Nio apresenta a nova geração de estações de troca de baterias, mais eficientes, na China

Nio apresenta a terceira geração das suas estações de troca de baterias chamadas de Nio Power; novas estações trocam as baterias em apenas 3 minutos



A Nio confirmou a estreia da terceira geração de estações de troca de baterias na China. Chamadas de Nio Power, as novas estações passam por melhorias de funcionamento, ganhando um novo sistema de direciona automaticamente o carro para a posição correta para a troca de baterias, que agora conseguem reduzir o tempo de troca as baterias para cerca de 3 minutos. As novas estações ainda vão permitir que a marca possa realizar cerca de 408 trocas de baterias ao dia.

Isso significa que as estações de troca de baterias vão conseguir aumentar em 30% sua eficácia e a Nio confirmou que vai instalar cerca de 1.000 novas estações assim, todas na China. Destas, cerca de 400 estações serão construídas ao longo de estradas e outras 600 estações serão introduzidas em áreas urbanas. Atualmente, a marca chinesa confirmou que já instalou cerca de 1.300 estações de trocas de baterias. Apesar da possibilidade, nem todo consumidor da Nio pode ter acesso às estações, só aqueles que escolhem ter carros com baterias que possam ser intercambiáveis.

As novas estações de trocas de baterias ainda visam a chegada das duas novas marcas que a Nio desenvolve para o mercado chinês, sendo a Alps e a Firefly. Sendo mais acessíveis que a Nio, que atua no segmento premium, as duas novas marcas vão poder trocar as baterias também, em estações Nio Power. “Esperamos expandir amplamente nossos serviços e rede e trazer uma melhor experiência do usuário aos proprietários de automóveis. Nio, como pioneira no modelo de troca de bateria, dá as boas-vindas a outras montadoras para compartilhar a tecnologia e a rede.”, disse Shen Fei, Vice-Presidente da Nio Power.

A Nio ainda confirmou que planeja erguer novas estações de troca de baterias em mercados fora da China. Essa informação já tinha sido anunciada, com um total de 4.000 estações que serão erguidas globalmente. Até meados de 2025, esse montante de estações vai ultrapassar as 1.000 estações criadas fora da China e o restante ficará no gigante asiático. A marca também quer desenvolver uma rede de carregadores ultrarrápidos. As estações terão capacidade de fornecer 500kW, superando outros modelos como o GAC Aion com seu carregador de 480kW.

“O modelo de troca de baterias não tem sido amplamente utilizado nem na China nem noutros grandes mercados automóveis, uma vez que a tecnologia requer um investimento maciço e um esforço concertado por parte dos fabricantes de automóveis e produtores de baterias para promover a sua utilização. Tecnicamente, ajuda efetivamente a aliviar a ansiedade dos motoristas e é uma boa estratégia de bateria para carros elétricos.”, disse o Executivo Sênior do Fornecedor de Baterias para Veículos Suzhou Hazardtex, Davis Zhang. 



Fotos: Nio / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290