Daihatsu e Suzuki se unem em joint-venture com a Toyota para desenvolver tecnologias


A Daihatsu e a Suzuki devem se unir em uma joint-venture com a Toyota para o desenvolvimento de comerciais leves elétricos, liderado pela Toyota. A parceria deve ser feita para a Commercial Japan Partnership, joint-venture que ainda possui empresas japonesas como Hino e Isuzu. A joint-venture deve fazer com que os comerciais leves sejam conectados, tenham propulsão elétrica e condução autônoma. A oint-venture deve focar em alguns pontos como: 1. Melhorar a eficiência logística através da construção de uma infraestrutura de tecnologia conectada que ligue as principais artérias da logística com os capilares da logística; 2. Expansão de veículos comerciais para miniveículos, com o uso de tecnologias de segurança avançadas que contribuem para a segurança e proteção e; 3. Cooperar no uso de tecnologias para a eletrificação de miniveículos de baixo custo e de alta qualidade que possam ser disseminados de forma sustentável. Tanto a Suzuki como a Daihatsu devem contar com 10% de participação na joint-venture cada uma, mesma porcentagem da Isuzu e Hino. A Toyota lidera com uma participação de 60%, de acordo com informações da Agência Reuters. "Com a Suzuki e a Daihatsu juntando-se ao projeto e trabalhando juntas, poderemos expandir nosso círculo de cooperação não apenas para cobrir veículos comerciais, mas também mini veículos", destaca o Presidente da Toyota, Akio Toyoda. O anúncio da joint-venture entre as empresas é uma força tarefa para o desenvolvimento de tecnologias como a condução autônoma e modelos comerciais leves elétricos, num momento onde a maioria das empresas está atrás de desenvolver este componente. Lançada em abril, a joint-venture deve fazer com que as marcas japonesas se fortaleçam juntas. Atualmente, o segmento de comerciais leves no Japão responde por 40% das vendas do país. 




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Kia Soul ganha reestilização nesta terceira geração e traz mais tecnologia, no exterior