Abarth revela detalhes do desenvolvimento do 1000, que terá apenas cinco unidades feitas

Divisão Heritage vai desenvolver o 1000, inspirado no 1000 SP, com base no Alfa Romeo 4C e que chegará a linha de produção com um número limitado de unidades



A Abarth vai desenvolver unidades do 1000, com base no Alfa Romeo 4C. O esportivo compacto será apresentado dentro de alguns meses Ele terá o mesmo motor do Alfa Romeo 4C, com o 1.8 Turbo a gasolina de 240cv de potência que são mais que suficientes para mover os 1.074kg do esportivo. Com esse conjunto, o carro vai ter a velocidade máxima de 250km/h. Com uma pegada mais roadster, o 1000 SP é uma versão conversível do 4C, que só anos mais tarde recebeu uma versão Cabrio.

O protótipo de um modelo da Abarth, conversível era o plano da antiga FCA para o projeto, que acabou nunca sendo executado. Apresentado apenas em 2021, o carro já existia como um protótipo interno desde 2009, mas devido ao fracasso do modelo da Alfa, o Abarth nunca tinha visto o sol. Agora, o modelo enfim será produzido. O carro virá com discos de freio perfurados autoventilados na frente, com pinças da Brembo.

Na traseira, o esportivo terá quatro pistões nos freios, com discos perfurados ventilados internamente. O carro é basicamente o Alfa Romeo 4C, com mudanças na dianteira e na traseira. O carro traz uma dianteira que se destaca por vir com faróis divididos em quatro pontos de luzes, circulares e dois de cada lado, com um capô compacto e com uma entrada de ar e várias fendas verticais que funcionam como saídas de ar.

O para-choque dianteiro ainda possui uma entrada de ar inferior horizontal e faróis de neblina nas extremidades. Nas laterais, o carro tem rodas raiadas em branco e uma entrada na ar após a porta dianteira. De traseira, o 1000 possui ainda lanternas circulares com duas saídas de ar superiores e o para-choque traseiro é novo. Ele possui espaço para a placa traseira e um acabamento em preto brilhante na parte inferior.

A Abarth não revelou quantas unidades serão produzidas, mas rumores indicam que serão apenas cinco unidades. Desenvolvido no Stellantis Heritage Department, o carro será apresentado em breve. Estima-se que cada uma das cinco unidades do Abarth 1000 SP deverão custar cerca de 200.000 euros, pouco mais de R$ 1,2 milhão.





Fotos: Abarth / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias