BYD Dolphin Mini pode ser lançado no Brasil com preço inicial de R$ 89.800 ou R$ 99.800

Candidato a ser o maior lançamento deste ano, BYD Dolphin Mini pode ter preços abaixo dos R$ 100.000; concessionários falam em R$ 89.800 no primeiro lote



A BYD vem se tornando uma das marcas mais temidas pelas montadoras no mercado brasileiro, principalmente quando o assunto são veículos elétricos. Depois do lançamento meteórico do Dolphin ano passado, a marca chinesa quer causar ainda mais com a chegada do Dolphin Mini, que pode duplicar esse sucesso em nosso país. Se apenas o Dolphin conseguiu fazer vários carros ficarem mais em conta no mercado, o Dolphin Mini terá potencial parecido. E muito se discute sobre preços, porque o preço dele no país será fundamental para causar essa onda nova.

A sua atuação de preço no país abre um leque de concorrência que possui várias marcas ‘de peso’ no Brasil – e com tradição também. Apesar de não concorrer com os hatchs compactos, a BYD terá em seu favor o fator preço e o fator elétrico para fisgar consumidores deste tipo de veículo. Isso porque ele basicamente chega com preços de carros líderes de vendas no Brasil, como é o caso do Volkswagen Polo, Chevrolet Onix e Hyundai HB20. Todos, claro, maiores que o Dolphin Mini. Antes mesmo do seu lançamento, já há rumores de quanto ele vai custar aqui. E antes mesmo do seu lançamento, já fez a Renault baixar o preço do Kwid E-Tech para R$ 99.990.

O fato é que há muitas vertentes de informações e só sabemos qual estará certa no próximo dia 28, quando ele for lançado. Há informações de que ele seja vendido por R$ 99.800 iniciais, uma vez que ele terá três versões no mercado. No Uruguai, ele oferece as opções EV300 e EV400, que possuem baterias diferentes. Mas aqui também entra o fator de quatro ou cinco lugares, onde a marca também oferecerá essas diferenças num primeiro momento. Ao site InsideEVs Brasil, concessionários disseram que o preço será de R$ 99.800 na versão mais simples e R$ 114.800 na mais completa.

O mesmo InsideEVs Brasil ainda confirmou que a marca chinesa pode acabar oferecendo um preço ainda menor para causar ainda mais furor em seu lançamento. Como num primeiro momento ele chega apenas com a versão de quatro lugares, a marca poderia oferecer um preço com desconto de R$ 10.000 no primeiro lote, saindo por R$ 89.800. Estima-se que esse primeiro lote tenha cerca de 2.000 a 3.000 unidades e o segundo lote já vai oferecer espaço para cinco ocupantes, que ainda está em fase de homologação. Isso porque a BYD sabe que uma versão de cinco lugares permite que motoristas de aplicativo optem pelo hatch, sendo essa também uma exigência dos aplicativos.



Não seria de se estranhar se a marca oferecesse essas primeiras unidades com espaço para quatro ocupantes com preço de R$ 89.800 até a chegada das versões cinco lugares e com preço inicial de R$ 99.800 a R$ 114.800. Isso também pode ser percebido com a bateria maior, que também chega num primeiro momento com espaço para quatro ocupantes e que posteriormente poderá ser oferecido com espaço para cinco. Caso isso aconteça, não se pode duvidar que o hatch elétrico seja vendido com bateria de 38kWh e espaço para quatro ocupantes com preços na casa dos R$ 105.000.

O Dolphin Mini é desenvolvido a partir da plataforma modular e-platform3.0, com 3,780 metros de comprimento, 2,500 metros entre os eixos, 1,715 metro de largura e 1,540 metro de altura. O peso varia de 1.160kg a 1.240kg e o porta-malas é bem compacto, com 230 litros de capacidade. Em termos mecânicos, o pequeno possui um motor elétrico instalado no eixo dianteiro que desenvolve 75cv e 13,7kgfm, que permite que ele tenha uma velocidade máxima de 130km/h. Ele será equipado com uma bateria de 30,08kWh que oferece autonomia de 305km no ciclo CLTC ou uma bateria de 38,88kWh que vai oferecer uma autonomia de 405km, também no ciclo CLTC.

Em ambos os casos, a bateria é Blade de fosfato de ferro-lítio (LFP). Ele pode ser carregado em estações de recarga de 30kW a 40kW, recuperando de 30% a 80% em apenas 30 minutos. De série, a marca confirma que ele será vendido com tecnologia NFC de cartão/chave, que transforma celular em chave, central multimídia com conectividade Bluetooth, quatro ou seis airbags, controle de estabilidade e assistente de estacionamento e outros.



Fotos: BYD / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Volkswagen lança promoção no Brasil para Polo, Virtus, Nivus, T-Cross, Taos, Tiguan e Amarok