BYD quer ter uma ou duas fábricas na Europa: Alemanha, Espanha e França estão na briga

BYD confirma que vai erguer uma fábrica na Europa; há três países que disputam uma unidade da marca, como a Espanha, França e Alemanha



A BYD segue com o seu plano de expansão de fábricas em vários países do mundo. Além da América do Sul, a marca chinesa confirmou que pretende erguer uma fábrica na Europa. Essa unidade no Velho Continente prevê que a marca possa ter maior entrada no mercado e dependendo menos de importação. Até o momento, sabe-se que a BYD possui três países na disputa pela fábrica. Espanha, Alemanha e França são alguns dos países que podem receber uma unidade fabril dos carros eletrificados da empresa.

O Reino Unido, de acordo com informações, chegou a ser cotado, mas por conta do Brexit e da falta de cooperações com a União Europeia foi logo descartado. Antes da produção de automóveis, a unidade vai produzir também painéis fotovoltaicos. De acordo com o relatório de Les Echos, o Ministro Francês confirmou que houve negociações com a BYD para instalar uma fábrica no país. Em dezembro de 2022, a Vice-Presidente da BYD, Stella Li, confirmou que a Europa poderia ter até duas fábricas no continente. “Sim, e talvez não apenas um; podem ser dois”, disse a executiva na época.

A BYD tem planos de vender seus produtos em vários mercados da Europa, como Alemanha, França, Reino Unido, Noruega, Holanda e Suécia, além do Reino Unido. A fábrica deve produzir os modelos de maior mercado, ou seja, compactos e médios. Com isso, não se descarta a produção de modelos como Dolphin, Yuan Plus (conhecido como Atto 3) e Seal. Vale destacar que a França é um mercado onde a BYD já teve uma fábrica de ônibus, mas fechou a unidade fabril por conta da baixa demanda do mercado de ônibus no país. Na época do anúncio de fechar a unidade, a marca tinha confirmado que iria retomar a produção fabril na unidade.

De acordo com Bruno Le Maire, Ministro da Economia da França, confirmou que se encontrou com chefes da BYD e apresentou uma série de "vantagens competitivas" para ter uma fábrica na França. "Estamos completamente seguros dos carros chineses e esperamos ver alguns deles produzidos na França. Esperaria pela decisão da empresa no momento certo", disse Le Maire. Sabe-se que a produção de automóveis deve começar já em meados de 2025, abastecendo todos os principais mercados da Europa. Além da Europa, a BYD vem tendo acesso a fábricas na Tailândia, Vietnã, Filipinas, Indonésia e Brasil. 



Fotos: BYD / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Volkswagen apresenta as primeiras imagens teaser de um possível Golf GTI Edition 50

Ford tem desconto de R$ 17 mil para a Ranger; Maverick, Bronco Sport e Transit tem promoção

Toyota registra imagens de patente de câmbio manual que simula de 14 marchas no USPTO

BMW lança promoção adicional para iX1 e iX no Brasil até o próximo dia 31 de maio

BMW cogitou produzir 50 unidades da Z4 Touring Coupé Concept, mas desistiu do projeto

MINI revela imagens teaser do desenvolvimento da condução com uso de óculos VR

Chery reajusta o preço do Tiggo 5X em R$ 1.000 e Tiggo 7 Sport pode receber primeiro aumento

GWM lança promoção para o Ora 03, com Pacote Tranquilidade e condições de financiamento

Peugeot apresenta a reestilização do 208 na Europa, que ganha opção de motor híbrido