BMW investe em fibras naturais para fabricar componentes e rodas terão alumínio reciclado


A BMW Group confirmou o desenvolvimento de materiais recicláveis para a composição dos seus carros. O grupo alemão confirmou que vai focar na produção sustentável com componentes feitos de materiais naturais. A BMW i Ventures, empresa de capital de risco do grupo, adquiriu a Bcomp, fabricante Suíça líder de peças de alto desempenho feitos de fibras naturais. As peças reforçadas e naturais da Bcomp foram usadas pela primeira vez pela equipe BMW M Motorsport na Fórmula E em 2019. Em seguida foi a vez dos carros de turismo da DTM substituírem componentes de fibra de carbono reforçados com resina plástica (CFRP) pelas peças de fibras naturais. Inspirada nas nervuras das folhas, as peças desenvolvidas pela Bcomp maximizam a rigidez com peso mínimo. Isso permite uma diminuição na quantidade de material base utilizado, reduzindo assim o peso, custos e consumo na produção. Além da peça, camada adicional de reforço, feita de fibras de linho, dão um acabamento refinado à peça. A combinação dos dois materiais permite reduzir em até 70% a quantidade de plástico usada nos painéis internos e, ao mesmo tempo, reduzir as emissões de CO2 em até 60%. O resultado são componentes mais sustentáveis, mas sem perder a resistência. Os compostos de fibra natural também podem ser usados​​como acessórios, como os da linha BMW M Performance Parts. A BMW ainda confirmou que aposta em rodas de alumínio fundido produzidas com 100% de energia verde serão usadas nas marcas BMW e MINI. A transição se aplica, em particular, à eletrólise de uso intensivo de energia usada na produção de alumínio e ao processo de fundição de rodas. Para o BMW Group, este é mais um passo em direção ao seu objetivo de criar a cadeia de suprimentos mais sustentável da indústria automotiva, o que vai acontecer a partir de 2024. Até agora, as rodas foram responsáveis por 5% das emissões de CO² da cadeia de abastecimento. A transição para uma produção mais sustentável que depende de energia verde, reduzirá essas emissões em mais da metade. O BMW Group adquire cerca de 10 milhões de rodas de liga leve por ano; 95% destes são feitos de alumínio fundido. As rodas serão usadas em modelos da BMW e MINI. 




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Audi lança a linha 2023 de A4 e A5 Sportback com motor híbrido-leve 40 TFSI, de 204cv

Fiat Scudo chega ao Brasil no 2º semestre, com produção uruguaia e duas opções de motor

NBR é marca brasileira que surge como aposta de buggy e terá fábrica em Pernambuco

Fiat Scudo será vendido nas mesmas versões de Citroën Jumpy e Peugeot Expert, Cargo e Multi

BMW lança o Série 3 2022, com novidades nas versões 320i, que estreia por R$267.950

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado

Peugeot 4008 será apresentado em 2022 como um SUV médio cupê com base no novo 308

Stellantis já testa o Fiat Scudo no Brasil; lançamento vai acontecer ainda em 2022

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Mirando no Lamborghini Urus, ousado BMW X8 estreia no próximo dia 29 de novembro