Volkswagen já parou a produção por baixa demanda em suas três fábricas desde junho

Volkswagen confirma que todas suas fábricas no Brasil, Taubaté, São Bernardo do Campo e São José dos Pinhais, já tiveram problemas relacionados com baixa demanda



A Volkswagen confirmou que todas as suas fábricas já tiveram problemas relacionadas com a baixa demanda. A primeira fábrica a sofrer com essa baixa demanda foi São José dos Pinhais (PR), onde apenas o T-Cross é produzido. A unidade sofreu com um lay-off entre os dias 5 a 26 de junho em dois turnos e do dia 26 a 30 de junho deste ano com o segundo turno, de acordo com o Automotive Business.

Em Taubaté (SP), onde o Polo Track é produzido sozinho, a Volkswagen confirmou lay-off nos dois turnos entre os dias 26 a 30 de junho. Por fim, a fábrica de São Bernardo do Campo (SP), onde é produzido Polo, Virtus, Nivus e Saveiro, ficou com duas linhas de montagem paradas a partir do dia 10 de julho, em férias coletivas, sem informar quando aconteceu a retomada da produção. Em julho, a Volkswagen confirmou novamente uma parada, em São José dos Pinhais.

A medida começou no dia 10 de julho e voltou no dia 17 de julho, com o segundo turno da produção parada que envolve 437 funcionários. A ação das paralisações no Paraná envolveu 1.900 funcionários nos dois turnos desde junho. Depois disso, a situação melhorou. A marca confirmou que aplicaria um lay-off na unidade de Taubaté, onde o Polo Track é produzido. A ação envolveria 800 funcionários que fazem Polo e Polo Track. Essa parada aconteceria a partir do dia 1º de agosto e teria duração de cinco meses de produção em turno único.

A marca suspenderia contratos de funcionários, o que afetaria parte dos 3.100 funcionários da fábrica. A medida, no entanto, não foi adiante. Por conta da boa demanda de veículos compactos com o plano do Governo Federal chamado de ‘Carro Popular’, a fábrica continuou com a produção em dois turnos. Ao Automotive Business, a Volkswagen confirmou que o desempenho das vendas foram o motivo que fizeram com que a empresa desistisse de parar a produção. 




Fontes: Automotive Business [1]Automotive Business [2] e Automotive Business [3]

Fotos: Volkswagen / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv

Toyota dá a entender que o Celica pode ressurgir como cupê esportivo criado pela GR