Novo Abarth 500e é apresentado oficialmente como primeiro elétrico da marca, com 155cv

Abarth apresenta o seu primeiro esportivo elétrico com a nova geração do 500, que traz um motor capaz de desenvolver 155cv e visual esportivo 



A Abarth apresentou o seu primeiro automóvel elétrico, o Abarth 500e. O modelo estreou como a versão apimentada da nova geração do Fiat 500, com uma linha que será 100% elétrica de esportivos já em 2024 na Europa. A nova geração do hatch estreia com um motor mais forte e um design mais invocado. Outra novidade é que a marca do escorpião quis deixar vivo o som do motor e instalou caixas de som que emitem o ruído de um motor a combustão.

Visualmente, a novidade se destaca pela cor da carroceria em um tom Acid Green. Além disso, ele possui o nome ‘ABARTH’ em letras garrafais no lugar do nome 500. O para-choque dianteiro ainda possui uma nova entrada de ar inferior com o estilo favos de colmeia e nas extremidades ele possui falsas entradas de ar na cor da carroceria. O esportivo italiano ainda possui um acabamento inferior prateado, onde também permite uma entrada de ar. Os faróis ainda recebem um acabamento escurecido e o logotipo da Abarth aparece no capô.

Visto de lateral, o carro possui rodas de 18 polegadas de cinco raios e com desenho esportivo. Há detalhes com a marca do escorpião ao centro, enquanto as rodas são escurecidas. As rodas são chamadas de Diamond-Cut Titanium Grey. O hatch ainda possui um contorno dos vidros em cinza, assim como a capa dos retrovisores. Ele possui ainda um adesivo na parte inferior da carroceria com grafismo que traz o nome Abarth e o escorpião junto de um raio estão em um adesivo lateral.



Na traseira, o Abarth 500 traz lanternas escurecidas levemente e traz o nome Abarth por escrito ao centro da tampa do porta-malas. Ele ainda possui um aerofólio traseiro com brake-light e o para-choque traseiro também é novo, com um novo difusor de ar com um friso prateado e ao centro traz as luzes de ré e a lanterna de neblina central. Ele ainda será vendido com uma série especial chamada de Scorpionissima, limitada em 1.949 unidades.

A série presta homenagem ao ano de 1949, ano de fundação da marca, vindo nas cores Acid Green ou Poison Blue. Internamente, o 500 da Abarth possui estofamentos em couro Alcantara no volante, painel e nos bancos, além de inserções Titanium Grey, emblemas em Acid Green Scorpion no volante e pedais de aço. Ele manteve a central multimídia de 10,25 polegadas que traz um novo grafismo específico da Abarth, assim como o quadro de instrumentos digital com novo grafismo.

O volante, além de comandos multifuncionais em preto brilhante, ainda tem uma tira em azul no aro superior, enquanto o volante ainda tem mais empunhadura. A central multimídia tem uma conectividade com Android Auto e Apple CarPlay sem fio. A central tem ainda as Performance Pages para acessar gráficos e informação ao estilo Racing e conectividade sem fios para Android Auto e Apple CarPlay. Há um sistema de som tem áudio da JBL e de série vem com assistentes de condução, como o controle de cruzeiro, o aviso de ângulo cego e o assistente de manutenção de faixa, por exemplo.



Mecanicamente, ele se destaca por contar com um motor elétrico capaz de desenvolver 155cv e 23,9kgfm de torque, que faz ele acelerar de 0 a 100km/h em 7 segundos, sendo 1,7 segundo mais rápido que as versões civis do 500e. De acordo com a marca, apesar de ser um pouco mais fraco que o 595, ele se torna o “mais rápido e emocionante tanto na direção urbana quanto suburbana” quando comparado com carros a combustão e traz a “melhor distribuição de peso, melhor torque e maior distância entre eixos”. A prova é que ele cumpre de 40km/h a 60km/h em 1,5 segundo (um segundo a menos que o Abarth 695).

De acordo com a Abarth, ele terá modos de condução em que aumentará a potência. São três em um total: o Turismo faz ele entregar 136cv e 22,4kgfm, que torna ele mais eficiente. Há ainda o Scorpion Street, que oferece os 155cv e 23,9kgfm, tendo frenagem regenerativa e o Scorpion Track, que oferece a potência máxima sem recuperar nada. Ele manteve a bateria de 42kWh, mas traz um novo sistema de carregamento rápido de 85kW.

Com isso, ele recupera 40km em menos de 5 minutos ou vai de 0% a 80% em 35 minutos. Ele ainda pode ser recarregado em um WallBox de 11kW. A autonomia certamente deve ser inferior aos 321km oferecidos pelas versões padrões do Fiat 500e. Outra novidade trazida pela marca do escorpião é que ele tem um som de violão quando se anda acima de 20km/h, chamado de Strumming Guitar. Já o Sound Generator, opcional, imita o som do motor 1.4 MultiAir Turbo. Este ainda traz um botão para ligar ou desligar o sistema de som. Aqui, seu lançamento deve ocorrer em alguns meses.






Fotos: Abarth / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Toyota registra imagens de patente de câmbio manual que simula de 14 marchas no USPTO

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

BMW lança promoção adicional para iX1 e iX no Brasil até o próximo dia 31 de maio

Honda lança promoção no Brasil com ZR-V, que pode ser encontrado por R$ 199.900

Volkswagen apresenta as primeiras imagens teaser de um possível Golf GTI Edition 50

Ford tem desconto de R$ 17 mil para a Ranger; Maverick, Bronco Sport e Transit tem promoção

Chery reajusta o preço do Tiggo 5X em R$ 1.000 e Tiggo 7 Sport pode receber primeiro aumento

Peugeot apresenta a reestilização do 208 na Europa, que ganha opção de motor híbrido

MINI revela imagens teaser do desenvolvimento da condução com uso de óculos VR