Lamborghini Revuelto pode ganhar versão SVJ após 2025, com mais potência e design revisado

Após apresentar o Revuelto, Lamborghini desenvolve uma versão SVJ do seu novo hiperesportivo que vai surgir no cenário posterior a 2025



A Lamborghini apresentou ano passado o seu primeiro hiperesportivo com motor eletrificado, com motor eletrificado. O cupê estreou com um motor 6.5 V12 Hybrid Plug-in (PHEV), que oferece um desempenho acima da média em relação ao seu antecessor e coloca a Lamborghini no caminho da sua eletrificação. Além desse grande passo, a marca lidou com uma alta demanda que esgotou sua produção por dois anos, ou seja, até o ano que vem ele já está esgotado (veja aqui).

Após esse ano, quando a italiana espera normalizar seus pedidos, ela começa a desenvolver novas versões para o Revuelto, logo, é esperado que a Lamborghini tenha versões ainda mais insanas. Uma das versões mais cotadas é a Super Veloce Jota (também conhecida como SVJ), que apareceu com o antecessor Aventador depois de sete anos da estreia do cupê (lançado em 2011, ele apareceu como SVJ só em 2018). Apesar de ser cotado, é esperado que essa versão seja lançada apenas no cenário posterior a 2025, podendo chegar, inclusive, após a primeira mudança visual do esportivo.

Com o Aventador, o SVJ trouxe uma série de evoluções como o Lamborghini Aerodinamica Attiva 2.0, que trouxe uma série de evoluções em termos de design. Ele ganhou novas entradas de ar no capô, próximas do logotipo da marca, e peças em fibra de carbono. O para-choque ganha extensões nas bordas que auxiliam na aerodinâmica, ao mesmo tempo que a asa traseira trouxe um design diferente e mais chamativo. Na época do seu lançamento, o SVJ trazia um motor 6.5 V12 que entregava 770cv e 73,5kgfm, acoplado ao câmbio automático de dupla embreagem de 7 velocidades.

No mesmo período, o Aventador S (sua versão mais civil, se é que podemos chamar ele assim) tinha um motor 6.5 V12 de 740cv e torque de 70,4kgfm, ou seja, um ganho de 30cv e 3,1kgfm. Ao revelar o Revuelto, a marca trouxe um motor 6.5 V12 a gasolina que desenvolve 825cv e 73,9kgfm junto de três motores elétricos, sendo dois no eixo dianteiro, um para cada roda. Cada um destes motores da dianteira entrega 150cv e um terceiro motor elétrico é adicionado na nova transmissão automatizada de dupla embreagem (DCT) de 8 marchas.

Ele veio equipado com uma vetorização de torque chamada de Lamborghini Dinamica Veicolo 2.0, que permitem que ele rode apenas com os motores elétricos que se limitam a entregar 180cv e com tração dianteira, em potência combinada. Com todos os motores funcionando, o Revuelto entrega 1.015cv. Ele acelera hoje de 0 a 100km/h em 2,5 segundos, aos 200km/h em 7 segundos e atinge a velocidade máxima de 350km/h. Espera-se que o Revuelto SVJ possa entregar cerca de 1.050cv quando for lançado, assim como evoluções em termos de bateria, que pode ser maior – assim como motores elétricos mais fortes.



Fotos: Lamborghini / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290