Opel lança teaser do Frontera e da nova geração do Grandland, que terão versões elétricas

Opel já conta com oito opções de veículos elétricos na Europa e até o final de 2024 fechará com gama de dez produtos, com a chegada de Frontera e novo Grandland



Discretamente, a Opel apresentou uma nova imagem que mostra suas duas grandes novidades para este ano de 2024: o retorno do Frontera, que aparece como substituto do Crossland, e a segunda geração do Grandland, que apareceram juntos em uma nova imagem da linha eletrificada da marca. Hoje, a Opel possui oito elétricos em sua gama: Rocks, Corsa, Mokka, Astra, Astra Sports Tourer, Combo, Vivavo/Zafira e Movano. Até o final deste ano, Frontera e Grandland complementam a linha de dez elétricos em linha.

Como meta do seu plano estratégico, a Opel confirmou que pretende ter uma versão puramente elétrica de todos os seus veículos até o final de 2024, ou seja, o plano está no caminho para ser concluído. A rápida eletrificação da marca começou em 2019, justamente com o lançamento da nova geração do Corsa. Depois disso, a marca alemã foi renovando toda a linha até chegarmos a 2024 com o fim desse primeiro ciclo. A linha de comerciais leves, por exemplo, já está toda eletrificada. Mas vamos nos focar nos destaques dessa imagem – aqueles que ainda desconhecemos.

O Frontera será desenvolvido a partir da plataforma modular CMP, mas que está em processo de ser rebatizada de Smart Car. Mecanicamente, sabe-se que o misto de minivan com utilitário esportivo não deve usar o conhecido motor elétrico que entrega 156cv e 26,5kgfm, acoplado a um câmbio automático. Junto dele, existe uma bateria de 54kWh, de íons de lítio, que vai oferecer uma autonomia na casa dos 400km. Estima-se que a novidade apresente um motor elétrico mais manso, em favor de oferecer uma autonomia maior. O Frontera resgata nome usado pela marca em um SUV entre 1991 a 1998 na primeira geração e de 1998 a 2003 na segunda geração.

Em termos de porte, a nova geração terá cerca de 4,320 metros de comprimento e uma relação entre os eixos de 2,600 metros. Já a nova geração do Grandland será desenvolvida a partir da moderna plataforma STLA Medium, que vai permitir que ele seja vendido com motores elétricos únicos de 210cv ou 231cv e uma opção de dois motores que vai entregar 320cv. Tanto o Frontera como o Grandland vão poder contar com opções de motor a combustão, com o 1.2 PureTech THP de 136cv, além de opções maiores de motor – especialmente para o SUV médio.

Em termos de design, ambos vão trazer a nova filosofia de design Opel Vizor, que estreou com o Astra de nova geração, com uma cara menos amigável. Com a filosofia de design, a Opel desenha seus carros com faróis conectados entre si por meio de uma área em preto brilhante, que possui algumas aberturas de ar. Abaixo, terá uma faixa horizontal com uma entrada de ar e uma entrada de ar maior na parte inferior, possivelmente com um desenho trapezoidal.



Fotos: Opel / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BYD lança oficialmente o Song Pro no Brasil, com motor de até 235cv e por R$ 189.800

Volvo lança promoção do EX30 no Brasil, além de condições para XC40, C40, XC60 e XC90

Iveco já trabalha na homologação do eDaily, que chega ainda neste semestre no Brasil

Baojun apresenta a chegada do Yunduo na China, o concorrente direto do BYD Dolphin

Volkswagen registra imagens de patente do ID.7 S na China, que será da joint-venture SAIC-VW

Mercedes-Benz atualiza itens de série do Classe E no Brasil e fica R$ 61 mil mais barato

Iveco lança o eDaily no Brasil, contra o Ford E-Transit, em três versões e parte de R$ 549.000

JAC Hunter é uma das apostas da marca chinesa para este segundo semestre no Brasil

BYD lança promoção '48 Horas Eletrizantes' e tem condições até o final deste mês

Zeekr revela as primeiras imagens teaser do 'C1XE', que estreia em breve na China