Na Europa, BMW inicia testes com as primeiras 100 unidades pré-produção do iX5 Hydrogen

BMW produz primeiros protótipos do iX5 Hydrogen antes do modelo começar a ser produzido em série; cerca de 100 unidades do utilitário esportivo foram produzidas



A BMW confirmou que já produziu as primeiras unidades pré-produção do iX5 Hydrogen, que estreia no mercado europeu em alguns meses. O modelo será o primeiro produto da marca alemã a ser abastecido com hidrogênio e movido a células de hidrogênio. Depois de quatro anos de desenvolvimento, as primeiras 100 unidades do SUV foram produzidas e agora ele entra na reta final de testes, ao mesmo tempo que também entra em sua fase mais crítica antes da estreia.

As 100 unidades serão empregadas internacionalmente para fins de demonstração e testes para vários tipos de consumidores, especialmente com organizações e empresas. “O hidrogênio é uma fonte de energia versátil que tem um papel fundamental a desempenhar no processo de transição energética e, portanto, na proteção do clima. Afinal, é uma das formas mais eficientes de armazenar e transportar energias renováveis”, disse Oliver Zipse, Presidente do Conselho de Administração da BMW AG.

“Devemos usar esse potencial para também acelerar a transformação do setor de mobilidade. O hidrogênio é a peça que faltava no quebra-cabeça quando se trata de mobilidade livre de emissões. Uma tecnologia por si só não será suficiente para permitir uma mobilidade neutra em termos climáticos em todo o mundo”, adicionou Zipse. Criado a partir de um X5 normal, o iX5 Hydrogen foi apresentado pela primeira vez em 2019 como um conceito, marcando os primeiros passos da marca alemã em um novo tipo de veículo e num mercado que pode ser expandido.

Contando com Hyundai e Toyota apostando nessa tecnologia, a chegada da BMW ao mundo do hidrogênio é “mais uma prova da experiência de desenvolvimento líder do BMW Group no campo de tecnologias de acionamento elétrico. O BMW Group está avançando sistematicamente com o desenvolvimento da tecnologia de célula de combustível de hidrogênio como uma opção adicional para a mobilidade individual localmente livre de emissões no futuro.”, disse a marca em comunicado.



De acordo com informações, o motor a células de hidrogênio funcionam com uma química na célula de combustível entre o hidrogênio gasoso dos tanques e o oxigênio do ar, para manter o fornecimento constante de ambos os elementos para a membrana da célula de combustível é de importância crucial para a eficiência do sistema de acionamento. Ele ainda ganha um motor a combustão como refrigeradores de ar de carga, filtros de ar, unidades de controle e sensores, o BMW Group também desenvolveu componentes especiais de hidrogênio para seu novo sistema de célula de combustível.

As células são montadas em uma pilha de células de combustível e, posteriormente, a próxima etapa envolve a montagem de outros componentes para produzir um sistema de célula de combustível completo. O iX5 Hydrogen será produzido na unidade chamada de planta piloto da marca, no Centro de Pesquisa e Inovação (FIZ) em Munique, na Alemanha. Cerca de 900 pessoas trabalham na produção, incluindo oficina, montagem, engenharia de modelos, construção de veículos conceituais e manufatura aditiva.

Os motores a hidrogênio são fabricados no centro de competência interno da BMW para hidrogênio em Garching, ao norte de Munique, desde agosto do ano passado. A BMW destacou que o SUV virá com um motor movido a células de hidrogênio que alimenta a bateria. Esse motor desenvolve 170cv. Já o motor que move o iX5 é um elétrico de 374cv. O SUV possui dois tanques de 700 bar feitos de plástico reforçado com fibra de carbono (CFRP). Juntos, eles contêm quase seis quilos de hidrogênio, o suficiente para dar ao BMW iX5 Hydrogen um alcance de 504km no ciclo WLTP.






Fotos: BMW / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

Volkswagen lança promoção no Brasil para Polo, Virtus, Nivus, T-Cross, Taos, Tiguan e Amarok