Lamborghini confirma que seus carros elétricos serão feitos com base em quatro pilares

CEO da Lamborghini confirma que seus carros elétricos vão manter quatro pilares que são fundamentais para qualquer carro da italiana, durante entrevista



A Lamborghini confirmou durante entrevista como serão os seus próximos passos. A marca italiana destacou por meio do seu CEO, Stephan Winkelmann, em entrevista ao Autocar, que seus carros eletrificados e elétricos vão manter quatro pilares que são fundamentais no desenvolvimento de qualquer carro da Lamborghini e que tem um grande papel de levar a marca a um ‘novo mundo’ eletrificado.

“O maior esforço que temos pela frente é a transição do velho mundo para o novo mundo sem destruir os sonhos dos clientes. Este é o trabalho para esta década até o início da década de 2030. Isso tem que ser feito.", destaca Winkelmann. Quando perguntado sobre como será a eletrificação da marca, o executivo destacou que: "Não estamos vendendo mobilidade, estamos vendendo sonhos. Então você tem que manter o sonho vivo, você tem que manter a promessa de que os carros são orientados para o desempenho. E não é apenas sobre a aceleração longitudinal, sobre números, mas também sobre o movimento e a aceleração lateral. Acho que isso anda de mãos dadas com a nova geração [de clientes] entrando nesse tipo de mundo e aceitando-o mais do que talvez 10 ou 20 anos atrás.".

“Existem quatro pilares na minha cabeça. Design e desempenho, são coisas que sempre fizemos. Os outros dois? É o desempenho percebido. Então, como você se sente, como você está engajado. Como um piloto. O outro é o som. Essas são as coisas que são mais desafiadoras, então o som é algo em que temos que ver o que está por vir. Não quero dizer que é fácil – será diferente de hoje.”, acrescentou.

A italiana já tinha confirmado que seu primeiro BEV aparece em 2028 e ele não será um cupê. O modelo em questão será um grantourer e confirmou que o carro será um modelo mais acessível no dia a dia, ainda sendo um Lamborghini e será um 2+2. Segundo Winkelmann, o “quarto modelo que será mais utilizável no dia a dia. Isso significa um carro 2+2 de duas portas com mais distância ao solo.”. Isso abre chances para o modelo ser um sedã ou até mesmo um novo crossover.

O executivo ainda confirmou que esse novo produto será desenvolvido a partir da plataforma modular SSP. Ele disse que “sinergias do Grupo Volkswagen como já tivemos com o Urus”, são viáveis de acontecer com o novo elétrico. “Alguns de nossos principais pilares do ponto de vista da tecnologia estão se encaixando perfeitamente no mundo elétrico. Se falarmos sobre a integração da função de fibra de carbono, integração da bateria como parte estrutural - isso é algo que permite muito mais graus de liberdade da perspectiva do design no sentido da aerodinâmica.”, destacou Rouven Mohr, Diretor Técnico da marca.



Fotos: Lamborghini / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Ford traz novo lote da Ranger Raptor com mais equipamentos de série e custa R$ 466.500

Jaguar-Land Rover quer construir uma inédita fábrica de bateria para elétricos no Reino Unido

BMW revela as novas imagens teaser do M5 e M5 Touring, que vão ter mais de 700cv

Suzuki Invicto aparece na Índia como rebadge da Toyota Innova e espaço para até oito

Toyota lança o RAV4 com motor híbrido plug-in (PHEV) de 306cv no Brasil, por R$ 399.990

RAM reajusta os preços da Classic e diminui os preços da picape em até R$ 35.000

Volkswagen T-Cross com reestilização chega ainda neste primeiro semestre de 2024

Nio revela primeiro teaser da sua nova marca, a Onvo, que estreia com o SUV elétrico L60

Galaxy apresenta na China o seu sedã L6, que estreia como um PHEV com motor de 390cv