BYD apresenta na China o novo Song Pro, que apresenta mais uma atualização de meia-vida

BYD revela oficialmente a reestilização do Song Pro na China, que é apresentado com um motor híbrido DM-i atualizado e mais potente, com motor BEV de 197cv



A BYD apresentou oficialmente na China o novo Song Pro, que estreia com mudanças visuais – mais uma vez. Apresentado em 2019 nesta geração, o SUV médio recebeu as primeiras mudanças em 2021 e agora aparece novamente com um novo design. Dessa vez, a BYD promoveu mais mudanças ao seu design, que muda bastante na dianteira e na traseira. O interior recebe atualizações e o mesmo acontece com o conjunto híbrido, que passa a ser vendido com um motor elétrico mais potente.

Começando com o design, o novo Song Pro passa a ser vendido na China com mudanças bruscas na dianteira a fim de deixa-lo de acordo com o design dos produtos mais novos da marca chinesa. Ele mantém o mesmo design dos faróis, que possui luzes diurnas (DRL) em LED em três barras verticais e que tem um acabamento prateado na parte superior dos faróis que dão vida à grade superior, que ao centro sustenta o logotipo da dinastia Song. O que muda é a grande grade dianteira, que recebe uma nova grelha com pequenas barras horizontais e cromadas, com um acabamento em preto brilhante.

A grade ainda possui um contorno em preto brilhante nas laterais, formando o que parece pequenas guelras. Nas extremidades do para-choque dianteiro, ele possui um prolongamento desse acabamento em preto brilhante que possui entradas de ar verticais. A parte inferior da carroceria ainda possui uma entrada de ar trapezoidal dividida ao centro e que tem um acabamento prateado e uma divisão bem ao centro da divisão. De perfil, as novidades ficam por conta de novas rodas de liga leve que passam a ser de 18 ou 19 polegadas, essa com pneus 235/50 R19. As rodas passam a ter um acabamento diamantado.

Na traseira, a BYD aplicou mais mudanças bruscas para o Song Pro. Basicamente ele muda quase todo o desenho da traseiro, mantendo apenas o mesmo vidro traseiro. Isso porque ele ganha um novo aerofólio com brake-light integrado e uma tampa do porta-malas que passa a ter um novo formato. Maior e mais larga, a tampa recebe um novo desenho por completo, muito por conta das novas lanternas. Estas, ficam mais finas e se interligam entre si. Com iluminação em LED, as lanternas ganharam um desenho mais bonito ao ficarem mais finas, enquanto o nome Build Your Dreams passa a ficar logo abaixo das lanternas, antes de ficar acima como o modelo anterior.



A tampa do porta-malas tem um vinco horizontal logo abaixo das lanternas e um outro vinco horizontal mais abaixo, que invade o para-choque traseiro. Falando nele, o para-choque traseiro ganha um novo desenho composto por grande parte por conta do acabamento em plástico preto, presente na parte inferior. Nele, está o espaço para a placa traseira ao centro e nas extremidades ele tem refletores horizontais e frisos horizontais. A parte mais inferior possui um acabamento prateado em ‘U’ invertido e uma lanterna de ré central. No interior, as novidades ficam por conta apenas do estofado em couro marrom.

Ele possui um quadro de instrumentos de 8,8 polegadas e uma central multimídia com tela de 10,1, 12,8 ou 15,6 polegadas, dependendo da versão. Desenvolvido a partir da plataforma modular e-platform3.0, o Song Pro possui 4,738 metros de comprimento, 2,712 metros entre os eixos, 1,860 metro de largura e 1,710 metro de largura. Ele é equipado com o motor 1.5 Hybrid Plug-in (PHEV) DM-i, que alia o motor a gasolina com o elétrico. O DM-i indica que estamos diante de um híbrido de tração dianteira. O motor a gasolina é o 1.5 16v aspirado de 110cv, que trabalha junto de um motor elétrico de 197cv.

Ele substituiu o motor elétrico usado antes, de 180cv. A novidade é que ele pode ser vendido com uma bateria Blade de fosfato de ferro-lítio (LFP) de 12,9kWh que oferece uma autonomia de 71km ou uma bateria de 18,32kWh que oferece uma autonomia de 110km. A bateria menor, de 12,9kWh, substituiu a antiga de 8,32kWh que oferece uma autonomia puramente elétrica de 51km. De série, ele será vendido com itens como teto solar panorâmico, ajuste elétrico do banco do motorista, climatização com duas zonas independentes, sistema DiLink 4.0, chave NFC e outros. Na China, os preços devem variar de 135.800 a 159.800 yuans. 







Fotos: BYD / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv