Mercedes-Benz Classe E L de nova geração aparece em imagens de patente na China

Mercedes-Benz registra imagens de patente da nova geração do Classe E L na China, que foi registrado no Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação



A Mercedes-Benz registrou oficialmente as primeiras imagens de patente da nova geração do Classe E L, a versão alongada do sedã que é exclusiva do mercado chinês. O sedã teve imagens registradas no Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China, também conhecido como MIIT. Como sempre acontece com as carroceria L dos sedãs da Mercedes-Benz, ele se destaca principalmente por trazer uma lateral diferente. Isso fica claro pela relação entre os eixos maiores, assim como o novo desenho dos vidros laterais.

Nas imagens de patente, o sedã passa a contar com um acabamento cromado no contorno dos vidros, enquanto os mesmos ganham uma inédita janela vigia, algo que não acontece nas versões comuns do sedã. Internamente, quem vai ganhar são os ocupantes da segunda fileira de bancos, que vão ganhar um espaço para as pernas que é muito maior que do modelo convencional. Imagens do interior não foram registradas no MIIT, mas as dimensões dão conta de quanto que o Classe E L vai ganhar em espaço. Ele possui 5,092 metros de comprimento e 3,094 metros entre os eixos.

Em comparação com as versões civis, o Classe E L possui 4,949 metros de comprimento e 2,961 metros entre os eixos, respectivamente. Isso significa que o Classe E L é 14,3 centímetros maior no comprimento e 13,3 centímetros extras na relação dos eixos. Mecanicamente, o MIIT confirma que o sedã foi registrado nas versões 260 L e 300 L, o que indica que o sedã será equipado com motor 2.0 Turbo a gasolina de 204cv e 32,6kgfm, acoplado a um câmbio automático de 9 marchas chamados de 9G-TRONIC, na versão 260 L. Com tração traseira, ele acelera de 0 a 100km/h em 7,5 segundos e máxima de 240km/h.

O sistema MHEV de 48V entrega 23cv e 20,9kgfm. Com Overboost, esse sistema por alguns segundos consegue entregar 36cv. O 300 L deve vir com o motor 2.0 Turbo a gasolina de 258cv e 40,8kgfm, com a mesma transmissão. O registro confirma ainda que o 260 L possui uma velocidade máxima de 233km/h e 245km/h na versão mais cara. Ele será produzido na fábrica joint-venture da Beijing-Benz, entre a BAIC e a Mercedes-Benz. 





Patente: Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China – MIIT / reprodução

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv