Toyota registra imagens de patente do Yaris Cross na Argentina; SUV será feito em Sorocaba

Toyota registra imagens de patente do Yaris Cross no INPI da Argentina; SUV compacto será produzido no Brasil e lançamento ocorre até início de 2025 



A Toyota registrou as primeiras imagens de patente do Yaris Cross na região. As primeiras imagens de patente foram registradas no Instituto Nacional de la Propriedad Industrial, o INPI. O SUV compacto será um dos principais lançamentos da marca nos últimos anos, sendo o primeiro produto a ser desenvolvido a partir de uma plataforma modular chamada de DNGA – tanto que a japonesa confirmou um investimento de quase R$ 1,7 bilhão na fábrica de Sorocaba (SP), que será a responsável pela exportação para mercados vizinhos.

O registro de patente dele na Argentina é a prova que nosso mercado vizinho deve ser um dos principais mercados depois do Brasil para o SUV. Vale destacar que a nipônica é líder de vendas no país vizinho. O design do novo Yaris Cross lembra muito o de um ‘mini-RAV4’, com faróis com um desenho mais triangular, formado por luzes diurnas (DRL) em LED na parte superior e um projetor em LED. Compactos, os faróis vão trazer luzes de seta mais na parte interna dos faróis, enquanto a parte inferior parece ter um friso em ‘U’, cromado. Ele ainda possui uma grade dianteira ao estilo do Corolla Cross, trapezoidal e com várias pequenas barras horizontais com um acabamento em preto brilhante.

A grade tem uma borda com acabamento prateado e o logotipo da marca aparece na parte superior da grade. O para-choque dianteiro possui faróis de neblina nas extremidades laterais, em um acabamento em preto brilhante vertical, quase que abaixo dos faróis. O para-choque adiciona uma entrada de ar hexagonal com duas barras horizontais em um acabamento em plástico preto. Abaixo, tem um acabamento prateado que está em toda a área abaixo da entrada de ar. No capô, o Yaris Cross possui vincos que partem da grade dianteira em direção ao para-brisa. Mais nas extremidades tem um novo par de vincos.

De perfil, o Yaris Cross possui um acabamento em plástico preto presente em toda a parte inferior da carroceria, inclusive nas caixas de rodas, que tem um desenho um pouco mais quadrado. O SUV compacto possui um friso cromado na parte inferior das portas, com colunas em preto brilhante. Em termos de vincos, a carroceria possui vincos no contorno das caixas de rodas que alargam os para-lamas, enquanto a parte inferior desde o para-choque dianteiro e passando pelas portas tem um vinco ascendente. Esse vinco morre a partir da porta traseira, enquanto um outro vinco nasce no para-lama dianteiro e termina na porta traseira, enquanto um outro nasce na porta traseira e quase chega até as lanternas.



Os vidros têm uma boa área envidraçada, inclusive com um vidro vigia e um friso cromado na parte inferior dos vidros. O SUV pode ter uma opção de carroceria em dois tons, com teto preto. A carroceria possui detalhes como logotipo HEV no para-lama dianteiro, retrovisores com base na coluna das portas com repetidores de setas e maçanetas convencionais. Em termos de rodas, o Yaris Cross possui rodas que vão de 16 a 18 polegadas, dependendo da versão. As rodas de 16 polegadas têm aro 205/65 R16, de 17 polegadas de 215/60 R17 e rodas de 18 polegadas com pneus 215/55 R18.

As versões mais caras têm cinco raios, com um acabamento diamantado. O Yaris Cross ainda possui rack de teto prateado e antena de teto estilo barbatana de tubarão. Opcionalmente, ele pode ser equipado com teto solar panorâmico. Indo para a traseira, o SUV possui um aerofólio com brake-light central e um vidro traseiro com limpadores. As lanternas trazem desenho mais compacto e horizontal, com iluminação em LED. A tampa do porta-malas traz o logotipo da marca abaixo do vidro traseiro e o espaço para a placa fica logo abaixo, ainda na tampa. Abaixo, ele tem um vinco bem definido, horizontal, que invade o para-choque traseiro.

Falando nele, o para-choque traseiro possui um acabamento em plástico preto que possui refletores horizontais nas extremidades e um acabamento prateado ao centro. Por dentro, o Yaris Cross possui espaço para cinco ocupantes. Ele possui um quadro de instrumentos com tela digital de 7 polegadas. O modelo ainda possui uma central multimídia com tela de 10,1 polegadas, com conectividade Android Auto e Apple CarPlay sem fio. A tela da central é flutuante assim como outros veículos da marca. O SUV ainda tem um volante com três raios, com controles multifuncionais, com acabamento em preto brilhante.

O painel possui saídas de ar-condicionado horizontais, tanto nas saídas das extremidades como nas saídas centrais. Ao centro das saídas centrais ainda está o pisca-alerta. Entre a tela da central e as saídas de ar está uma barra em LED personalizável, que está também nos painéis das portas. O console central ganha ar-condicionado automático, com acabamento em preto brilhante. Abaixo, ele possui entradas USB e tomada 12V. Ele ainda possui alavanca de câmbio com um acabamento em preto brilhante e possui freio de estacionamento eletrônico. Mais atrás existe dois porta-copos.



O interior ainda vai trazer no console um espaço de recarga por indução e uma tampa do porta-malas elétrica. Em termos de plataforma, ele estreia uma nova plataforma chamada de DNGA, que estreia com ele. Sendo produzido em Sorocaba (SP), o SUV ganhará opções de motores inéditos em nosso país. Ele virá com um motor 1.5 12v Flex, junto de um câmbio e-CVT. Esse motor vai desenvolver cerca de 130cv e um torque na casa dos 15kgfm ou 16kgfm, sempre com câmbio automático CVT. Outra opção será um motor 1.5 e-Smart Hybrid (HEV) que alia o 1.5 junto com um motor elétrico de ímã permanente síncrono e uma bateria de íons de lítio.

O motor elétrico desenvolve 80cv e 14,3kgfm junto de um motor 1.5 16v a gasolina de 91cv e 12,3kgfm. Juntos, eles desenvolvem 112cv, vindo com uma transmissão automático e-CVT. Ele vem com uma pequena bateria de 0,7kWh escondida sob os bancos traseiros. Em termos de porte, o Yaris Cross tem 4,310 metros de comprimento, 2,620 metros entre os eixos, 1,770 metro de largura e 1,615 metro de altura, enquanto o porta-malas tem 452 litros de capacidade. Este, pode ser ampliado para 800 litros com a segunda fileira de bancos rebatida. Há uma altura em relação ao solo de 21,0 centímetros, tanque de combustível de 42 litros e peso de 1.150kg.

Aqui, ele é conhecido internamente como Projeto D90B (muito parecido com o nome de projeto do modelo na Ásia, ‘D03B’) ou ‘Next-B’. Para a sua produção, 700 novos funcionários serão adicionados em Sorocaba. Seu lançamento ocorre entre o final deste ano e o início de 2025, com preços na casa dos R$ 130.000 a R$ 180.000.




Fotos: Toyota / divulgação

Patentes: Instituto Nacional de la Propriedad Industrial – INPI / reprodução

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290