Mercedes-Benz apresenta o novo GLS, com reestilização de meia-vida em Nova Iorque

Mercedes-Benz apresenta o novo GLS, que estreia com mudanças visuais sutis no design durante o Salão do Automóvel de Nova Iorque, nos Estados Unidos



A Mercedes-Benz apresentou oficialmente o novo GLS no Salão do Automóvel de Nova Iorque, nos Estados Unidos. O SUV foi apresentado com mudanças visuais de meia-vida, depois de ter sido lançado em meados de 2019. O SUV passa a ser vendido com mudanças na dianteira e na traseira, principalmente, além de atualizações no interior e em termos de equipamentos. Ele ainda acompanha as mudanças que já foram passadas a GLA, GLB, GLE e GLE Coupé.

Em seu design, o GLS segue os irmãos com as mudanças que são até simples. Na dianteira, destaque fica por conta dos faróis com acabamento escurecido, enquanto a grade dianteira ganha um novo desenho e fica maior, com quatro barras horizontais e o logotipo da marca bem ao centro. O para-choque dianteiro também é novo e se destaca por contar com uma nova entrada de ar inferior, com desenho trapezoidal e uma grelha estilo colmeia. A entrada de ar inferior ainda recebe um acabamento que se conecta com as falsas entradas de ar nas extremidades.

Para isso, há um acabamento que parte da entrada de ar inferior e passa por cima das entradas (falsas) de ar das extremidades. Na parte superior dessa faixa, existe uma entrada de ar com uma grelha estilo colmeia e um acabamento em preto brilhante nas extremidades, com um desenho em ‘C’, que dá sequência à faixa em plástico preto e a fina entrada de ar. Por fim, existe um friso em preto brilhante que passa acima da entrada de ar inferior e se conecta com o extremo inferior das extremidades mais laterais do para-choque.

O capô continua o mesmo. De perfil, as novidades ficam por conta apenas das novas rodas de liga leve, que variam de 19 a 23 polegadas, dependendo da versão. Fora isso, é o mesmo design lateral do GLS que já conhecemos. Por fim, a traseira também recebe alguns retoques. As novidades ficam por conta de um novo layout das lanternas, que passam a ter três pontos de iluminação em LED, enquanto as lanternas ainda se conectam por meio de um friso cromado. Por fim, o para-choque traseiro recebe um novo desenho, com um acabamento em plástico preto.



Nele, a Mercedes desenhou os novos refletores horizontais, que ficam em posição um pouco mais alta, enquanto a parte inferior possui a dupla saída de escape nas versões civis e quatro saídas de escape na versão AMG. Na versão esportiva ele ainda traz um acabamento cromado na parte inferior, com um friso. Ainda falando do AMG, a versão ganha a grade dianteira Panamericana com barras verticais e um para-choque dianteiro com um novo desenho, com a entrada de ar inferior trapezoidal e um friso cromado em ‘C’, junto de duas pequenas barras horizontais nas extremidades.

Outra novidade externa é a adição da cor Silver Shadow ao catálogo do SUV e novas rodas de liga leve de 20 polegadas, com desenho multirraios e com acabamento Himalayas Grey. O AMG ganha duas novas cores Manufaktur Cinza Alpino Não Metálico e Azul Sodalita Metálico. No interior, as novidades mais visíveis ficam por conta de um novo volante de três raios e controles multifuncionais. Ele ainda traz uma base inferior achatada e os controles recebem um acabamento em preto brilhante. O quadro de instrumentos e a central multimídia continuam em telas lado a lado de 12,3 polegadas do sistema MBUX, que pode trazer três novos estilos de personalização.

Uma das novidades é o modo Off-Road, que traz recursos como detalhes de gradiente, inclinação lateral, bússola e ângulo de direção. Outra novidade é o novo console central, que ganha recarga por indução para dois smartphones, com 100W de capacidade de recarga e duas novas entradas USB no console. O câmbio ganha detalhes cromados. Internamente, o GLS ainda manteve o espaço para sete ocupantes e ganha duas novas opções de padronagem dos bancos. Por fim, a mecânica passa a ser na versão 450 4MATIC com motor 3.0 V6 Turbo que desenvolve 381cv de potência e 50,9kgfm de torque na versão 450. Essa versão passa a ser equipada também com o sistema híbrido-leve de 48V desenvolve 22cv e 25,4kgfm, chamado de EQ Boost.

A versão 580 4MATIC é vendida com motor 4.0 V8 biturbo que entrega 517cv de potência e 74,4kgfm, esse motor com o mesmo auxílio do sistema híbrido-leve de 48V, o EQ Boost. Ambos os motores são acoplados ao câmbio automático de 9 marchas e a tração integral 4MATIC. Com motor diesel, ele é equipado com o motor 2.0 Turbo Diesel que entrega 272cv e 66,3kgfm junto de um sistema de 48V desenvolve 22cv e 20,4kgfm e auxilia a reduzir o esforço do motor nos primeiros três metros na saída com a função EQ Boost, na versão 350d 4MATIC.



Já o 450d vem com motor 3.0 diesel de seis cilindros em linha que desenvolve 367cv e 76,5kgfm, também sendo um MHEV. Em ambos, o câmbio é um automático de 9 marchas e com tração 4MATIC, integral AWD. Por fim, o AMG alia o motor 4.0 V8 biturbo capaz de desenvolver 612cv de potência e 86,7kgfm de torque, contando ainda com o sistema EQ Boost de 48V do híbrido leve que desenvolve 22cv e 25,4kgfm extras. Ele possui ainda a dupla dinâmica com suspensão a ar e câmbio automático de 9 marchas com sistema de tração 4MATIC+ equipado com distribuição total de torque variável. Com esse motor ele acelera de 0 a 100km/h em 4,2 segundos e chega aos 280km/h.

Mecanicamente, o 63 AMG ainda ganha suspensão pneumática para aumentar a distribuição entre o manuseio dinâmico e as configurações de conforto. O ESP ganha diferencial de travamento do eixo traseiro controlado eletronicamente e no sistema de tração integral. De série, o GLS 63 AMG passa a ser equipado com teto solar panorâmico, sistema de escapamento AMG Performance, sistema de som Burmester, bancos dianteiros aquecidos e climatizados, pacote Memory e Parking Pilot 360º. Opcionalmente, ele pode ser equipado com o Parking Package que adiciona equipamentos como câmera 360º, função de ‘capô transparente’ com uma câmera frontal e um novo sistema Trailer Maneuvering Assist.

Quem optar pelo Off-Road Engineering Package ainda ganha uma proteção inferior de 30 milímetros de distância ao solo. Por fim, a marca apresentou ainda o GLS Maybach 600 4MATIC, que traz o mesmo luxo do GLS Maybach anterior. As novidades ficam por conta de uma nova grade dianteira, maior e com barras verticais e o nome Maybach por extenso na grade, enquanto o logotipo da Mercedes aparece no capô. O SUV ainda ganha um novo para-choque dianteiro com uma nova entrada de ar inferior que possui um acabamento cromado no contorno.



Há ainda novos faróis de neblina com o logotipo da Maybach e um acabamento cromado no contorno. Nas laterais, se percebe bem que ele mantém a disposição de cores em dois tons na carroceria e as novas rodas Maybach de 23 polegadas de acabamento cromado e que são forjadas. Na traseira, ele tem um para-choque diferente das versões ‘plebeias’. Os refletores ficam em posição mais alta e conectam entre si por meio de uma faixa cromada que liga ambos. Já a parte inferior possui um acabamento igualmente cromado e duas saídas de escape, uma de cada lado.

Ao abrir as portas, elas refletem no chão o logotipo da Maybach e as novidades ficam por conta de um novo acabamento interior em Manufaktur Crystal White/Silver Grey Pearl ou Manufaktur Mahogany Brown/Macchiato Beige. O interior ganha um novo volante com controles sensíveis ao toque e um novo sistema MBUX Multi-Seat Entertainment, disponível com três telas sensíveis ao toque. O ar-condicionado recebe um filtro de dois estágios para proteção contra poeira fina e poluentes. A carroceria ainda ganha duas novas cores, chamadas de Sodalite Blue Metallic e Manufaktur Alpine Grey Non-Metallic.

Mecanicamente, ele alia o 4.0 V8 biturbo a gasolina que desenvolve 557cv de potência com torque de 74,4kgfm, acoplado a um câmbio automático 9G-TRONIC de 9 marchas. Ele traz um sistema híbrido leve de 48V que desenvolve 22cv e 25kgfm de torque, que auxilia o SUV em baixas velocidades. De acordo com a Mercedes-Benz, ele acelera de 0 a 100km/h em 4,2 segundos e chega a velocidade máxima de 250km/h, limitada eletronicamente.








Fotos: Mercedes-Benz / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BYD lança oficialmente o Song Pro no Brasil, com motor de até 235cv e por R$ 189.800

Volvo lança promoção do EX30 no Brasil, além de condições para XC40, C40, XC60 e XC90

Baojun apresenta a chegada do Yunduo na China, o concorrente direto do BYD Dolphin

Volkswagen registra imagens de patente do ID.7 S na China, que será da joint-venture SAIC-VW

Iveco lança o eDaily no Brasil, contra o Ford E-Transit, em três versões e parte de R$ 549.000

Renault lança promoção em julho no Brasil para quase toda a linha, inclusive com elétricos

BYD lança promoção '48 Horas Eletrizantes' e tem condições até o final deste mês

JAC Hunter é uma das apostas da marca chinesa para este segundo semestre no Brasil

Peugeot lança o novo E-2008 no Brasil, elétrico que chega com melhorias e um motor de 158cv

Kia confirma que vai manter os preços no Brasil mesmo com aumento da alíquota de IPI