Mercedes-Benz prepara lançamento das novas gerações de GLC e GLC Coupé para o Brasil

Nova geração do Mercedes-Benz GLC e GLC Coupé já rodam em testes em homologação no Brasil e lançamento deve acontecer ainda neste ano de 2023



A Mercedes-Benz ainda não encerrou a sua lista de lançamentos em nosso mercado para este ano de 2023. De acordo com a marca, este ano de 2023 terá um total de 20 novidades e ainda teremos estreia neste último bimestre do ano. A marca da estrela vai apresentar as novas gerações de GLC e GLC Coupé, que já foram flagrados em homologação em nosso país. Visualmente, a nova geração do GLC traz um design mais esportivo e de acordo com a nova identidade visual da marca.

Na dianteira, o SUV se destaca por vir com faróis mais arredondados e que conseguem se conectar com a nova grade dianteira que tem contorno cromado nas versões civis e uma barra horizontal que se conecta com o logotipo. Atrás, existe uma grelha vertical. O para-choque dianteiro possui uma entrada de ar inferior mais larga e que tem um acabamento prateado no entorno dessa entrada de ar. O para-choque dianteiro ainda possui entradas de ar nas extremidades da carroceria. O capô ainda traz vincos mais definidos que da geração anterior.

Visto de lateral, o GLC possui linhas que lembram um GLA, mas maior neste caso. O desenho dos vidros tem uma linha de cintura ascendente e os retrovisores possuem base nas portas. As maçanetas são convencionais e as saias laterais tem um friso cromado. Acabamento cromado ainda pode ser encontrado no contorno dos vidros e o rack de teto é prateado. As rodas variam de 18 a 20 polegadas, dependendo da versão. De traseira, o GLC traz lanternas com um estilo mais triangular e com iluminação em LED. Há ainda uma barra na cor da carroceria que liga as duas lanternas.

O para-choque traseiro tem um acabamento em plástico onde estão os refletores horizontais e há duas saídas de escape com um contorno num acabamento prateado. No interior, a nova geração do GLC adere a telas maior. O SUV conta com um novo quadro de instrumentos digital com tela de 12,3 polegadas, que traz elementos em 3D e um grande Head-Up Display com realidade aumentada. A central multimídia possui uma tela mais vertical e possui tela de 11,9 polegadas, ou seja, ambas telas bem grandes. A central conta com o sistema MBUX de segunda geração, que passa a ser mais avançado e inteligente, com assistente de voz “Hey Mercedes”.



A central ainda pode contar com monitoramento de temperatura, iluminação, persianas e dispositivos elétricos. O carro ainda possui detectores de movimento e sensores fornecem informações sobre visitantes desejados ou indesejados. Nas versões AMG, contorno dos vidros, rack de teto, capa dos retrovisores e detalhes do para-choque dianteiro e traseiro em preto brilhante. Nesse caso, o para-choque dianteiro ainda possui uma nova grelha da grade dianteira com detalhes cromados, enquanto o para-choque dianteiro tem novas entradas de ar verticais nas extremidades, que são conectadas por uma faixa até a entrada de ar do outro lado.

A entrada de ar inferior também é diferente. De traseira, o GLC com as versões AMG possuem um acabamento escurecido (único cromado que se mantém são as saídas de escape) no para-choque traseiro e a barra que une as lanternas também é pintada em preto. No caso do GLC Coupé, ele tem um desenho mais esportivo que o GLC. O desenho dos vidros tem uma linha de cintura ascendente, e os retrovisores possuem base nas portas. As maçanetas são convencionais e as saias laterais tem um friso cromado. Acabamento cromado ainda pode ser encontrado no contorno dos vidros e o rack de teto é prateado.

As rodas variam de 18 a 20 polegadas, dependendo da versão. Em termos de vincos, a nova geração possui um vinco que nasce a partir dos faróis e termina na porta dianteira e um novo vinco nasce na porta traseira e chega até as lanternas. A parte inferior da carroceria possui ainda um vinco, enquanto as caixas de rodas possuem um acabamento na cor da carroceria. O SUV ainda possui um caimento mais suave do teto, assim como a geração anterior, focando em concorrer com modelos como BMW X4 e Audi Q5 Sportback. De traseira, o GLC Coupé traz lanternas com um estilo mais triangular e com iluminação em LED em ‘L’.

Há ainda uma barra em preto brilhante que liga as duas lanternas. A tampa do porta-malas possui um pequeno aerofólio na própria tampa, enquanto o caimento do vidro traseiro deixa a visibilidade da traseira menor. O SUV ainda possui uma tampa do porta-malas quase limpa, com o logotipo da marca abaixo da barra em preto brilhante e um pequeno vinco que corta a parte inferior da tampa. Esse vinco invade o para-choque traseiro, se conectando com as saídas de ar verticais nas extremidades da peça, com um contorno em ‘C’.



O para-choque traseiro tem um acabamento em plástico preto na parte inferior, onde estão os refletores horizontais e há duas saídas de escape com um contorno num acabamento prateado. Aqui, o perfil Mundo Drive, no Instagram, publicou testes de homologação do novo GLC Coupé, que apareceu com a versão 300. Curiosamente, sobre a mecânica, o novo GLC deve trazer o motor 2.0 Turbo que desenvolve 258cv de potência e 40,6kgfm de torque, com câmbio automático de 9 marchas para o 300. O sistema MHEV de 48V entrega 23cv e 25,4kgfm.

Com Overboost, esse sistema por alguns segundos consegue entregar 36cv. A versão integral 300 ainda possui tração 4MATIC. Outras opções são consideradas, como os híbridos 300e 4MATIC, equipado com um motor 2.0 Turbo a gasolina de 258cv junto de um motor elétrico de 129cv e 44,8kgfm, que juntos entregam 313cv e 56kgfm. O modo elétrico possui velocidade máxima de 140km/h e autonomia elétrica que varia de 104km a 120km. Ele usa bateria de 31,2kWh e recarrega em 30 minutos em estações de recarga rápida. O carregador de 11kW será de série e, como opcional, haverá outro de 60kW.

Já no caso do 400e 4MATIC, que entrega 381cv e 66,2kgfm. O modo elétrico possui velocidade máxima de 140km/h e autonomia elétrica que varia de 102km a 120km. Ele usa bateria de 31,2kWh e recarrega em 30 minutos em estações de recarga rápida. Ainda não há previsão de valores, mas estima-se preços acima dos R$ 400.000, podendo chegar até R$ 550.000.



Flagrante



Fotos: Mercedes-Benz / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Toyota Yaris Hatch só ganha nova geração entre 2024 a 2025 na Ásia, depois do sedã e do SUV

Nova geração do Toyota Corolla surge em meados de 2025, como uma geração evolutiva

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

Oshan aparece no Brasil testando seu utilitário esportivo médio X5; marca será que vem?

Fiat Titano estreia na Argélia primeiro, vazando e antecipando alguns detalhes da nossa

Celta voltará? Chevrolet confirma que não vai desenvolver nenhum subcompacto novamente

Yangwang revela as primeiras imagens oficiais teaser do seu inédito sedã elétrico, o U7

Renault e Nissan passam a ter seguros com Assurant, por meio do intermédio da Mobilize

Scout revela novo teaser e confirma que seus produtos farão estreia no mês de julho