GWM revela mais alguns detalhes das suas concessionárias no mercado brasileiro

GWM confirma que suas concessionárias terão sistema de estoques regionais, a fim de facilitar acesso de peças e melhorar pós-venda para clientes de todo país



A Great Wall Motors (GWM) confirmou que a sua rede de concessionárias no mercado brasileiro vai contar com sistema de cotas aos concessionárias e terá um sistema de estoques regionais de peças, para melhorar pós-venda dos modelos. A informação foi confirmada por meio de Oswaldo Ramos, Diretor Comercial da GWM, que confirmou que a marca vai apostar em uma forma diferente de atuar no mercado. Ramos destaca que a marca quer apostar em um sistema de cotas regionais que vai trazer melhor gestão.

Isso vai melhorar a gestão dos volumes de importação por parte da GWM, destacou a empresa ao Automotive Business. "A compra é fechada em plataforma online e entregue pelo concessionário ao cliente. Nós que administramos o estoque, não a rede de distribuição. O volume é estabelecido por cotas que variam de acordo com o tamanho do mercado regional. Como estamos ainda desenvolvendo uma marca, estamos testando as entregas, os volumes dos estoques para cada região. Mas como é uma operação de importação, fica melhor para nós estocar a quantidade certa de veículos de acordo com a demanda para não faltar nem sobrar unidades", disse Ramos em entrevista.

Produzidos em Hebei, na China, os primeiros Haval H6 e H6 GT chegam ao nosso mercado com todo ajuste necessário para se adequar ao nosso mercado. Isso indica que uma série de elementos foram revisados. Entre os itens, suspensão, motor a combustão e o sistema híbridos foram calibrados para nosso mercado e, em especial, nossa gasolina. "Não vai faltar semicondutores. A prioridade da matriz é atender o mercado brasileiro, por isso os componentes são reservados para os modelos vendidos aqui", reafirmou o executivo quanto a disponibilidade de estoque.

No lançamento dos modelos da Haval, a GWM confirmou que já deveria ter 30 centros regionais de distribuição de peças e até o primeiro semestre de 2024, espera ter 133 concessionárias dispostas em 112 cidades. A GWM ainda confirmou que pretende ter um alcance de 100% do território nacional e todas as concessionárias da marca que estreiam ainda no primeiro semestre tiveram obras iniciadas até o fim do terceiro trimestre do ano.



Fotos: GWM e Haval / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Após anos de espera, Renault enfim lança o Kangoo argentino no Brasil por R$ 120.800

RAM confirma o lançamento de duas novidades para o Brasil ainda neste ano de 2024

BYD registra imagens de patente do Qin L, um novo sedã médio-grande com motor PHEV

JLR confirma que linha Discovery deverá ganhar mais atenção e tem potencial para crescer

Surgem novos detalhes do reestilizado Peugeot 2008 em primeiras imagens oficiais e teaser

Toyota confirma câmbio manual para elétricos em 2026, que aparece em esportivo

BMW consegue atender padrões de condução autônoma em seus carros na Alemanha

Kia desenvolve um esportivo elétrico para meados de 2025 como substituto do Stinger

BYD lança teaser do Song Pro no Brasil e abre regime de pré-venda com bônus de R$ 6 mil

MG revela novo teaser da nova geração do HS, que estreia na Europa no dia 11 de julho