Volkswagen apresenta oficialmente o Talagon no Salão do Automóvel de Xangai, na China


Depois de ser antecipado pelo SMV Concept, a Volkswagen apresentou oficialmente o Talagon no Salão do Automóvel de Xangai, na China. Se tornando realidade, o novo SUV da Volkswagen deve começar a ser vendido na China ainda neste ano. Desenvolvido sobre a plataforma modular MQB EVO, o SUV conta com 5,152 metros de comprimento, sendo 9,2cm mais longo que um Atlas/Teramont. As demais dimensões também surpreendem: são 2,980 metros entre os eixos, 2,002 metros de largura e 1,795 metro de altura. Criado pela FAW-Volkswagen, ele se destaca por trazer uma frente elevada com uma grade dianteira bem avantajada, com duplos projetores de LEDs envolvidos com luzes diurnas em feixe. O para-choque dianteiro ainda conta com linhas robustas, tendo molduras laterais bem vincadas, no espaço que seria os faróis de neblina. Há ainda uma entrada de ar inferior com uma grade estilo colmeia e envolta por um acabamento prateado. Ele ainda possui o capô curvado sobre o eixo dianteiro, tendo um raio negativo junto às colunas A, em direção aos vincos laterais. Com uma ampla área envidraçada, o carro reforça suas linhas pelos frisos cromados estilizados na parte superior dos vidros laterais e que termina apenas no vidro traseiro. Há ainda um acabamento no para-lama e porta dianteira e o SUV possui um para-brisa bem inclinada, que dá uma melhor aerodinâmica ao carro. Na traseira, o Talagon possui lanternas em LED que se interligam horizontalmente e unificadas por um feixe de LED sobre a tampa do bagageiro. 



Esta dispõe de grande defletor de ar na parte superior, já no para-choque traseiro, que possui também um acabamento cromado. A placa fica no porta-malas e para as pessoas com “Toc”, o logotipo da Volkswagen não está bem centralizado à faixa que conecta as duas lanternas e o nome do SUV aparece logo abaixo. No interior, a Volkswagen traz o sistema de iluminação interna da carroceria, em LEDs, com 30 opções de cores, chamado pela Volkswagen de ID Light. Há ainda bancos revestindo em couro e possui um quadro de instrumentos com tela de 10,25 polegadas e uma central multimídia de 8,25 polegadas posicionada de forma que parece uma extensão do quadro de instrumentos. Esse novo visual é batizado de Innovision Cockpit. Opcionalmente ele pode ser equipado com central multimídia de 10 polegadas e head-up display. Ele ainda possui um amplo console central com apoio de braço central e uma curiosa disposição para o câmbio, que parece uma pequena cadeira. O painel ainda possui saídas do ar-condicionado com saídas de ar escondidas no design horizontal do painel. Com espaço para seis ou sete ocupantes, o Talagon ainda deve ser oferecido com motores 2.5 V6 TFSI que desenvolve 299cv de potência com torque de 50,1kgfm, acoplado a um câmbio automático de dupla embreagem de 7 marchas, DSG, e uma tração integral 4MOTION. Futuramente, ele deve ser oferecido com motor 2.0 TSI capaz de desenvolver 186cv ou 220cv, com câmbio automático de dupla embreagem DSG de 7 marchas.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Scudo chega ao Brasil no 2º semestre, com produção uruguaia e duas opções de motor

NBR é marca brasileira que surge como aposta de buggy e terá fábrica em Pernambuco

Audi lança a linha 2023 de A4 e A5 Sportback com motor híbrido-leve 40 TFSI, de 204cv

BMW lança o Série 3 2022, com novidades nas versões 320i, que estreia por R$267.950

Fiat Scudo será vendido nas mesmas versões de Citroën Jumpy e Peugeot Expert, Cargo e Multi

Peugeot 4008 será apresentado em 2022 como um SUV médio cupê com base no novo 308

Stellantis já testa o Fiat Scudo no Brasil; lançamento vai acontecer ainda em 2022

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado