Mercedes-Benz apresenta oficialmente o CLE, cupê que mata Classe C e Classe E Coupé

Mercedes-Benz apresenta oficialmente o CLE como substituto do Classe C e Classe E em suas opções de carroceria Coupé; cupê aparece com motor de até 381cv



A Mercedes-Benz apresentou o seu novo cupê na Europa, o CLE. A novidade chega para manter a marca alemã no segmento de cupês, ao mesmo tempo que faz uma dupla substituição em favor da novidade que você vê nas imagens. A marca decidiu matar Classe C Coupé e Classe E Coupé em favor do CLE, que será o único cupê da marca em linha nessa faixa. Vale destacar que antes, o Classe S Coupé saiu de cena também sem substituto, ou seja, três cupês deixaram a linha de produção e um chegou.

Apesar do CLE ser responsável apenas por substituir os cupês de C e E, ainda assim é válido afirmar que ele é uma espécie de extinção. Enquanto isso não acontece (ainda bem), o CLE surge como uma luz no fim do túnel para consumidores que gostam deste tipo de veículo. Em termos de design, vemos um CLE que conversa muito com a atual identidade visual da marca, Sensual Purity, tanto externa como internamente. Visto de frente, o CLE possui faróis que lembram o Classe C, com faróis horizontais e um pouco maiores nas extremidades. Ele possui luzes diurnas (DRL) em LED na parte superior.

Junto dele, possui duas pequenas faixas DRLs logo abaixo, que fazem companhia à faixa maior. Os faróis possuem também possuem dois projetores em LED, além de ter um acabamento escurecido que combina com seu apelo. A grade dianteira tem um desenho tipicamente Mercedes-Benz, com linhas trapezoidais e arredondadas, com apenas uma faixa cromada horizontal que percorre quase toda a grade, sendo interrompida apenas pelo logotipo da marca, ao centro. A grelha da grade possui várias pequenas estrelas de três pontas que remetem ao logotipo também.

O para-choque possui uma entrada de ar inferior trapezoidal com uma barra horizontal e barras verticais, emolduradas por um acabamento em plástico preto. Nas extremidades, ele possui um acabamento em preto brilhante em ‘L’ que se conectam com entradas de ar verticais, que possui dois frisos horizontais que ajudam na aerodinâmica, com um acabamento em plástico preto. Esse acabamento das extremidades se conecta com o outro lado da dianteira por meio de uma barra que passa por detrás do espaço da placa dianteira. Por fim, o para-choque também tem o logotipo da Mercedes, próximo do capô.



Falando nele, o capô traz linhas bem esportivas, com um par de vincos mais centrais e um outro par de vincos que estão posicionados mais nas extremidades do capô, se conectando diretamente com a coluna A do esportivo. Esse vinco mais das extremidades é longo, nascendo logo acima da grade dianteira. Visto de perfil, temos um CLE com um design que lembra bastante seus antecessores, especial o Classe C Coupé. Essa sensação é causada pelo desenho dos vidros laterais, ascendente na parte inferior e que acompanha o arco do teto na parte superior.

Os vidros tem um contorno cromado ou em preto brilhante, dependendo da configuração. Em termos de vincos, a carroceria possui vários. Começa com um vinco que nasce próximo dos faróis e termina na porta e um outro nasce na mesma altura, ainda na porta, e termina nas lanternas. Há vincos no arco das caixas de rodas, que ajudam a alargar os para-lamas do CLE, além de um outro vinco ascendente na parte inferior das portas. Com saias laterais com um desenho mais proeminente, combina com a pegada mais esportiva do cupê. O CLE também traz retrovisores com base nas portas e repetidores de seta, enquanto as portas tem maçanetas convencionais.

Por fim, as rodas variam de 18 polegadas (225/55 R18) a 19 polegadas (com pneus 245/40 R19), como o modelo das imagens, de desenho raiado – opcionalmente terá rodas de 20 polegadas. No teto, o cupê possui um teto solar panorâmico que deve trazer uma boa iluminação interna. De traseira, o caimento cupê do esportivo é bem evidente, marcado por um vidro traseiro bem inclinado e por uma tampa do porta-malas com um desenho compacto. Falando nela, a tampa do porta-malas possui um pequeno aerofólio desenhado na própria tampa. No desenho das lanternas, o CLE lembrou bastante o GLC Coupé.

As lanternas possuem um desenho horizontal, invadem a tampa do porta-malas e se conectam entre si por meio de uma barra em preto brilhante. As lanternas tem uma iluminação em LED, enquanto a tampa do porta-malas não é muito grande – como quase todo cupê. Por fim, o para-choque traseiro se destaca por contar por um vinco horizontal e que termina nas extremidades, onde estão falsas saídas de ar verticalmente inclinada. O para-choque traseiro também possui refletores horizontais e que ao centro possui o espaço para a placa.



Mais abaixo, ele possui um acabamento em plástico preto onde fica o difusor de ar ao centro e nas extremidades possuem saídas de escape retangulares com um acabamento de contorno cromado. No interior, a Mercedes-Benz traz o mesmo painel de Classe C e GLC, que se destaca por contar com um quadro de instrumentos digital com tela de 12,3 polegadas, que traz elementos em 3D, é toda configurável (em três modos, Classic, Sport e Ambiente) e possui um grande Head-Up Display com realidade aumentada atrás da tela. O cupê possui um volante de três raios com controles multifuncionais em duas barras horizontais nas hastes laterais e com detalhes em preto brilhante.

O volante também possui base achatada e acabamento em couro. No painel, se destaca também a central multimídia com uma tela mais vertical e com tela de 11,9 polegadas, que possui conectividade com Android Auto e Apple CarPlay sem fio, além de internet 5G. A central conta com o sistema MBUX de segunda geração, que passa a ser mais avançado e inteligente, com assistente de voz ‘Hey Mercedes’. A central ainda pode contar com monitoramento de temperatura, iluminação, persianas e dispositivos elétricos. O carro ainda possui detectores de movimento e sensores fornecem informações sobre visitantes desejados ou indesejados.

A central ainda permite fazer download de aplicativos como TikTok, a plataforma de podcast Pocket Casts, a plataforma de streaming de áudio e vídeo Audials, o jogo Angry Birds, a colaboração baseada em nuvem aplicação Webex, o sistema de videoconferência Zoom e o navegador de internet Vivaldi. Para streaming de música, a Mercedes possui parceria com a Tidal, Spotify, Amazon Music e Apple Music. O painel traz cinco saídas de ar-condicionado, sendo três centrais, acima da tela da central, e cada uma em cada extremidade do painel.

O painel ainda possui um desenho que se conecta com o console central, enquanto ele possui faixas em LED no painel e nos painéis das portas, que são personalizáveis em 64 cores diferentes. Essa iluminação percorre o desenho que sai abaixo das saídas de ar-condicionado das extremidades e chegam ao console central. Ao lado esquerdo da tela da central multimídia fica o botão Start/Stop, um dos poucos botões físicos que o esportivo possui em seu painel. Outros botões físicos podem ser encontrados abaixo da tela da central, que funcionam como atalhos.



O console central tem compartimento com porta-copos. O CLE ainda possui uma haste no lado direito que traz a alavanca de câmbio. Os painéis das portas possuem uma área com acabamento em preto brilhante com os comandos do banco e maçanetas. O esportivo ainda possui um acabamento prateado, enquanto o painel ainda possui acabamento em couro Artico. O interior ainda possui um sistema de som surround 3D Burmester opcional, cada um deles possui dois alto-falantes ao nível dos encostos de cabeça. Eles criam uma experiência musical particularmente individual e envolvente com Dolby Atmos próximo aos ouvidos, com 17 alto-falantes.

Os bancos dianteiros são aquecidos e possuem apoio lombar eletropneumático de quatro direções como padrão. Falando neles, podem ter um acabamento em couro Nappa, enquanto a linha Avantgarde tem bancos com estofados em couro sintético Artico preto. A linha AMG vem de fábrica com Artico e Microcut preto, que é feito de 65% de materiais reciclados na área do assento e 85% no forro interno. Opcionalmente, o acabamento interno pode ser Bege Macchiato/Preto e Marrom Tonka/Preto. Nos painéis das portas, ele possui controles dos bancos e maçanetas das portas inseridas dentro de um acabamento em preto brilhante, alto-falantes e descansa-braço com controles dos vidros e espelhos no lado do passageiro, com acabamento prateado.

O CLE é desenvolvido a partir da plataforma MRA2 e faz com que ele tenha 4,850 metros de comprimento, 2,865 metros entre os eixos, 1,860 metro de largura e 1,428 metro de altura. Há ainda um porta-malas de 420 litros de capacidade. Mecanicamente, o CLE se destaca por ser sempre equipado com um motor associado com sistema híbrido-leve de 48V (MHEV), onde os motores possuem um gerador de partida integrado (ISG) de segunda geração. Esse pequeno motor elétrico entrega 23cv e 20,9kgfm. A gama de motores começa com o motor 2.0 Turbo a gasolina, usado na versão 200, que desenvolve 204cv e 32,6kgfm de torque.

Com esse conjunto, ele acelera de 0 a 100km/h em 7,4 segundos e tem máxima de 240km/h. Essa mesma opção de motor pode contar com uma tração 4MATIC. A versão 300 é equipada com o motor 2.0 Turbo a gasolina, mas desenvolve 258cv e 40,8kgfm. Com esse motor, ele acelera de 0 a 100km/h em 6,2 segundos e tem máxima de 250km/h, limitado eletronicamente. Já o 450 4MATIC é o único até o momento a vir com motor 3.0 Turbo capaz de desenvolver 381cv e 50,9kgfm. Com esse conjunto, o esportivo acelera de 0 a 100km/h em 4,4 segundos e atinge a máxima de 250km/h, também limitada eletronicamente.



A única opção de motor a diesel fica por conta da versão 220d, que possui o motor 2.0 Turbo Diesel capaz de desenvolver 197cv e 44,8kgfm. Todos os motores são associados com a transmissão 9G-TRONIC foi desenvolvida para a adaptação do ISG e é utilizada em todos os modelos CLE. O CLE será vendido com opção de tração dianteira ou integral. Outros avanços podem ser notados também na tração integral 4MATIC, com a tração do eixo dianteiro, podem ser transmitidos binários mais elevados e podem ser alcançadas distribuições de carga por eixo ideais em termos de dinâmica de condução.

Os motores a gasolina receberam um novo turboalimentador é ajustado para que o motor responda rapidamente e desenvolva sua potência de forma harmoniosa. A eletrificação também inclui a utilização de um compressor refrigerante elétrico para o sistema de ar-condicionado. O pós-tratamento dos gases de escape inclui um conversor catalítico de armazenamento de NOx de acoplamento fechado, um filtro de partículas diesel com revestimento especial (DPF), um conversor catalítico SCR e um conversor catalítico SCR adicional na parte inferior da carroceria do veículo.

O CLE é equipado com uma suspensão dianteira McPherson e traseira é multilink. Falando em suspensão, ele possui a suspensão Dynamic Body Control com amortecimento continuamente ajustável nos eixos dianteiro e traseiro, bem como direção no eixo traseiro. Essa direção do eixo traseiro permite que o cupê possa girar as rodas traseiras em até 2,5º, reduzindo o círculo de viragem em 50 centímetros. A velocidades inferiores a 60km/h, as rodas traseiras dirigem-se na direção oposta às rodas dianteiras. A distância entre eixos é assim virtualmente reduzida dependendo da situação, tornando o veículo mais manobrável, leve e ágil.



A partir de uma velocidade de 60km/h, as rodas traseiras dirigem na mesma direção que as rodas dianteiras. Os freios são a disco ventilados na dianteira e disco sólido na traseira. Em comparação com o Classe E, o CLE possui uma carroceria que é 1,5 centímetro mais baixa. Por fim, a Mercedes-Benz confirmou que trabalha em um CLE com motor híbrido plug-in (PHEV), que aparece dentro de alguns meses. No modo de condução puramente elétrico, o veículo oferecerá uma autonomia prática. O programa de condução fornecerá o modo de condução elétrica para os trechos mais sensíveis do percurso.

De série, o CLE será vendido com pacote Attenction Assist, que adiciona Active Brake Assist, Active Lane Keeping Assist, Speed ​​Limit Assist e o pacote de estacionamento com câmera de ré. A lista adiciona o pacote Advanced Plus também inclui Blind Spot Assist e Traffic Sign Assist e existe o pacote de estacionamento com câmera 360º e Digital Light. O pacote ADAS terá Active Distance Assist Distronic, Intersection Approach Function, Active Steering Assist, Active Lane Change Assist, Active Emergency Stop Assist, Active Brake Assist, Avoidance Steering Assistant, Active Lane Keeping Assist, Active Blind Spot Assist e o pacote Pre-Safe Plus.

Este possui como novidade o Impulse Side. A lista cresce com Active Parking Assist Parktronic, Memory Park Assistant (SAE Level 2) oferecido junto com o Driver Assistance Package Plus ou com o Parking Package with 360 Camera. O CLE terá preços que começam em US$ 56.500 a US$ 68.250. Ele será produzido na fábrica de Bremen, na Alemanha, de onde será exportado para vários mercados. Uma versão Cabriolet está em desenvolvimento, assim como versões AMG. 







Fotos: Mercedes-Benz / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet terá Feirão de Fábrica neste final de semana em São Caetano do Sul e promoções

BMW lança novo Série 5 no Brasil, com versão híbrida 530e, que estreia por R$ 574.950

Porsche apresenta seu novo logotipo para comemorar os 75 anos de fundação da marca

Toyota investe mais R$ 160 milhões na fábrica de Sorocaba (SP) com novo Centro de Peças

Hongqi revela oficialmente a segunda geração do HS3 na China, com motor de até 252cv

BYD tem promoção 'DiaE' neste sábado, 22/06, com Dolphin por R$ 135.300, com bônus

BYD King é o batismo global do Destroyer 05 e chega para colocar Toyota Corolla na mira

GM confirma que carros compactos elétricos e lucrativos vão demorar um pouco mais

Toyota apresenta atualização para o catálogo de versões da Hilux, com fim da versão SRX