Honda ZR-V: Honda pode não ter um substituto direto ao WR-V, pelo menos não a combustão


A Honda ainda não se decidiu sobre o desenvolvimento de um SUV subcompacto para a substituição do WR-V em mercados como a América do Sul e Sudeste Asiático. Talvez esse seja o motivo de ninguém nunca mais ter ouvido falar sobre em que fim deu o SUV RS Concept. Aqui no Brasil, a Honda confirmou já todos os lançamentos que o país receberá entre 2022 e 2023 e, para a surpresa, nada de um SUV subcompacto abaixo do HR-V. Potencial concorrente do Fiat Pulse, o modelo teria cerca de 4 metros de comprimento e seria baseado no City Hatch, mas teria um design bem diferente – até mesmo nas laterais, algo bem diferente do que o WR-V foi em relação ao Fit. Em entrevista para a revista Autoesporte, Atsushi Fujimoto, novo CEO da Honda América do Sul, destacou que um modelo abaixo do HR-V está descartado no momento. “Estamos analisando o mercado”, declarou o executivo para a revista, mas claramente num tom mais negativo. Outro ponto destacado por Fujimoto é que a Honda Brasil não poderia atender os consumidores com um modelo criado aqui, pela engenharia brasileira. De acordo com o executivo, todo o projeto é desenvolvido no Japão, mesmo que não seja destinado para o mercado japonês, mas atendendo os consumidores do mercado em que aquele veículo será vendido e citou que até mesmo o motor 1.5 Turbo Flex do HR-V foi todo desenvolvido no Japão. 



Apresentado no Salão do Automóvel de Jacarta, na Indonésia, de 2021, o SUV RS Concept se destacava pelos faróis bem compactos e que são conectados a uma grade dianteira que se “dissolve” com o para-choque, como acontece com o Peugeot 3008, por exemplo. O para-choque dianteiro ainda possui uma entrada de ar inferior e um acabamento prateado. Nas extremidades ele conta com entradas de ar ou o possível espaço dos faróis de neblina. Visto de lateral, ele possui um design interessante e bem compacto. O desenho lembra o City pelo friso que nasce nos faróis dianteiros e termina nas lanternas. O teto terá opção bicolor e ele tem acabamento plástico nas caixas de rodas e em toda parte inferior da carroceria. Na traseira, ele tem lanternas horizontais cortadas pela tampa do porta-malas e interligadas por uma faixa em LEDs que vai até o logotipo da Honda, com uma tampa do porta-malas que possui abertura pequena. O para-choque traseiro abriga a placa e tem um acabamento prateado na parte inferior. Nas extremidades, há saídas de ar. Apenas de não querer um SUV subcompacto a combustão, elétrico a Honda ainda estuda as alternativas. E esse pode acabar sendo o destino do conceito. Curiosamente, o modelo conceitual não tinha nem saída de escape...


Fonte: Autoesporte

Projeções: PaulTan via Theophilus Chin

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Scudo chega ao Brasil no 2º semestre, com produção uruguaia e duas opções de motor

NBR é marca brasileira que surge como aposta de buggy e terá fábrica em Pernambuco

Audi lança a linha 2023 de A4 e A5 Sportback com motor híbrido-leve 40 TFSI, de 204cv

Fiat Scudo será vendido nas mesmas versões de Citroën Jumpy e Peugeot Expert, Cargo e Multi

Peugeot 4008 será apresentado em 2022 como um SUV médio cupê com base no novo 308

BMW lança o Série 3 2022, com novidades nas versões 320i, que estreia por R$267.950

Stellantis já testa o Fiat Scudo no Brasil; lançamento vai acontecer ainda em 2022

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?