023 e trabalha com novas tecnologias

Abarth confirma que os atuais 595 e 695 devem ficar em linha até o fim deste ano antes de serem substituídos por pares elétricos do novo 500



A Abarth confirmou que as versões 595 e 695 vão se manter em linha até meados do final deste ano antes de saírem de linha para dar espaço às versões da nova geração. A Abarth deve apresentar seu primeiro elétrico e enquanto isso não acontece, a marca do escorpião vai fazer a manutenção da dupla 595 e 695, que chegaram à linha 2023 e que pode ser a última. O Abarth 595 é equipado com motor 1.4 16v MultiAir Turbo a gasolina que desenvolve 165cv.

Já o Abarth 695 usa o mesmo motor Turbo, mas entrega 180cv. Ao que tudo indica, as novas gerações devem ser apresentadas entre este ano e o ano que vem, com base na nova geração elétrica do hatch. É provável que esse novo motor desenvolva algo próximo dos 200cv de potência e que deve ajudar o hatch a acelerar de 0 a 100km/h em 6 ou 7 segundos. Isso certamente vai diminuir a autonomia de 320km que o hatch possui – a não ser que a Abarth trabalhe em uma bateria maior para o carro.

Rumores indicam que a bateria pode ser ampliada para cerca de 50kWh, podendo manter a mesma autonomia, por exemplo. Apesar desses rumores, não é certo afirmar que isso vá, de fato, acontecer. A italiana ainda estaria estudando equipar os carros com uma tecnologia de reconhecimento fácil, após ter fechado uma parceria com a Loughborough University para o projeto.

O sistema pode trazer uma tecnologia avançada ainda, não só com reconhecimento facial, mas também com sensores de frequência cardíaca, eletrocardiograma e fotopletismografia. “A constelação de equipamentos biométricos que usamos nos permitiu detectar com precisão uma série de emoções que foram experimentadas quando o motorista e o passageiro entram em um Abarth, enquanto detectamos a emoção mais proeminente durante as respectivas atividades de direção”, disse Dr. Dale Esliger, da Loughborough University.

“A pesquisa neste âmbito é limitada, no entanto, suspeito que será uma área dentro da indústria automotiva que continuará a ser explorada, pois os fabricantes se esforçam para melhorar as experiências de direção de seus carros.”, adicionou Esliger. Muito provavelmente, a tecnologia deve estar nos futuros carros da marca – quem sabe nos novos 595 e 695?




Fotos: Abarth / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290