Lamborghini também quebra recorde de vendas em 2022 no mundo, com avanço de 10%

Lamborghini comemora resultados positivos de vendas em 2022, com mais de 9.000 unidades comercializadas e aumento de 10% nas vendas globais



A Lamborghini confirmou um novo recorde de vendas durante o ano de 2022. De acordo com os resultados obtidos, as vendas tiveram um aumento de 10% em relação ao mesmo período de 2021. No ano, a empresa italiana fechou com 9.233 unidades. O crescimento nas vendas da Lambo foi perceptível em todos os mercados, com a Ásia liderando o crescimento, com alta de 14%, seguido das Américas com 10% de avanço e a Europa, Oriente Médio e África respondendo por avanço de 7%.

“Nossa tendência de crescimento e desenvolvimento continua, e isso mostra que nossa direção é sólida e nossas escolhas estão certas. Este é o produto de avaliações coletivas bem definidas que podem produzir resultados consistentes e concretos. Conseguimos gerir com atenção e meticulosidade uma extraordinária entrada de encomendas, seguindo uma estratégia clara com o objetivo primordial de manter um crescimento controlado para proteger a exclusividade da nossa marca. 2023 será um ano de desafios e mudanças que estamos prontos para enfrentar sempre nos superando. Agora temos a oportunidade de focar nos nossos próximos objetivos também graças a uma lista de espera de 18 meses, o que nos permite olhar para o futuro e os próximos objetivos com confiança.”, destacou Stephan Winkelmann, Presidente e CEO da Lamborghini.

De um total, o Urus continua como o maior responsável pelo volume de vendas. Foram 5.367 unidades do SUV esportivo, avanço de 7% nas suas vendas frente a 2021, enquanto o Huracán viu um crescimento de 20%, com 3.113 unidades. O Aventador ainda respondeu por 753 unidades, com o fim de linha do esportivo. Em termos de mercado, os Estados Unidos continua como maior mercado da marca, com 2.721 unidades, aumento de 10% nas vendas. A China, Hong Kong e Macau apareceram com 1.018 unidades.

Nesta região, o avanço foi de 9%. A Alemanha apareceu com 808 unidades, avanço de 14%, seguido por Reino Unido (650 unidades e 15% de crescimento) e Japão (546 unidades e 22% de crescimento). A Lambo ainda destaca que sua rede de concessionárias passou de 173 para 180 lojas em todo o mundo, em um total de 53 países. Em 2023, a marca dará início às vendas do substituto do Aventador, além de ter o primeiro ano completo de vendas da reestilização do Urus, revelado no ano passado.



Fotos: Lamborghini / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290