Porsche revela como fica o novo Cayenne Coupé no Salão de Xangai, com motor V8 de até 659cv

Porsche apresenta o Cayenne Coupé reestilizado no Salão de Xangai; versão Turbo GT ganha melhorias como as demais e passa a entregar 659cv com o 4.0 V8



A Porsche apresentou durante o Salão do Automóvel de Xangai, na China, o Cayenne Coupé reestilizado, com as mesmas mudanças do Cayenne. O SUV cupê seguiu as mesmas alterações e a versão Turbo GT, específica do Coupé, também recebeu melhorias mecânicas. A reestilização do SUV estreia simultaneamente na Europa, América do Norte e na China com as atualizações de meia-vida do modelo que foi apresentado em 2019, dois anos depois do Cayenne de terceira geração.

Visualmente falando, a Porsche promoveu mudanças visuais ao SUV, que parecem pontuais, mas a própria marca já falou que foram as mais extensas em uma reestilização. Agora, ele ganha um novo desenho dos faróis dianteiros, que passa a contar com quatro pontos de iluminação interna em LED, com faróis em LED Matrix HD de alta definição fornecem iluminação da estrada adaptada a cada situação de condução. Com dois módulos de alta definição e mais de 32.000 pixels por farol, sua tecnologia inovadora identifica outros usuários e bloqueia a luz do farol alto para eles com precisão de pixel para não ofuscá-los.

O brilho dos módulos pode ser regulado em mais de 1.000 passos, dependendo da situação de condução. O SUV ainda possui um novo para-choque dianteiro. Este, se destaca por contar com linhas mais retilíneas, como a entrada de ar retangular central e duas entradas de ar nas extremidades. Elas se conectam entre si por meio de um acabamento em plástico preto e há duas barras horizontais que estão presentes nas três entradas de ar, além da entrada central ter barras verticais também. Ainda no para-choque dianteiro, fica claro que ele possui uma nova entrada de ar inferior, com estilo trapezoidal e com desenho mais fino.

Nas extremidades, há mais entradas de ar que dão continuidade à entrada inferior e central, assim como ocorre em posição intermediária. O Cayenne Coupé ainda recebe um novo capô, que traz vincos centrais que invadem um pouco o para-choque, enquanto o logotipo da marca aparece no capô. De perfil, as novidades ficam por conta de novas rodas de liga leve que variam de 20 a 22 polegadas, dependendo da versão. As laterais quase não ganharam novidades, enquanto de perfil se observa que as atualizações promovidas na dianteira deixaram ele mais aerodinâmico.



De traseira, a Porsche adiciona lanternas que se parecem muito com os demais lançamentos da marca alemã. Elas estão mais afiladas e continuam a se conectar entre si. Nas extremidades das lanternas, ele tem uma barra dupla de LED nas lanternas, enquanto uma barra conecta com a outra lanterna, que é iluminada. Ele ainda traz o nome da Porsche escrito por extenso em uma barra em preto brilhante, que coloca o Cayenne Coupé perto de modelos como Taycan e 911, que já estão dentro dessa filosofia de design. A tampa do porta-malas também é nova e recebe vincos horizontais abaixo das lanternas e um outro vinco horizontal em posição intermediária, mais profundo.

O espaço para a placa traseira desceu para o para-choque traseiro, que também é novo. A placa fica posicionada em uma área logo abaixo da tampa do porta-malas, com um acabamento em plástico preto presente em toda parte inferior do para-choque traseiro. Nas extremidades, o SUV possui novos refletores horizontais e tem duas saídas de escape, além de um pequeno difusor de ar na parte central. Na versão Turbo GT, o novo Cayenne Coupé recebe um novo para-choque dianteiro com entrada de ar diferentes. No caso da grade dianteira, o SUV possui um desenho retangular com barras horizontais e verticais.

Nas extremidades, as entradas de ar ainda ganham um novo desenho e há duas faixas com luzes diurnas (DRL) em LED, com um acabamento que parece ser fibra de carbono. O para-choque dianteiro ainda ganha um splitter na parte inferior, enquanto toda a parte inferior da carroceria possui um acabamento em plástico preto. Teto e a capa dos retrovisores também tem um acabamento em fibra de carbono. O aerofólio traseiro é adaptável e o novo pacote aerodinâmico gera até 40kg de downforce na velocidade final. Há ainda novas rodas de 22 polegadas com acabamento dourado, chamadas pela Porsche de GT Design em Neodímio, e com pneus Pirelli P Zero Corsa, criados especialmente para essa versão do Cayenne.



No interior, as versões mais civis do Cayenne Coupé ganham pela primeira vez o Porsche Driver Experience representa um display totalmente digital, individualização versátil e operação intuitiva. Ele ainda virá com um quadro de instrumentos de tela curva de 12,6 polegadas, com tela personalizável e terá até sete tipos de visualizações. O quadro ainda terá conta-giros, navegação GPS, Night Vision Assist ou o sistema de assistência à condução 3D podem ser selecionados para estar em primeiro plano. O SUV ainda permitirá que o modo clássico possa ser visualizado.

O novo Porsche Driver Experience é o equilíbrio certo entre elementos digitais e analógicos. A central passa a ter uma tela de 12,3 polegadas, onde está o Porsche Communication Management (PCM). A central ganha uma tela com aplicativos nativos do Spotify e Apple Music são fornecidos para otimizar a conectividade no novo Cayenne Coupé. Outra tela, da frente do passageiro, tem 10,9 polegadas e permite que ele possa oferecer a navegação ou selecionando um serviço de mídia. A tela especial garante que a tela não possa ser vista do assento do motorista.

Isso significa que os vídeos podem ser transmitidos na tela do passageiro sem distrair o motorista. Outra mudança será vista no console central, que muda de desenho e ficam com os novos controles do sistema de ar-condicionado, sendo que as extremidades trazem pequenas alças. O Cayenne Coupé 2024 ainda poderá integração estendida de serviços online oferece novas formas de interação, como usar o assistente de voz Siri para operar as funções do veículo. Também são novidades duas portas USB-C no porta-objetos frontal e outras duas portas USB-C na área traseira do console central.



Todas as portas USB fornecem uma função de carregamento rápido. Os frontais também conectam o smartphone ao Porsche Communication Management (PCM). Para emparelhar um smartphone com o veículo, basta escanear o código QR exibido no PCM nele. Várias funções de conectividade estão disponíveis, incluindo Apple CarPlay e Android Auto, bem como aplicativos integrados, como Spotify e Apple Music. O console ainda recebe um acabamento em preto brilhante e uma superfície em vidro. A Porsche confirma que os novos controles do sistema de ar-condicionado agora reconhecem toques touchscreen como também podem ser físicos.

Falando em ar-condicionado, a Porsche adiciona o novo sistema de qualidade do ar no novo Cayenne Coupé. Opcionalmente, um sensor detecta o nível de partículas finas de poeira no ar e passa-as através do filtro de poeira fina várias vezes, se necessário. E você pergunta, para onde foi o câmbio automático? Para o painel, ficando entre o quadro de instrumentos e a central multimídia, com um botão para a posição ‘P’ e um pequeno seletor que sobe e desce com as marchas. O novo Cayenne Coupé ainda ganha um novo volante de três raios, que ficam mais finos na parte onde estão os controles multifuncionais – que são vários.

Todos os controles importantes para a experiência de dirigir também estão agrupados diretamente ao redor do novo volante. O botão de partida e de desligar o SUV agora fica no lado direito do volante, como em alguns carros esportivos da marca. O volante também é novo e passa a ser o mesmo do 911, tendo ganhos em qualidade, é mais moderno e esportivo. O interruptor do modo de direção para selecionar os modos Normal, Off-Road, Sport e Sport Plus diretamente no volante agora é padrão. O novo botão de alternância para selecionar funções e designs no painel de instrumentos também está localizado diretamente no volante, assim como os controles para o Head-Up Display opcional.



A marca ainda confirma que o novo painel passa a ser mais horizontal, que aumenta a sensação de estar mais largo. Ele ainda traz saídas de ar-condicionado verticais nas extremidades e saídas horizontais ao centro, quase conectadas com o console central. Por fim, a marca confirmou que o carro recebeu carregamento por indução no console central, que permite recarga da bateria em até 15W. No Turbo GT, o interior ainda se diferencia pelo acabamento em couro Alcântara, há detalhes em preto fosco e central multimídia com algumas novidades, além de novidades do chamado pacote GT Design.

Em termos de motor, o Cayenne Coupé recebeu novidades também. A versão de entrada passa a ser vendida com o motor 3.0 V6 Turbo que desenvolve 353cv e 50,9kgfm, tendo 13cv e 5,1kgfm a mais. A novidade fica pelo Cayenne Coupé S, que passa a ser vendido com motor 4.0 V8 Biturbo capaz de desenvolver 474cv e 61,2kgfm, permitindo que ele acelere de 0 a 100km/h em 4,6 segundos e máxima de 270km/h. Esse motor representa um ganho de 34cv e 5,1kgfm frente ao antecessor. Por fim, o E-Hybrid foi apresentado com o motor 3.0 V6 Turbo que desenvolve 340cv e 45,8kgfm de torque, acoplado a um elétrico que entrega 176cv (40cv a mais) de potência e 40,8kgfm.

Já no caso da versão Turbo GT, o Cayenne Coupé entregava um motor 4.0 V8 biturbo que desenvolve 640cv de potência com torque de 86,5kgfm, acoplado a um câmbio automático de 8 marchas e adota um sistema de tração integral. Com a atualização, o modelo passa a ser vendido com atualizações também no motor. Agora, o novo Cayenne Coupé Turbo GT tem 659cv e manteve o mesmo torque. Com isso, seu desempenho no 0 a 100km/h permanece em 3,3 segundos, com velocidade máxima de 305km/h.





Fotos: Porsche / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Após anos de espera, Renault enfim lança o Kangoo argentino no Brasil por R$ 120.800

RAM confirma o lançamento de duas novidades para o Brasil ainda neste ano de 2024

JLR confirma que linha Discovery deverá ganhar mais atenção e tem potencial para crescer

BYD registra imagens de patente do Qin L, um novo sedã médio-grande com motor PHEV

Toyota confirma câmbio manual para elétricos em 2026, que aparece em esportivo

Surgem novos detalhes do reestilizado Peugeot 2008 em primeiras imagens oficiais e teaser

BMW consegue atender padrões de condução autônoma em seus carros na Alemanha

Kia desenvolve um esportivo elétrico para meados de 2025 como substituto do Stinger

BYD lança teaser do Song Pro no Brasil e abre regime de pré-venda com bônus de R$ 6 mil

MG revela novo teaser da nova geração do HS, que estreia na Europa no dia 11 de julho