Williams revela sua nova plataforma elétrica, a EVR, que estreia para carros esportivos

Williams Advanced Engineering apresenta a sua nova plataforma para carros esportivos; base EVR de alto desempenho permite motores elétricos de até 2.243cv



A Williams Advanced Engineering confirmou a estreia da sua nova plataforma para carros elétricos, batizada de EVR. De acordo com a empresa, a nova plataforma poderá ser oferecida para outras marcas. Chamada de EVR, a base será focada em esportivos elétricos de alto desempenho com base em uma plataforma que não será cara e oferecerá tudo em termos de tecnologia.

A Williams ainda confirma a estreia do seu novo sistema Scalable Battery Module (SBM) e apresentará o protótipo Triumph TE- 1 em conjunto com o e-powertrain, reforçando sua posição como líder em eletrificação de alto desempenho. A marca confirma ainda que o segmento de hiperesportivo vem ganhando novas marcas e que a Williams poderá servir como parceira dessas novas empresas.

A base é recomendada para ser usada em esportivos como um cupê, targa e um granturismo. Flexível, a nova plataforma possui modularidade suficiente para permitir que diferentes tipos de carroceria possam fazer uso dela. A plataforma pode contar com uma bateria de 85kWh e com motores de até 2.243cv. O desempenho desses carros pode ser com uma aceleração de 0 a 100km/h em 2 segundos e máxima de 400km/h.

Mesmo sendo elétrico, os esportivos que a utilizarem vão poder ter uma média de peso de 1.800kg. Moderna, a plataforma vai permitir que a recarga de bateria em estações de carregamento rápido que permite recuperar boa parte da autonomia em 20 minutos e ter uma autonomia de 450km. Os carros com essa base vão poder usar uma tração nas quatro rodas ou com tração traseira.



A base EVR fornece uma solução chave na mão completa, com a Williams entregando o veículo inteiro, com suporte de design externo fornecido pelo cliente ou por um parceiro da empresa britânica. Como parceira das marcas, a Williams confirma que entrega o primeiro protótipo de um carro feito sob a base em 12 meses e entrega o projeto do veículo pronto em 24 meses.

A Williams ainda confirma que a base EVR também vai estar preparada para células de hidrogênio. Essa base será chamada de EVR-H e está em desenvolvimento para oferecer o desempenho equivalente a uma plataforma BEV pura, mas alimentada por H2 verde. “EVR combina a experiência excepcional da WAE em estruturas leves e compostas criadas para o automobilismo e powertrains de bateria de alto desempenho com nosso conhecimento no desenvolvimento e entrega de programas de veículos elétricos. Ele acelera rapidamente a eletrificação de alto desempenho, oferecendo uma solução pronta para uso tanto para start-ups quanto para OEMs com um caso de negócios acessível, tempo de lançamento no mercado reduzido e uma arquitetura altamente flexível”, disse Paul McNamara, diretor técnico da Williams Advanced Engineering.

Outro ponto é que a nova plataforma da Williams vai poder contar com módulo de bateria escalável. A marca confirmou a estreia do CENEX LCV é o Scalable Battery Module (SBM) da Williams. O sistema SBM elimina a replicação de componentes eletrônicos, ao mesmo tempo em que permite o escalonamento independente de tensão e capacidade e a realização de conceitos de bateria sob medida em tempo recorde.

“Estamos muito satisfeitos em apresentar esta nova tecnologia inovadora na LCV-CENEX, que oferece maior flexibilidade e velocidade ao mercado para clientes em uma ampla gama de setores”, disse Rob Millar, Chefe de Elétrica da Williams. O kit de ferramentas modulares vai permitir que as montadoras criem seus próprios sistemas personalizados de pacotes e subpacotes de baterias. Cada módulo tem 1,08kWh com uma tensão de 50V Max, 43V Nominal com uma densidade de energia superior a 240Wh/kg.






Fotos: Williams Advanced Engineering / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias