Hyundai apresenta o reestilizado i20 na Europa, que ganha mudanças visuais bem sutis

Hyundai já reestiliza o i20 na Europa, que ganha mudanças visuais de meia-vida bem sutis e traz mais equipamentos de série para se manter atual 



A Hyundai apresentou oficialmente na Europa o novo i20, que estreia com atualizações sutis o suficiente para fazer um jogo dos sete erros. O hatch compacto passou a ser vendido ainda com atualizações na lista de equipamentos, principalmente de conectividade. Em um segmento cada vez mais reduzido como é o dos hatchs compactos na Europa, a mudança visual garante que ele continua em linha por mais alguns anos até ganhar uma nova geração.

Em termos de design, o novo i20 ganha uma nova grade dianteira que fica mais compacta e traz uma nova grelha com elementos triangulares e com uma borda em preto brilhante. Abaixo dos faróis, existe um friso em preto brilhante que é um prolongamento proveniente da grade dianteira. O logotipo da Hyundai, que antes ficava na grade dianteira, subiu para a parte superior do para-choque dianteiro. Os faróis não mudam e continuam a vir com luzes diurnas (DRL) em LED em ‘L’ na parte superior. O hatch ainda ganha um novo para-choque dianteiro que possui uma entrada de ar inferior nova, com estilo trapezoidal.

Nas extremidades, ele tem um prolongamento em preto brilhante. Nas extremidades do para-choque dianteiro, ele possui um acabamento em preto brilhante com um formato bumerangue onde há pequenas entradas de ar. De perfil, as novidades ficam por conta de novas rodas de liga leve, que no modelo das imagens tem um desenho que parece formar uma estrela de cinco pontas. Elas variam de 16 a 17 polegadas, dependendo da versão. Na traseira, a Hyundai também promoveu mudanças visuais, especialmente no para-choque traseiro. Ele ganha um vinco horizontal que corta toda a traseira, enquanto a parte inferior tem um acabamento em preto brilhante.

Esse acabamento possui refletores e lanternas de neblina com um desenho em ‘L’, conectado com saídas de ar verticais nas extremidades. Ao centro, ele possui o espaço para a placa e a parte inferior do para-choque traseiro ainda possui um acabamento prateado. Uma das novidades é que o hatch ganha a nova opção de cor Lucid Lime, que se unem com as cores Atlas White, Phantom Black Pearl, Aurora Grey Pearl, Dragon Red Pearl e Mangrove Green Pearl. Internamente, o novo i20 passa a ser vendido com quadro de instrumentos com tela LCD de 4,2 ou 10,25 polegadas e novas entradas USB-C.



Outra novidade é a nova central multimídia com tela de 8 ou 10,25 polegadas com conectividade com Android Auto e Apple CarPlay. A central também traz novidades como atualizações Over-The-Air (OTA) e tem conectividade com internet 4G, com sistema BlueLink. O hatch também possui carregador por indução para smartphones. De série, as novidades ficam por conta do pacote Hyundai Smart Sense, que traz assistentes de colisões frontais (FCA) para ‘Cidade’, ‘Interurbano’ e ‘Pedestre’ agora inclui ‘Ciclistas’. Opcionalmente, ele pode ganhar mais equipamentos.

A lista pode crescer com assistente de colisão de tráfego cruzado traseiro (RCCA), assistente para evitar colisões no ponto cego (BCA) e controle de cruzeiro inteligente baseado em navegação (NSCC), assistente de permanência de faixa de rodagem (LFA), frenagem autônoma de emergência, e ainda o assistente inteligente de limite de velocidade (ISLA). Outra novidade é a opção de sistema de som Bose Premium, com 8 alto-falantes. Na mecânica, o novo i20 deve ser vendido com motores 1.2 12v MPi de 84cv e com torque de 10,2kgfm, acoplado a um câmbio manual i-MT de 5 marchas.

Com esse conjunto ele acelera de 0 a 100km/h em 13,1 segundos e máxima de 173km/h. Ele ainda pode ser equipado com o motor 1.0 12v TGDI a gasolina que desenvolve 100cv e 17,5kgfm, acoplado a um câmbio manual de 6 marchas ou 120cv de potência e 20,4kgfm, com câmbio automatizado de dupla embreagem DCT de 7 marchas. Com esse conjunto, temos um i20 capaz de acelerar de 0 a 100km/h em 10,1 segundos e máxima de 190km/h. Os motores 1.0 TGDI possuem um sistema híbrido-leve de 48V. Em outros mercados, ele pode ser vendido com o motor 1.4 16v MPi de 100cv e 13,6kgfm, com câmbio manual de 6 marchas ou automático de 6 marchas.

Há ainda opção de motor 1.5 CRDi Turbo Diesel que entrega 100cv e 24,5kgfm, sempre com câmbio manual de 6 marchas. A versão N ainda pode ser equipada com motor 1.6 TGDI que desenvolve 204cv de potência com torque de 28,0kgfm, acoplado a um câmbio manual de 6 marchas. Esse ainda não ganhou a reestilização, mas tem um desempenho muito interessante. O modelo entrega uma aceleração de 0 a 100km/h em 6,2 segundos e máxima de 230km/h. O hatch é vendido nas versões Select, Trend, Comfort e Style. Ele começa em 19.905 e chega aos 23.700 euros, e continua a ser produzido ainda neste ano na unidade de Izmit, na Turquia.






Fotos: Hyundai / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BYD lança oficialmente o Song Pro no Brasil, com motor de até 235cv e por R$ 189.800

Volvo lança promoção do EX30 no Brasil, além de condições para XC40, C40, XC60 e XC90

Baojun apresenta a chegada do Yunduo na China, o concorrente direto do BYD Dolphin

Volkswagen registra imagens de patente do ID.7 S na China, que será da joint-venture SAIC-VW

Iveco lança o eDaily no Brasil, contra o Ford E-Transit, em três versões e parte de R$ 549.000

Renault lança promoção em julho no Brasil para quase toda a linha, inclusive com elétricos

BYD lança promoção '48 Horas Eletrizantes' e tem condições até o final deste mês

JAC Hunter é uma das apostas da marca chinesa para este segundo semestre no Brasil

Peugeot lança o novo E-2008 no Brasil, elétrico que chega com melhorias e um motor de 158cv

Kia confirma que vai manter os preços no Brasil mesmo com aumento da alíquota de IPI