Porsche já trabalha no Taycan reestilizado, que terá versão contra Tesla Model S Plaid

Porsche já trabalha na mudança de meia-vida do Taycan e sedã elétrico vai trazer uma versão esportiva de alta performance para concorrer com Tesla Model S Plaid



A Porsche já iniciou os trabalhos de desenvolvimento de uma reestilização para o Taycan. O sedã elétrico da marca apresentado em 2019 já caminha para a primeira mudança visual, que deve ser apresentada entre este ano e 2024. O sedã tem sido flagrado rodando em testes em Nürburgring. Visualmente, as novidades devem ser sutis, mas a alemã também prepara uma versão ainda mais insana do sedã.

Visualmente, o Taycan deve receber mudanças sutis. São esperados que o sedã venha com novo layout interno dos faróis (que virão com tecnologia LED Matrix, que virão com quatro luzes menores de LED que afirmam iluminar objetos a 600 metros), além de mudanças no para-choque dianteiro, que deve perder o equipamento em plástico preto na dianteira, que é conectado aos faróis. Na traseira, as mudanças perceptíveis até o momento é que o sedã venha com novo para-choque traseiro com saídas de ar nas extremidades. As lanternas também deve ter um novo layout.

No interior, as mudanças ficam por conta de quadro de instrumentos digital com tela curva de 16,8 polegadas, além de uma nova central multimídia com tela de 10,9 polegadas. Uma terceira tela deve aparecer no painel, de 8,4 polegadas. Certamente o sedã ainda vai trazer mais novidades com mais itens de série, de tecnologia, segurança e conectividade. A Porsche deve manter as mecânicas atuais do sedã, muito provavelmente com ganhos na bateria com uma autonomia maior, assim como maior capacidade de recarga.

Entre alguns dos testes do novo Taycan, se percebe que ele ganhará uma versão ainda mais extrema que o Turbo S. Com isso, é esperado que a marca lance uma versão como a Turbo GT, que vai trazer um para-choque dianteiro com splitter mais proeminente com aletas nas extremidades, novas saias laterais e um novo para-choque traseiro, com um difusor de ar mais proeminente. Faz parte do pacote as novas rodas de liga leve de aspecto mais esportivo. O modelo avistado em testes ainda trazia um aerofólio na tampa do porta-malas, indicando que o sedã deve vir com uma versão mais insana.

Essa opção será preparada para concorrer diretamente com o Tesla Model S Plaid. Ficando acima da Turbo S, a Turbo GT deve desenvolver cerca de 1.000cv, usando três motores elétricos e vai custar mais de 200.000 euros. O lançamento dessa reestilização deve ocorrer em alguns meses. A Taycan Cross Turismo vai seguir as mudanças, mas a shooting brake da marca não deve receber a versão Turbo GT, cotada ao sedã.



Projeção: Motor.es / reprodução

Fotos: Porsche / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Ford traz novo lote da Ranger Raptor com mais equipamentos de série e custa R$ 466.500

Jaguar-Land Rover quer construir uma inédita fábrica de bateria para elétricos no Reino Unido

BMW revela as novas imagens teaser do M5 e M5 Touring, que vão ter mais de 700cv

Suzuki Invicto aparece na Índia como rebadge da Toyota Innova e espaço para até oito

Toyota lança o RAV4 com motor híbrido plug-in (PHEV) de 306cv no Brasil, por R$ 399.990

RAM reajusta os preços da Classic e diminui os preços da picape em até R$ 35.000

Volkswagen T-Cross com reestilização chega ainda neste primeiro semestre de 2024

Nio revela primeiro teaser da sua nova marca, a Onvo, que estreia com o SUV elétrico L60

Galaxy apresenta na China o seu sedã L6, que estreia como um PHEV com motor de 390cv