Dongfeng apresenta o Fungang ES600 na China, que estreia com base no antigo Peugeot 408

Dongfeng apresenta o rebadge do Peugeot 408 na China e lança sedã médio como Fukang ES600, sendo um elétrico com autonomia de 430km



Não foi apenas os carros chineses que dão usados de rebadge em marcas tradicionais. O contrário também existe. É o caso do Dongfeng Fukang ES600, que é basicamente uma troca de emblemas do Peugeot 408 de segunda geração em favor dos logotipos da Dongfeng. A novidade foi apresentada na China como um dos destaques da marca, sendo um modelo puramente elétrico. A promessa é vende-lo apenas como um elétrico.

Visualmente, vamos nos ater nas mudanças do Peugeot para o Dongfeng. O modelo traz uma nova grade dianteira com a mesma cor da carroceria com alguns elementos em azul e com uma parte central que tem o bocal de recarga das baterias, que abre para cima e mostra o bocal do conector. Ao centro, aparece ainda o logotipo da Dongfeng. É a única mudança visual do sedã na dianteira.

Visto de lateral, o carro possui rodas com logotipos da Dongfeng e a traseira possui o novo logotipo da marca e os novos logotipos que identificam o nome Fukang ES600. O mesmo poderia se valer para o interior, mas há novidades. Enquanto o volante traz apenas o logotipo da marca chinesa, ele possui uma nova central multimídia que aparece ao centro do painel, com um estilo vertical. O quadro de instrumentos é analógico e tem um mostrador central com uma tela que traz informações adicionais sobre o motor elétrico e a autonomia.

O console central traz o seletor das marchas, mas as mudanças são basicamente essas em relação ao modelo que conhecemos como Peugeot. Na mecânica, ele se destaca por aliar o motor elétrico de 150cv e 23,4kgfm. Ele possui uma aceleração de 0 a 100km/h em 10,7 segundos e máxima de 140km/h. Desenvolvido sobre a plataforma modular EMP2, ele vem com uma bateria de 53,6kWh que oferece autonomia de 430km, no ciclo WLTP.

Ele ainda terá a opção de vir com uma bateria que pode ser trocada. Se assim for a escolha do consumidor, ele virá com uma autonomia que oferece autonomia de 410km. Ele poderá trocar as baterias num sistema similar ao que a Nio possui. As estações de recarga são chamadas de Aulton New Energy e trocam as baterias com autonomia baixa por baterias carregadas. Na China, a Aulton possui 336 pontos de troca de baterias. Na China, o sedã médio será vendido por 163.800 yuans. 






Fotos: Dongfeng / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv