Kia apresenta oficialmente o Stonic no Brasil como híbrido mais barato, mas por R$ 149.990


A Kia enfim lançou o Stonic no mercado brasileiro. A novidade chega ao país depois de uma espera de quatro anos da sua apresentação na Europa, quando foi apresentado no Salão do Automóvel de Frankfurt. Primeiro SUV compacto da marca, o Stonic chega com o mesmo design do modelo recém reestilizado na Europa, no ano passado. No design ele fica parecido com os últimos lançamentos da Kia, com faróis com dimensões reduzidas e grade “nariz de tigre” como destaque. Abaixo ele conta com três entradas de ar e mais uma entrada de ar, maior, abaixo. Nas extremidades ele possui um acabamento em preto brilhante e a parte bem inferior do para-choque dianteiro traz os faróis de neblina com estilo horizontal. Há também vincos marcantes nas laterais e um desenho na coluna C que interrompe a cor do teto, que fica bem claro num modelo com teto bicolor. As rodas de liga leve com aro de 17 polegadas. Toda a parte inferior da carroceria possui um acabamento em plástico preto. Na traseira, as lanternas traseiras invadem a tampa do porta-malas e o para-choque abriga o espaço para a placa. Tanto na dianteira como na traseira, ele ainda é o primeiro carro da Kia a aderir ao novo logotipo da marca, que não fica mais envolto de um círculo ovalado preto/vermelho. O novo logotipo deve ser apenas com as letras que formam o Kia e devem ser inscritas em letras garrafais. 



Foram registrados os logotipos nas cores preto e vermelho, embora a aplicação nos carros deve ser cromada. Com design mais moderno, o logotipo traz o nome da marca com um formato mais estilizado e deve ser a representação da evolução vivida pela Kia nos últimos anos. Já o interior é praticamente idêntico ao do Rio. No interior, as novidades ficam por conta de uma nova central multimídia com tela touchscreen de 8 polegadas UVO II, com conexão sem fio para smartphones e um novo quadro de instrumentos com uma tela central de 4,3 polegadas. Tanto a central multimídia como a tela central do quadro de instrumentos ficaram maiores nessa reestilização. Compacto, o Stonic possui 4,140 metros de comprimento, 2,580 metros entre os eixos, 1,760 metro de largura e 1,520 metro de altura. O porta-malas tem capacidade de 325 litros, mas pode chegar aos 1.103 litros com os bancos traseiros rebatidos. O peso é de 1.256kg, tendo 45 litros de capacidade no tanque de combustível. Na mecânica, o SUV compacto se destaca pelo conjunto mild-hybrid de 48V (MHEV), que traz o motor 1.0 12v EcoDynamics+, que desenvolve 100cv de potência ou 120cv de potência e 20,4kgfm de torque. O motor é o mesmo 1.0 T-GDI SmartStream de injeção direta de combustível junto do sistema elétrico de 48V, formando um conjunto híbrido leve. O Stonic é oferecido com câmbio automático de dupla embreagem DCT, de dupla embreagem, de 7 marchas. Com essa configuração, o Stonic - segundo dados do Inmetro - registrou desempenho de 13,3km/l na cidade e de 13,2km/l na estrada, sempre abastecido com gasolina. 


O sistema Stop&Go conta com recuperação de energia na frenagem e o motor de combustão interna, que pode ser desligado em velocidades de até 125km/h. O recurso é acionado automaticamente quando o motorista pisa no acelerador, freio ou embreagem. O sistema de comando desse motor é composto por DOHC de 12v e por E-CVVT, acrescido do Comando de Válvulas de Duração Variável (CVVD), que propicia o modo de condução Velejar, desligando o propulsor por completo em situação de rodagem plana e, por consequência, a economicidade de combustível. O modelo apresenta três modos de condução (Eco, Normal e Sport), permitindo ao motorista escolher a maneira de condução que mais o agrada. “O Stonic é o primeiro SUV compacto híbrido do País, com o benefício de dispensa do rodízio e IPVA reduzido na cidade de São Paulo. É uma grande vantagem ao usuário. E trata-se de um dos modelos Kia rumo à liderança do mercado global de veículos híbridos e elétricos. Com o Stonic, vamos inaugurar uma nova fase aqui no mercado brasileiro, com aumento expressivo de nosso portfólio com mais modelos eletrificados”, afirma José Luiz Gandini, Presidente da Kia Brasil. Aqui, ele será vendido em versão única, a SX Hybrid, que tem cinco anos de garantia. O Stonic será disponibilizado em seis cores – preto aurora (perolizado), cinza perene (metálico), branco claro (sólido), amarelo superior (metálico), vermelho alerta (metálico) e azul esportivo (metálico), em tom único – e sete versões em dois tons, com opções do teto nas cores preto, amarelo e vermelho. Aos acabamentos de pintura metálico e perolizado são acrescidos R$ 2.500 e às versões com dois tons, R$ 4.300.


Stonic SX

O Stonic é equipado de série com ar-condicionado digital automático e controle frontal "Single Zone" com filtro antipólen, banco do motorista com ajustes manuais de inclinação do encosto, altura e distância dos assentos, banco traseiro bipartido (60/40) e rebatível para ampliação do porta-malas, bancos com revestimento Premium padrão GT-Line em Altaica e tecido, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, computador de bordo programável com comando no volante, direção com assistência elétrica, motor montado na coluna de direção (C-MDPS), para-sóis dianteiros com espelho e iluminação, porta USB para carregamento e transmissão de dados no console dianteiro, porta USB para carregamento no console dianteiro para acesso aos passageiros do banco traseiro, tomada auxiliar de energia 12V, vidros com comando elétrico nas quatro portas, sendo um toque e antiesmagamento para o motorista, espelhos retrovisores externos na cor preto brilhante com regulagem e rebatimento elétricos, aquecíveis e com repetidores das setas integrados em LED, faróis de neblina em LED, pedais com acabamento metálico, rodas de liga leve aro 17" com acabamento diamantado e pneus 205/55R17, acelerador eletrônico - "Shift by Wire", acendimento automático dos faróis, airbags frontais duplos, laterais dianteiros e de cortina (2 fileiras de assentos), alerta de ocupantes no banco traseiro, assistente de partida em rampa ( HAC - Hill start Active Control), botão "Start/Stop" para partida do motor por reconhecimento da chave "Smart Key", câmera de ré com guias dinâmicas de estacionamento (RVM - Rear View Monitor), chave inteligente "Smart Key" para abertura das portas, tampa traseira, acionamento do alarme e imobilizador eletrônico, controle eletrônico de estabilidade (ESC - Electronic Stability Control), controle eletrônico de tração (TCS - Traction Control System), freios a disco nas 4 rodas, sendo duplos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com ABS e EBD, piloto automático convencional, sensor de estacionamento traseiro (PDW - Park Distance Warning, Reverse), sistema de gerenciamento de estabilidade do veículo (VSM - Vehicle Stability Management), sistema de monitoramento de pressão dos pneus (TPMS - Tire Pressure Monitoring System), sistema de som com 4 alto falantes e 2 tweeters, central multimídia com tela estilo "flutuante" LCD de 8" sensível ao toque e conectividade com fio Apple CarPlay, Android Auto e USB e volante multifuncional com controles de som, telefone, comando por voz, computador de bordo e piloto automático



Preço

  • Kia Stonic SX 1.0 12v Turbo Hybrid – R$ 149.990





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Série de despedida do Fiat Uno pode ter batismo de 'Ciao' ou 'Ciao Uno'; estreia em breve

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

O que faz um Renault Clio rodando em testes no Brasil? Há três (boas) possibilidades sobre

Honda inicia pré-venda do novo City; com nova geração, preços começam em R$ 108.300

Toyota SW4 GR-Sport pode ser lançada dentro de alguns dias no Brasil, ainda em 2021

Nova geração da Ford Ranger virá em 2023 junto da nova geração do estreante Everest

Jeep Renegade renovado e com motor 1.3 pode ser lançado entre o final de 2021 e início de 2022

Toyota Hilux GR-Sport foi apresentada na Argentina, em evento interno, mas vazou

Aston Martin revela teaser do Vantage V12, que deve ser o "último dos moicanos de motor V12"

Land Rover lança a linha 2022 do Range Rover Evoque, que volta a ser nacional por R$ 377.950