Sem Arkana, Renault Austral poderia ser uma escolha de importação para o Brasil?

Sem o SUV cupê híbrido em nosso mercado, Renault poderia trazer o novo Austral, apresentado recentemente na Europa com motor de 200cv



Apresentado no ano passado na Europa, o Renault Austral foi um dos primeiros carros que marcaram a nova identidade visual da marca, que chegou também ao Escape recentemente. A identidade visual estreou com o novo Mégane E-Tech Electric e o Austral é o primeiro híbrido com essa identidade. O modelo se destacou por trazer uma filosofia de design, vindo com uma plataforma modular CMF-C/D. E, combinado com a estratégia de trazer produtos mais próximos que são oferecidos na Europa, o Austral poderia ser uma alternativa híbrida.

Por aqui, ele poderia ser uma aposta da marca para concorrer com SUVs médios híbridos como Haval H6 e BYD Song Plus. Na Europa, ele é vendido com motores 1.2 TCe junto de um motor elétrico que juntos entrega 160cv com tração dianteira ou 200cv com tração AWD, tendo um consumo de 21,7km/l, formando o conjunto E-Tech Hybrid. Em termos de design, o SUV possui faróis em LED que se conectam por meio da grade dianteira e que traz o novo logotipo da Renault ao centro. Nas extremidades dos faróis ele conta com DRL em LED com um desenho em ‘L’.

O para-choque dianteiro possui um friso que conecta-se ainda com a entrada de ar das extremidades do para-choque dianteiro, além de ter uma ampla entrada de ar central, na parte inferior do para-choque dianteiro. O capô possui linhas bem musculosas, trazendo linhas mais suaves ao centro. Nas laterais, destaque fica por conta da carroceria com duas opções de cores, que será oferecida nas versões mais caras. As rodas do Austral também variam de 17 a 20 polegadas, de acordo com cada versão. O desenho da carroceria traz linhas mais limpas, com um friso inferior que nasce na porta dianteira e outros vincos no para-lama dianteiro e outro que nasce na porta traseira e chega nas lanternas.



A linha de cintura é ascendente e em algumas versões ele traz um friso cromado na parte superior dos vidros, passa pela coluna C e que percorrem até a base dos vidros traseiros. Por fim, os arcos das caixas de rodas são marcantes e reforçam a sensação de ser até mais alto. As caixas de rodas e toda a parte inferior da carroceria possui um acabamento em preto brilhante nas versões mais caras. De traseira, o SUV se destaca por trazer lanternas com um desenho parecido com os faróis, com as lanternas quase que se conectando na parte superior, interrompido pelo logotipo. A parte inferior das lanternas possuem um prolongamento que faz as lanternas lembram um ‘C’.

A tampa do porta-malas traz o nome centralizado e o espaço para a placa traseira, enquanto tem um spoiler pintado na cor da carroceria e uma antena tipo barbatana. Por fim, o para-choque traseiro tem refletores nas extremidades e um difusor de ar que reforça a sensação off-road do SUV. No interior, o Renault Austral oferece quadro de instrumentos com tela de 12,3 polegadas e a central multimídia possui tela de 12 polegadas. Nas versões mais simples, a central será de 9 polegadas. Ele ainda possui um Head-Up Display (HUD) com 9,3 polegadas. Em ambos os casos, as telas possuem uma série de componentes e serviços digitais, além de ter acesso a alguns comandos do carro via smartphone.

A central adiciona o novo sistema de entretenimento chamado de OpenR Link, com Google integrado e que possui conectividade com Android Auto e Apple CarPlay, além de ter atualizações remotas. O SUV ainda possui 4,511 metros de comprimento, 2,667 metros entre os eixos, 1,824 metro de largura e 1,643 metro de altura. O porta-malas varia de 500 litros a 575 litros por conta do banco deslizante e pode chegar a 1.525 litros de capacidade com a segunda fileira de bancos rebatidos. Com motor híbrido, o porta-malas tem entre 430 a 555 litros. Ainda é cedo para afirmar que o Austral virá ao Brasil. Mas, claramente seria mais um sinal da marca de igualar seu lineup com a Europa. A conferir.



Fotos: Renault / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Após anos de espera, Renault enfim lança o Kangoo argentino no Brasil por R$ 120.800

RAM confirma o lançamento de duas novidades para o Brasil ainda neste ano de 2024

BYD registra imagens de patente do Qin L, um novo sedã médio-grande com motor PHEV

JLR confirma que linha Discovery deverá ganhar mais atenção e tem potencial para crescer

Toyota confirma câmbio manual para elétricos em 2026, que aparece em esportivo

Surgem novos detalhes do reestilizado Peugeot 2008 em primeiras imagens oficiais e teaser

BMW consegue atender padrões de condução autônoma em seus carros na Alemanha

Kia desenvolve um esportivo elétrico para meados de 2025 como substituto do Stinger

BYD lança teaser do Song Pro no Brasil e abre regime de pré-venda com bônus de R$ 6 mil

MG revela novo teaser da nova geração do HS, que estreia na Europa no dia 11 de julho