MINI revela um novo teaser da nova geração Countryman, que será produzido na Alemanha

MINI revela mais detalhes da nova geração do Countryman, que aparece em teaser e antecipa terceira geração que aparece dentro de algumas semanas



A BMW revelou novas imagens teaser do desenvolvimento da terceira geração do Countryman. O SUV compacto da marca foi antecipado em novas imagens que mostram a unidade rodando em testes finais de desenvolvimento. A britânica ainda confirmou que a produção da nova geração inicia em novembro de 2023, na unidade de Leipzig, na Alemanha. Em sua terceira geração, a MINI confirmou que será a primeira a vir com uma opção de motor 100% elétrico.

A segunda geração ainda é uma fase intermediária da tecnologia, ao ter apresentado em 2017 o modelo híbrido plug-in (PHEV). Ele será vendido com um motor elétrico de 313cv, o mesmo motor do BMW iX1. O motor em questão desenvolve 313cv e 50,3kgfm de torque, que permitem que ele acelere de 0 a 100km/h em 5,7 segundos e a máxima de 180km/h. Equipado com baterias de 64,7kWh, o iX1 tem autonomia de 450km. Seu maior concorrente será o modelo da Volvo, que passou a ser vendido puramente com motor elétrico.

De acordo com a MINI, a terceira geração do Countryman terá 4,429 metros de comprimento e a altura será de 1,613 metro. O elétrico será desenvolvido com rodas de liga leve fundidas com até 70% de alumínio secundário. No interior, ele virá com acabamento como painéis, volante, forro e assoalho do veículo e tapetes são de poliéster reciclado obtido a partir de garrafas PET e restos de carpetes. Esta alternativa de alta qualidade, colorida e confortável aos materiais tradicionais reduz as emissões de CO2 ao longo da cadeia de valor em até 85% e enfatiza o foco em minimizar a pegada ecológica da próxima geração do modelo MINI.



Na unidade de Leipzig, a MINI vai produzir o novo Countryman ao lado de modelos como BMW Série 1, BMW Série 2 Gran Coupé e BMW Série 2 Active Tourer, sendo o primeiro MINI a ser feito na unidade. A unidade alemã recentemente conta com 5.600 funcionária e terá uma capacidade de produzir. De acordo com informações, a nova geração do Countryman começa a ser produzida na unidade no final deste ano, com uma versão elétrica.

Para fazer essa versão elétrica, a MINI confirmou que o SUV usará baterias de alta voltagem para o MINI Countryman totalmente elétrico virão das próprias instalações de produção da fábrica. Para atender a capacidade, a BMW confirmou que a fábrica vai passar por um aumento das suas capacidades de produção de componentes eletrônicos, com até oito linhas de produção até meados de 2024. Atualmente, a MINI possui uma instalação de 150.000 metros quadrados na qual os componentes eletrônicos serão fabricados representa um investimento sustentável na viabilidade futura da fábrica de Leipzig.

Investindo 800 milhões de euros na unidade, a BMW Group confirmou que vai contratar mais de 1.000 funcionários serão empregados na produção de componentes elétricos. Maior carro já desenvolvido pela MINI, a nova geração do Countryman, essa será a primeira geração do SUV com uma opção puramente elétrica, que será apresentada junto com os híbridos. O SUV compacto ainda deve trazer a base FAAR, a mesma que será usada pela nova geração do BMW X1 e atualmente usada no BMW Série 2 Active Tourer.




















Fotos: MINI / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias