Citroën confirma em teaser que a nova C3 AirCross será vendida no Brasil com motor T200

Citroën confirma que a C3 AirCross será vendida no Brasil apenas com o motor T200, formado pelo motor 1.0 12v Turbo Flex, com motor de 130cv e 20,4kgfm



A Citroën confirmou oficialmente o retorno da C3 AirCross ao mercado brasileiro, que será em sua terceira geração. A minivan compacta mira na ampla liderança da Chevrolet Spin, que hoje lidera de braçada no segmento de minivans compactas que hoje possui apenas... a própria Spin. A Citroën confirmou que a minivan será vendida em nosso mercado apenas com o motor T200 Flex, com motor 1.0 12v T200 Firefly Turbo Flex desenvolve 130/125cv de potência (etanol/gasolina), com torque de 20,4kgfm.

Ele ainda é aliado a um câmbio automático CVT que simula 7 marchas. Aqui, a minivan será vendida em seis versões, sendo a Live 5L, Live Pack 5L, Live Pack 7L, Feel 7L, Feel Pack 7L e Shine 7L, com preços que devem ficar na casa dos R$ 110.000 a R$ 140.000. Em termos de design, a nova geração da minivan se destaca pelos seus faróis divididos em dois andares, sendo a parte superior com luzes diurnas (DRL) em LED e com repetidores de setas nessa área. Há ainda faróis inferiores com os faróis principais, sem projetores, com uma iluminação convencional.

Os faróis ainda se conectam com a grade dianteira, sendo uma parte superior com o logotipo da Citroën e com duas barras que se conectam ao logotipo, enquanto a parte inferior possui uma entrada de ar com cinco entradas de ar. Esses elementos são unidos por um acabamento em preto brilhante. O para-choque dianteiro ainda possui uma entrada de ar inferior novamente com cinco entradas de ar, que parecem se conecta com a entrada de ar superior, cortada por uma área na cor da carroceria. Essa entrada de ar inferior ainda possui um acabamento prateado em ‘U’, que ainda sustenta os faróis de neblina circulares.

A minivan ainda vai se destacar por trazer um capô que possui vincos mais nas extremidades, onde as linhas são mais destacadas – e há uma parte mais afundada. Toda a parte inferior da carroceria ainda possui um acabamento em plástico preto. De perfil, a minivan possui ares mais de utilitário esportivo, mas não nega o lado mais familiar. Encorpada, a C3 AirCross possui um desenho dos vidros que lembra muito o C3, com vidros dianteiros com linhas que se conectam diretamente com o para-brisa, com um contorno com um acabamento em plástico preto. Há ainda uma pequena janela vigia lateral, que se conecta com o vidro traseiro.



A maior relação entre os eixos fez a minivan ganhar uma porta traseira maior. Em termos de design, a carroceria possui vincos mais quadrados nas caixas de rodas, que contrastam com o próprio acabamento das caixas de rodas que são circulares, mas que alargam os para-lamas. Há ainda um vinco que nasce nos faróis superiores e morre ainda no para-lama, enquanto um vinco nasce no final da porta traseira e chega até as lanternas. A parte inferior das portas tem um novo vinco, com estilo trapezoidal. Falando nas portas, ela tem maçanetas iguais às do C3, ou seja, vem com maçanetas embutidas e os retrovisores tem base na coluna das portas, com repetidores de seta.

A C3 ainda pode ter uma carroceria bitom, como mostra o modelo das imagens com carroceria branco e teto preto ou a unidade bordô com teto branco. A minivan terá rodas de 16 até 17 polegadas, essa última com rodas de quatro raios com um acabamento prateado e preto brilhante. No teto, ela traz rack de teto e uma antena convencional, próxima do para-brisa. De traseira, a nova C3 AirCross possui um vidro traseiro que se conecta com as janelas vigias laterais e tem um aerofólio traseiro acima. As lanternas tem um desenho em ‘C’, com uma iluminação igualmente nesse formato, com um acabamento em preto brilhante.

Entre as lanternas, ainda existe uma barra em preto brilhante que, ao centro e logo abaixo, tem o logotipo da Citroën. A tampa do porta-malas possui vincos que parecem dar continuidade às linhas das lanternas, enquanto a tampa do porta-malas possui um novo vinco horizontal que morre nas extremidades laterais do para-choque traseiro, onde se torna vertical. A parte inferior da tampa tem um novo vinco horizontal, que também invade o para-choque, mas tem um desenho que lembra um longo ‘U’. Por fim, o para-choque traseiro da minivan tem um acabamento em preto brilhante na parte inferior, onde fica o espaço para a placa. Mais abaixo, ela tem um acabamento prateado que traz refletores retangulares.



Fotos: Citroën / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290