Ferrari Purosangue tem fila de espera de dois anos e encerra novos pedidos pelo SUV

Ferrari suspende a produção do Purosangue no mundo todo e produção está esgotada por dois anos, destaca executivo da marca italiana



A Ferrari confirmou que a produção do Purosangue já está toda vendida por dois anos inteiros. A marca italiana confirmou a informação em entrevista, ao mesmo tempo que encerrou novos pedidos por não conseguir atender a demanda pelo SUV. Com uma fila de 24 meses a cumprir, a Ferrari não está aceitando novos pedidos pelo Purosangue até enquanto conseguir atender essa fila de espera.

"Não é segredo que paramos de receber pedidos. Tínhamos tanto interesse sem entregar um único carro. Tomamos uma decisão que achamos consistente com o posicionamento da Ferrari e do modelo”, disse Enrico Galliera, Diretor de Marketing e Comercial da Ferrari, ao Drive. Essa produção interrompida vai por conta de que a Ferrari até consegue produzir mais unidades do Purosangue, mas não quer aumentar a produção. Na sua apresentação, a italiana confirmou que vai fazer entre 2.200 a 3.000 unidades anuais.

Há algumas semanas, a Ferrari já tinha fechado o primeiro ano todo de produção do Purosangue. Na época, foi dito: “Corremos o risco de não conseguir atender a demanda e talvez precisemos fechar a lista de pedidos muito em breve. Estamos comprometidos com nossos clientes e, apesar da demanda, manteremos o controle do volume, algo que está de acordo com nosso DNA, com a missão de nosso fundador, que é permanecer extremamente exclusivo. E a única maneira de permanecer exclusivo é controlar a demanda e a oferta.”, disse Galliera, em entrevista ao Automotive News.

O Purosangue é equipado com um motor 6.5 V12 a gasolina capaz de desenvolver 725cv de potência com torque de 73,0kgfm, acoplado a um câmbio automatizado DCT de dupla embreagem de 8 marchas, de cárter seco. Ele ainda vem com tração integral, mas o eixo dianteiro perde a tração na quarta marcha ou em uma velocidade superior a 200km/h. Com esse conjunto, ele acelera de 0 a 100km/h em 3,3 segundos e aos 200km/h em 10,6 segundos. A velocidade máxima é de 310km/h, se tornando um dos SUVs mais velozes do mundo.

O SUV possui 4,973 metros de comprimento, 3,018 metros entre os eixos, 2,028 metros de largura e 1,589 metro de altura. O mesmo ainda possui 2.033kg, tem um tanque de combustível de 100 litros e um porta-malas de bons 473 litros de capacidade. O chassi do carro ainda foi desenvolvido especialmente para ele, oferecendo uma maior rigidez. Cada unidade é vendida por 390.000 euros. 



Fotos: Ferrari / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

BYD lança no Brasil promoção para interessados em seus carros durante este mês de junho

Jeep Avenger pode ser produzido em Betim (MG) e participa de clínicas com potenciais clientes

RAM Rampage Laramie ganha versão Night Edition, a 'all-black', no Brasil por R$ 277.990

Toyota confirma produção do primeiro elétrico nos EUA em 2025, no estado de Kentucky

Fang Cheng Bao revela as primeiras imagens teaser do Leopard 3, que estreia em breve

Hyundai apresenta oficialmente o Ioniq 5 N, a versão esportiva com motor de 609cv

Nova geração do Peugeot 2008 e reestilização do 208 vão trazer motor T200 MHEV

Hyundai apresenta a linha 2025 de HB20, HB20S, Creta Action e Creta no Brasil com novidades

Isuzu apresenta a primeira imagem teaser da reestilização do MU-X, que aparece na Tailândia