Porsche comemora melhor trimestre de vendas, com 80.767 unidades vendidas e 18% de avanço

Porsche registra aumento nas vendas no primeiro trimestre de 2023 com 80.767 unidades vendidas, aumento de 18% nas vendas frente ao ano de 2022



A Porsche comemora o resultado positivo que teve no primeiro trimestre de 2023 no mercado global. A marca alemã registrou uma alta de 18% nas vendas graças às 80.767 unidades vendidas, no ano que em que comemora 75 anos de vida. O aumento nas vendas veio de mercados como China e América do Norte, que ajudaram a superar facilmente as 68.426 unidades do mesmo período de 2022. A Europa teve 18.420 unidades vendidas, aumento de 14% nas vendas em relação ao mesmo período de 2022. O principal mercado europeu segue com a Alemanha, com 8.247 unidades.

Esse representou um aumento de 19% nas vendas do país. Na China, onde a Porsche teve um dos maiores resultados do período, foram 21.365 unidades vendidas, aumento de 21% nas vendas em relação ao mesmo período de 2022, enquanto a América do Norte teve 19.651 unidades. Isso é um ganho de 30% nas vendas, enquanto mercados emergentes tiveram 13.084 unidades, crescimento de 5%. “Estamos satisfeitos com este excelente resultado. Isso mostra a forte demanda por nossos produtos e a força da nossa marca.”, disse Detlev von Platen, membro do Conselho Executivo de Vendas e Marketing da Porsche AG.

“É particularmente gratificante termos conseguido registar ganhos em todas as regiões de vendas – apesar da situação económica ainda volátil e da disponibilidade limitada de peças.”, adicionou Platen. Entre os veículos, a dupla de utilitários esportivos da marca segue na liderança. O Macan teve aumento de 30% nas vendas, crescendo com 23.880 unidades. O Cayenne, tradicional líder, apareceu na vice-liderança no primeiro trimestre, com 23.387 unidades, ganho de 23%. O 911 aparece no pódio com 11.063 vendidos, 19% a mais, e o Panamera teve 8.479 vendidos, 10% de crescimento.

Totalmente elétrico, o Tayacan surgiu com 9.152 unidades, uma queda de 3% nas vendas. Por fim, a dupla 718 Boxster e 718 Cayman tiveram 4.806 unidades, crescimento de 6%. “Nosso foco está no crescimento orientado ao valor. Buscamos o objetivo de produzir sempre um veículo a menos do que o mercado exige. O bom começo nos deixa confiantes para o resto do ano. Ao mesmo tempo, permanecemos vigilantes e flexíveis em um ambiente que continua desafiador”, afirma Detlev von Platen.



Fotos: Porsche / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado