BMW pode matar o Série 8 Coupé e Cabrio e ter nova geração apenas com o Série 8 Gran Coupé

BMW deve retirar Série 8 Cabrio e Coupé de linha com a chegada de uma nova geração do Série 8, que continua como Gran Coupé e terá versão elétrica i8



A BMW já trabalha em uma nova geração do Série 8, que vai ganhar uma nova fórmula nos mercados onde ele é vendido. O modelo será transformado 100% no Gran Coupé, enquanto as opções Coupé e Cabrio serão mortas. A marca já trabalha na nova geração do sedã cupê, que será apresentado como um concorrente de modelos mais esportivos como um possível concorrente do Mercedes-Benz AMG GT 4-doors, se esse continuar em linha.

Conhecido internamente como Projeto G77, o novo Série 8 será desenvolvido a partir da plataforma modular CLAR, que sustenta as novas gerações do Série 7 e da sua versão elétrica i7, como destaca o BMWBlog. Inclusive, é de se esperar que o novo Série 8 seja a alternativa mais esportiva ao Série 7 e i7. É possível ainda que a nova geração já seja criada a partir da plataforma Neue Klasse, mas sem definição. Rumores também apontam que a BMW possa manter o Série 8 Coupé e Série 8 Cabrio, como destacou o BimmerPost.

As novas gerações serão apresentadas em conjunto em meados de julho de 2026 e seguem em produção até junho de 2033, de acordo com um cronograma vazado. Atualmente, o Série 8 é vendido com motores 3.0 TwinPower Turbo Diesel que desenvolve 320cv e 69,4kgfm, acoplado ao câmbio automático Steptronic de 8 velocidades e tração integral xDrive; o 4.4 V8 TwinPower Turbo que desenvolve 526cv e 76,5kgfm, acoplado ao câmbio automático de 8 velocidades e tração xDrive e; o 4.4 V8 TwinPower Turbo que desenvolve 608cv de potência e 76,5kgfm de torque ou 625cv com o M8 Competition.

Em sua nova geração, é possível que ele venha com motores eletrificados na versão a combustão. Uma das opções pode ser com o motor 3.0 TwinPower Turbo a gasolina que entrega 380cv e 53,0kgfm junto de um motor elétrico 197cv e 28,6kgfm. Juntos, o sistema 571cv e 81,6kgfm, junto de um câmbio automático de 8 marchas e a tração integral xDrive.

Há ainda o 4.4 V8 TwinPower Turbo a gasolina que entrega 489cv de potência e 66,3kgfm junto de um motor elétrico de 197cv e 28,6kgfm. Juntos, o XM desenvolve 653cv de potência e 81,6kgfm, acoplado a um câmbio automático de 8 marchas e com uma tração integral xDrive. Um motor elétrico poderia ser um motor parecido com o do iX ou até mesmo com o do próprio i7. 




Fotos: BMW / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BYD lança oficialmente o Song Pro no Brasil, com motor de até 235cv e por R$ 189.800

Volvo lança promoção do EX30 no Brasil, além de condições para XC40, C40, XC60 e XC90

Baojun apresenta a chegada do Yunduo na China, o concorrente direto do BYD Dolphin

Volkswagen registra imagens de patente do ID.7 S na China, que será da joint-venture SAIC-VW

Iveco lança o eDaily no Brasil, contra o Ford E-Transit, em três versões e parte de R$ 549.000

Renault lança promoção em julho no Brasil para quase toda a linha, inclusive com elétricos

BYD lança promoção '48 Horas Eletrizantes' e tem condições até o final deste mês

JAC Hunter é uma das apostas da marca chinesa para este segundo semestre no Brasil

Peugeot lança o novo E-2008 no Brasil, elétrico que chega com melhorias e um motor de 158cv

Kia confirma que vai manter os preços no Brasil mesmo com aumento da alíquota de IPI