Chevrolet apresenta oficialmente a linha 2021 do Camaro, que muda (de novo) e parte de R$377.900


A Chevrolet confirmou a chegada da linha 2021 do Camaro no mercado brasileiro. O esportivo, que é vendido nas versões cupê e conversível, ganha novamente mudanças visuais. As mudanças chegam depois das reações negativas em relação ao design do modelo reestilizado. A chegada da linha 2021 tem ser uma medida de emergência que chegou nos Estados Unidos em 2019 e chega esse ano no Brasil. O resultado é uma frente mais clássica e menos futurista, com a gravatinha voltando a ficar na parte superior da grade. Não faz muito tempo que a Chevrolet apresentou a versão reestilizada do Camaro no Brasil. Aqui, ele chegou, com a frente que acaba de ser substituída, em março de 2019. "Os consumidores falaram, nós ouvimos", disse Steve Majoros, diretor da Chevrolet para modelos de passeio e crossovers durante a apresentação do Camaro 2020 nos EUA. O design tinha sido adiantando no SEMA Show, mas a marca desconversou sobre a reestilização naquele momento e meses antes do lançamento no Brasil. Entre as novidades estão a nova grade dianteira, que traz o logotipo na grade e um para-choque dianteiro fica menos agressivo, perdendo a parte do meio, a peça preta, que dava uma cara de invocado ao Camaro, mas que não agradou nenhum um pouco os fãs do carro. Apesar dessas mudanças, nada se altera na mecânica. 



O motor 6.2 V8 desenvolve 461cv e 62,9kgfm, acoplado ao novo câmbio automático de 10 velocidades, que deve ser o mesmo usado pelo Ford Mustang GT no Brasil. A caixa oferece ganhos em desempenho e dirigibilidade. Segundo a Chevrolet, ele acelera de 0 a 100km/h em 4,2 segundos e chega a velocidade máxima de 290km/h no cupê e 250km/h no conversível. Fora essa mudança, o Camaro mantém as mesmas atualizações que vimos no ano passado, com reforços estruturais para deixar a plataforma mais rígida. A suspensão ganhou barras estabilizadoras maiores e suspensão reforçada, além de outras modificações como freios redimensionados da Brembo, por exemplo. O Camaro 2021 deve ser nas cores Azul Egípcio e Laranja Imperia, que se unem às cores Branco Summit, Preto Global e Vermelho Tinto. Ele também traz quatro modos de condução: Passeio, que privilegia o conforto; Sport, para desempenho esportivo; Pista, para uso em circuitos fechados, e Neve, para pisos de baixa aderência. Na lista de itens de série, o Camaro ganha uma central multimídia com conectividade de nível 4, com Wi-Fi nativo. Com isso, o OnStar, central multimídia e outros recursos podem ser conectados à internet. O carro ainda deve contar com o aplicativo myChevrolet, que permite acionar a ignição à distância e consultar informações do computador de bordo como nível do combustível, pressão dos pneus, consumo médio, indicador da vida útil do óleo e outros. 


Camaro SS

De série deve ser equipado com faróis em LED, alerta de ponto cego com sensor de aproximação repentina, Head-up Display, bancos dianteiros com ajustes elétricos e sistema de aquecimento e refrigeração, sistema de som Bose Premium, espelho retrovisor interno central com imagens da câmera de vídeo traseira, alerta de tráfego cruzado traseiro e teto solar (versão cupê) e capota rebatível com acionamento elétrico de abertura e fechamento também pela chave (conversível). Há ainda a central multimídia serviço de concierge OnStar, multimídia MyLink com Android Auto e Apple CarPlay e o aplicativo myChevrolet, alerta de colisão frontal, retrovisor interno que exibe a imagem da câmera de ré, rodas de liga leve de 20”, freio de estacionamento elétrico, oito airbags, controle de estabilidade e tração, faróis de xênon, pneus run-flat, sensor de estacionamento traseiro, carregador wireless, ar-condicionado automático de duas zonas, sensor crepuscular, sensor de chuva e mais. Há ainda a função de controle de largada, o “launch control”, desenvolvida especificamente para autódromos. Permite aceleração com total eficiência nas arrancadas, com o mínimo de perda de tração nas rodas traseiras. Por fim há também o sistema burnout, que permite “queimar” os pneus no asfalto, sem que o veículo saia do lugar. Serve para aquecer os pneus para uma arrancada, mas se for usado apenas para gerar fumaça, vai custar caro na hora da troca prematura dos pneus.



Preços

  • Chevrolet Camaro SS 6.2 V8 AT10 Coupé – R$377.900
  • Chevrolet Camaro SS 6.2 V8 AT10 Conversível – R$422.900





Comentários

  1. 378 mil reais por um Camaro SS Coupe...põe mais um pouco e pega um 718 Cayman, um Audi TT S e outros esportivos...eu gosto do Camaro e do Mustang, mas gosto mais ainda dos esportivos europeus.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Fiat Toro recebe motor 1.3 Turbo em todas versões e catálogo vaza antes da estreia

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Tesla revela nova informação sobre design da Cybertruck, que estreia no fim do ano

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

GMA apresenta o T.50S Niki Lauda, que traz melhorias no motor e apenas 25 unidades

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

Mercedes-Benz apresenta a nova geração da Classe C Estate, que estreia na Europa

Mercedes-Benz apresenta a nova geração do Classe C, que adere aos motores híbridos