BMW apresenta a reestilização (sutil) do Série 8, que estreia com Coupé, Cabrio e Gran Coupé


A BMW apresentou o novo Série 8 nas suas três opções de carroceria: Coupé, Cabrio e Gran Coupé, além de todas as versões com a sua variante M8. Os modelos passam por sua primeira mudança visual, com alterações bem discretas no design externo. Todas as versões do Série 8, mesmo as civis, passam a contar com um pacote M Sport de série. Visualmente, a dianteira se diferencia por contar com a grade dianteira com uma nova grelha dupla e vertical, tendo ainda um novo contorno que passa a ser prateado. A grade, inclusive, passa a ter iluminação chamado de ‘Iconic Glow’ que traz a iluminação em cascata para os dois elementos da grade em forma de rim cria uma expressão particularmente extravagante quando se vê o novo BMW Série 8 a partir da frente. A iluminação se ativa quando se abre o veículo e o condutor pode acendê-la ou apagá-la manualmente. Os faróis passam a ter LEDs adaptativos com distribuição variável de luz e o assistente BMW Selective Beam. O para-choque manteve o mesmo desenho, mas as entradas de ar possuem um novo desenho, sendo que a entrada de ar inferior possui dois frisos horizontais com aberturas nas extremidades da peça. Nos extremos do para-choque, há também foi frisos horizontais e bem no extremo tem um abertura vertical. As laterais quase não mudam e trazem apenas novas rodas de liga leve, que variam de acordo com a versão. Os modelos M possuem rodas de 19 polegadas ou 20 polegadas, de raios duplos ou em “Y”. As pinças de freio podem ter um acabamento azul. Os modelos M850i ainda trazem retrovisores otimizados com apêndices aerodinâmicos, sendo que esse retrovisor estava apenas no M8. Na traseira, o trio conta com um defletor com acabamento na cor Dark Shadow metalizado. Há ainda um aerofólio traseiro M, pintado em preto. O Série 8 Cabrio possui capota de tecido dobrado eletricamente e o teto removido para baixo de um espaço atrás dos bancos traseiros, com costura similar aos dos painéis da portas e do console central. A cobertura possui um revestimento sutil que imita o design de bolha dupla do teto do cupê. Segundo a BMW, o teto precisa de 15 segundos para abrir ou fechar e pode ser operado em movimento com velocidade de até 48km/h. Para reduzir o vento dentro da cabine sem a capota, ele conta com um defletor que pode ser colocado atrás dos bancos dianteiros e ainda como opcional oferece aquecedores de pescoço e saídas de ar nos bancos. A carroceria ainda ganha quatro novas opções de cores: Skyscraper Grey metálico, San Remo Green metálico, M Portimão Blue metálico e BMW Individual Frozen Tanzanite Blue metálico. 



No interior, os modelos passam a contar com mais mudança que externamente. Traz luz ambiente de série que ilumina o contorno dos painéis e as soleiras das portas, o volante da M Sport possui couro com botões multifuncionais e aletas de câmbio atrás do volante. De série, há ar-condicionado automático de 4 zonas com controle de temperatura e volume de ar separados para a parte traseira, enquanto os bancos multifuncionais e o estofamento em couro da BMW Individual Merino são destaques. A moldura das soleiras de portas agora são iluminadas e o quadro de instrumentos digital receber o nome “M850i” ou o logotpo “M” no M8. As versões de seis cilindros ganham os mesmos bancos do M850i, com bancos multifuncionais, também com estofamento em couro da BMW Indivisual Merino. A maior novidade fica pela nova tela da central multimídia de 12,3 polegadas, que fica maior e mais visível no painel. A central passa a ser mais rápida, intuitiva e com mais funções, trazendo o sistema BMW iDrive. Este, traz Assistente Pessoal Inteligente da BMW, a integração sem fios de smartphones através de LAN sem fios e um sistema multimídia. Além disso, o equipamento de série, incluindo o sistema de alto-falantes de alta fidelidade, a telefonia com carga por indução, o BMW Display Key e o acesso confort, sublinha o caráter luxuoso e progressista dos novos modelos da Série 8 da BMW. O quadro de instrumentos é o mesmo BMW Live Cockpit Professional, de 12,3 polegadas, que recebe um o BMW Head-Up Display acima da tela. De série, a BMW destaca os novos equipamentos de série, como: Driving Assistant, Parking Assistant com câmera de visão traseira, Active PDC e assistente de marcha ré, sistema Driving Assistant Professional que inclui Active Cruise Control com função Stop & Go, assim como assistência de direção e guia de faixa. Já o M8 pode trazer um acabamento interno em ouro Merino/Alcantara na nova variante de cor Black/Sakhir Orange como opção. Opcionalmente, o M8 ainda pode ser equipado com bancos bucket M Carbon, com estrutura em fibra de carbono, além de detalhes em fibra de carbono no painel e uma inscrição M8 iluminada no apoio de cabeça dos bancos. 


Na mecânica, os modelos são equipados as versões 840d xDrive com motor 3.0 TwinPower Turbo diesel que desenvolve 320cv e 69,4kgfm, acoplado ao câmbio automático Steptronic de 8 velocidades e tração integral xDrive. Segundo a BMW, ele acelera de 0 a 100km/h em 4,9 segundos. Já a versão M850i xDrive possui motor 4.4 V8 biturbo que desenvolve 526cv e 76,5kgfm, acoplado ao câmbio automático de 8 velocidades e tração nas quatro rodas. Com esse conjunto ele acelera de 0 a 100km/h em 3,7 segundos no Coupé e Gran Coupé e 3,9 segundos no Cabrio. O M8 conta com o mesmo 4.4 V8 TwinPower Turbo que desenvolve 608cv de potência e 76,4kgfm de torque, enquanto o M8 Competition conta com o mesmo motor, mas desenvolve 625cv de potência, ambas com câmbio automático de 8 marchas de dupla embreagem e ao sistema de tração integral xDrive. De acordo com a BMW, o M8 Coupé e Gran Coupé aceleram de 0 a 100km/h em 3,3 segundos e o M8 Cabrio chega à mesma velocidade em 3,4 segundos. Com a linha Competition, as marcas caem para 3,2 e 3,3 segundos. A velocidade máxima é de 250km/h, mas com o pacote M Drive esse valor sobe para 306km/h. Vale lembrar que o M8 possui uma suspensão melhorada que trabalha com um sistema de ajuste de chassi e direção adaptativa com modos para andar na rua ou nas pistas. O M8 Competition ainda adiciona molas mais rígidas e componentes mais fortes. Os freios dianteiros são de 15,5" com pinças de seis pistões, podendo ser trocados por freios de 15,75" feitos de carbono-cerâmica. Até mesmo o escapamento pode receber flaps que ajudam a dar aquela temperada no ronco do motor. Visualmente, o M8 se difere por trazer uma dianteira mais agressiva, com acabamento da grade dianteira em preto brilhante e as aberturas de ar nas extremidades do para-choque dianteiro que ficam maiores. A traseira conta com saídas de escape que trocam o escape de formato trapezoidal pelas saídas de escape quádruplas. Há ainda um spoiler bem fino sobre a tampa do porta-malas. Ele é equipado com rodas exclusivas de 20 polegadas e ainda pode receber o pacote opcional M Carbon Exterior, que adiciona fibra de carbono nas entradas de ar dianteiras, capas dos espelhos retrovisores externos, saias laterais e um difusor de ar traseiro. O interior muda menos, ganhando bancos M Sport e o logotipo da BMW M no acabamento. As vendas vão começar em breve, na Europa.









Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

Volkswagen lança promoção no Brasil para Polo, Virtus, Nivus, T-Cross, Taos, Tiguan e Amarok