Citroën lança o novo C3 AirCross no Brasil por R$ 109.990 e aparece com motor 1.0 T200

Citroën lança o C3 AirCross no Brasil, segundo produto da linha C-Cubed da marca e que estreia apenas com o motor T200 que desenvolve 130cv; parte de R$ 109.990



A Citroën apresentou ao consumidor brasileiro o retorno da C3 AirCross, que continua com ares de minivan, mas também tem uma pegada de utilitário esportivo. A francesa fala que o modelo é um SUV, no entanto, essa é uma tática que até mesmo a Chevrolet faz com a Spin ao chamá-la de crossover. Uma das novidades dessa nova geração é que temos um C3 AirCross com espaço para até sete ocupantes, sendo criada sobre a nova plataforma modular CMP e com motor 1.0 Turbo 200 Flex, que estreia na Citroën.

Em termos de design, podemos ver muito do novo C3 no design da minivan compacta. Na dianteira, ela possui faróis divididos em dois andares, sendo a parte superior com luzes diurnas (DRL) em LED e com repetidores de setas também nessa área. Há ainda faróis inferiores com os faróis principais, sem projetores, com uma iluminação convencional. Os faróis ainda se conectam com a grade dianteira, sendo uma parte superior com o logotipo da Citroën e com duas barras que se conectam ao logotipo, enquanto a parte inferior se conecta com uma entrada de ar dividida em cinco seções. Esses elementos são unidos por um acabamento em preto brilhante.

O para-choque dianteiro ainda tem uma entrada de ar inferior novamente com cinco seções de ar que formam pequenos quadrados, que parecem se conectar com a entrada de ar superior, cortada por uma área na cor da carroceria. Essa entrada de ar inferior ainda possui um acabamento inferior e prateado em ‘U’, que sustenta os faróis de neblina circulares nas extremidades. A minivan vai se destacar por trazer um capô que possui vincos mais nas extremidades, onde as linhas são mais destacadas – e há uma parte mais funda, criando um ressalto na área central. Toda a parte inferior da carroceria ainda possui um acabamento em plástico preto.

De perfil, a C3 possui ares mais de utilitário esportivo, mas não nega o lado mais familiar com uma relação entre os eixos longa e uma traseira mais reta. Encorpada, a C3 AirCross possui um desenho dos vidros que lembra muito o C3, com vidros dianteiros com linhas que se conectam diretamente com o para-brisa, com um contorno em um acabamento em plástico preto. Existe uma pequena janela vigia lateral, que se conecta com o vidro traseiro. A maior relação entre os eixos fez a minivan ganhasse um par de portas traseiras maiores. Em termos de design, a carroceria possui vincos mais quadrados nos para-lamas, apesar do contraste com as caixas de rodas redondas e ao estilo do C3. Apesar disso, os para-lamas ficam mais largos, garantindo que tenham um aspecto mais robusto.



Em termos de vincos, existe um vinco que nasce nos faróis superiores e morre ainda no para-lama, enquanto um vinco nasce no final da porta traseira e chega até as lanternas. A parte inferior das portas tem um novo vinco, com estilo trapezoidal. Falando nas portas, ela tem maçanetas iguais às do C3, ou seja, vem com maçanetas embutidas e os retrovisores tem base na coluna das portas, com repetidores de seta integrados. A C3 ainda pode ter uma carroceria bitom, com o teto podendo ser branco ou preto. A minivan terá rodas de 16 polegadas (com pneus 205/65 R16) até 17 polegadas (com pneus 215/60 R17), nas versões mais caras.

Os pneus da unidade das imagens trazem rodas de quatro raios com um acabamento prateado e preto brilhante. No teto, ela traz rack de teto e uma antena convencional, próxima do para-brisa. De traseira, a nova C3 AirCross possui um vidro traseiro que se conecta com as janelas vigias laterais e tem um aerofólio traseiro acima. O vidro traseiro esconde o brake-light e as lanternas tem um desenho em ‘C’, com uma iluminação igualmente nesse formato, com um acabamento em preto brilhante. Entre as lanternas, ainda existe uma barra em preto brilhante que, ao centro e logo abaixo, tem o logotipo da Citroën.

A tampa do porta-malas possui vincos que parecem dar continuidade às linhas das lanternas, enquanto a tampa do porta-malas possui um novo vinco horizontal que morre nas extremidades laterais do para-choque traseiro, onde se torna vertical. A parte inferior da tampa tem um novo vinco horizontal, que também invade o para-choque, mas tem um desenho que lembra um longo ‘U’. Por fim, o para-choque traseiro da minivan tem um acabamento em preto brilhante na parte inferior, onde fica o espaço para a placa. Mais abaixo, ela tem um acabamento prateado que traz refletores retangulares.



Internamente, a C3 AirCross é muito parecida com o C3. O painel tem muito acabamento plástico com uma faixa que percorre todo o painel e que, nas extremidades, tem as saídas de ar grandes e verticais. A única diferença ficará por conta de um quadro de instrumentos digital, que terá uma tela TFT de 7 polegadas, configurável, que é mais moderna que o quadro de instrumentos do C3, com uma pequena tela digital. O volante possui três raios, com comandos multifuncionais. A central multimídia é ampla e bem horizontal, chamada de Citroën Connect Touchscreen, com tela de 10,2 polegadas e conectividade sem fio com Android Auto e Apple CarPlay.

Abaixo da tela, estão as duas saídas de ar-condicionado centrais com um estilo duplo quadrado, com um acabamento prateado, tal qual acontece com as saídas das extremidades, com a diferença que são verticais. Ao lado da tela possui um pequeno habitáculo com um porta-objetos. Há ainda os comandos os ar-condicionado logo abaixo das saídas centrais de ar. O interior ainda possui cinco conectores USB de recarga rápida, sendo dois voltados para o banco traseiro e um no console central, próximo do conector 12V. O banco traseiro com cinto de três pontos retrátil e encosto de cabeça em todas as posições inclui fixação para cadeirinhas no padrão Isofix/Latch.

O interior ainda vai trazer espaço o suficiente para trazer espaço para até sete ocupantes, mas algumas versões devem ter espaço para cinco ocupantes. Isso porque a terceira fileira de bancos é removível e podem ser reciclados, aumentando o porta-malas. Cada banco da terceira fileira tem 8kg cada, com bancos de processo de remoção sendo simples e intuitivo. A segunda fileira de bancos tem um trilho corrediço, com uma segunda fileira de bancos que tem uma divisão 60/40, que permite uma facilidade de acesso para a terceira fileira. A marca francesa apresentou o C3 AirCross primeiro com versões de cinco lugares, mas a versão de sete lugares chega já em março.



As versões com cinco lugares oferecem um ótimo espaço interno para os ocupantes da segunda fileira e a Citroën comenta que existem 15 porta-objetos. Os ocupantes da segunda e terceira fileira ainda vão encontrar novas entradas USB para o sexto e sétimo ocupante e ao exclusivo sistema de climatização do teto. Usando um blower com funcionamento independente, ele envia um fluxo de ar intenso para os passageiros das fileiras posteriores, eliminando o desconforto térmico para quem se senta atrás. A Citroën também aposta na modularidade da nova geração.

Com uma disposição de bancos em 2+3 ou 2+3+2, a terceira fileira de bancos tem bancos individuais que pesam 8kg cada e que podem ser removidos independentemente. Com isso, a Citroën explica que ele pode ter espaço para seis ocupantes. Desenvolvida a partir da plataforma modular CMP, a minivan terá 4,320 metros de comprimento, 2,675 metros entre os eixos, 1,796 metro de largura e uma altura de 1,651 metro. Há ainda uma altura em relação ao solo de 20,0 centímetros e um porta-malas de 493 litros de capacidade, que pode ser ampliado para 1.000 litros com a segunda fileira de bancos rebatida.

Aqui, ela estreia com o motor 1.0 12v T200 Firefly Turbo Flex desenvolve 130/125cv de potência (etanol/gasolina), com torque de 20,4kgfm com ambos os combustíveis, aliado a um câmbio automático CVT que simula 7 marchas. O câmbio possui três modos de condução, que gerencia entre modo Automático, que se ajuste conforme o modo de condução do motorista, e alia performance sem comprometer a eficiência e conforto; o modo Manual é voltado para quem gosta de estar sempre no controle e permite as trocas sequenciais por meio da alavanca de câmbio ou nas borboletas atrás do volante e; o Sport, que é acionado ao toque de um botão, alterando o mapa de trocas para entregar ainda mais performance.



E quem busca um passo além em esportividade pode optar pelo modo sequencial, onde o condutor poderá fazer trocas de marcha por meio da alavanca de câmbio. O conforto acústico é garantido pelo isolamento reforçado e fixação do trem de força otimizada para conter a passagem de vibrações para a carroceria. Em termos de desempenho, a Citroën confirma que ela acelera de 0 a 100km/h em 9,7 segundos e chega a velocidade máxima de 191km/h. Ela também possui um tanque de combustível de 47 litros e um peso que varia de 1.201kg a 1.216kg, dependendo da versão. Há as medidas como ângulos de entrada de 23,8º, de saída de 32º e um excelente vão livre em relação ao solo de 23,3 centímetros. 

De acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) do InMetro, o Citroën C3 AirCross tem um consumo de 7,4km/l na cidade e 8,6km/l na estrada com etanol e 10,6km/l na cidade e 12,0km/l na estrada com gasolina. Em sua construção, a Citroën usa uma estrutura composta com 65% de aços de alta e ultra alta resistência. Em termos mecânicos, temos uma C3 AirCross com suspensão dianteira McPherson com barra estabilizadora e uma suspensão traseira com eixo de torção, ambos com molas helicoidais. O sistema de freios são a disco ventilado na dianteira e freios a tambor na traseira. Produzido em Porto Real (RJ), o novo C3 AirCross desembarca com uma taxa de componentes regionais de 75%, de fornecedores principalmente do Brasil e da Argentina.

“O Novo SUV Citroën Aircross é uma resposta às necessidades de nossos clientes, com a inovadora opção de sete lugares, um diferencial único para o concorrido segmento de B-SUVs no Brasil. Seu lançamento é uma peça fundamental para o nosso crescimento na região, e é a síntese de todos os benefícios propiciados pela sinergia Stellantis às suas marcas.”, afirma Emanuele Cappellano, Presidente da Stellantis para a América do Sul. “O reforço de nossa presença no segmento de B-SUVs é essencial para a estratégia de crescimento da Citroën na região. Como segundo modelo do projeto C-Cubed, o Novo Aircross é mais uma etapa para atendermos nosso objetivo de alcançar 4% de participação de mercado até 2024”, fala Vanessa Castanho, Vice-Presidente da Citroën para a América do Sul.



“A exigência de nossos clientes está cada vez maior, e é essencial que nossos produtos acompanhem as demandas de um mercado altamente competitivo. Por isso a inovação do Novo Aircross para até sete passageiros com bancos removíveis é tão importante. Nunca antes na história uma empresa produziu localmente um B-SUV com essa proposta”, continua Vanessa Castanho. Aqui, o C3 AirCross foi um projeto cujo time de desenvolvimento foi de 400 pessoas na América do Sul, além de ter passado por milhares de testes que contaram com horas em simulações, testes e provas físicas, além de rodagens por toda a região que, somadas, superam um milhão de quilômetros.

Em termos de pós-venda, o C3 AirCross será vendido em 170 concessionárias no país, com as três primeiras revisões grátis, valores reduzidos para a cesta de peças, seguro e ampla gama de acessórios. As manutenções também não terão sustos, graças à cesta de peças até 12% mais acessível que a média da concorrência. Aqui, o misto de minivan com utilitário esportivo desembarca em três versões, todas com cinco lugares: Feel, Feel Pack e Shine. As cores disponíveis serão Preto Perla Nera, Cinza Artense, Cinza Grafito, Branco Banquise e o marcante Vermelho Rubi.

Como em todo Citroën, esses tons podem ser combinados em diferentes opções de teto bitom, que pode ser Preto Perla Nera ou Branco Banquise. A Citroën comenta que ela será vendida com um total de 40 acessórios originais desenvolvidos pela Mopar. Na hora da revenda, a Citroën garante que a recompra é garantida por meio do programa Novo de Novo, que oferece a quitação pagando até 85% da Tabela Fipe.



C3 AirCross Feel T200

De série, será vendido com central multimídia Citroën Connect Touchscreen de 10 polegadas com conectividade com Android Auto e Apple Carplay sem fio com comandos no volante, três entradas USB, incluindo duas para a segunda fileira, monitoramento de pressão dos pneus, controle de estabilidade e tração com assistente de partida em rampa, luzes de condução diurna (DRL) em LED, seis alto-falantes, ar-condicionado, banco do motorista com regulagem de altura, vidros dianteiros e traseiros elétricos com função One Touch, rodas de 16” com pneus 205/65 R16, travas elétricas com acionamento por telecomando da chave, alarme, bocal do combustível com destravamento elétrico, barras longitudinais no teto e outros. Opcionalmente, pode ser vendida com Pack Protection (Protetor de cárter e protetor de soleira) e o Pack Design (Embelezador da grade dianteira e protetor lateral de portas).

 

C3 AirCross 7 Feel T200

A versão de sete lugares, que será lançada em breve, terá todos os itens da versão Feel e agrega dois assentos na terceira fileira rebatíveis e removíveis, sistema de ventilação no teto e o logotipo ‘7’ no porta-malas, após o nome C3 AirCross. Opcionalmente, essa versão também pode ser vendida com o pacote Pack Protection (Protetor de cárter e protetor de soleira) e o Pack Design (Embelezador da grade dianteira e protetor lateral de portas).



C3 Aircross Feel Pack T200

De série, essa versão adiciona sensor de estacionamento traseiro, rodas de liga-leve de 16 polegadas com pneus 205/65 R16, airbags laterais, apoio de braço no banco do motorista e retrovisores elétricos. Opcionalmente, o consumidor pode adicionar o Pack Protection (Protetor de cárter e protetor de soleira), o Pack Comfort (Faróis de neblina e câmera de ré) e o Pack Design (Embelezador da grade dianteira e protetor lateral de portas).

 

C3 AirCross 7 Feel Pack T200

São os mesmos equipamentos do Feel, adicionando dois assentos na terceira fileira rebatíveis e removíveis, sistema de ventilação no teto, exclusivo logotipo 7 no porta-malas, sensor de estacionamento traseiro, rodas de liga-leve de 16 polegadas, airbags laterais, apoio de braço no banco do motorista e retrovisores elétricos. Entre os opcionais, existem os pacotes Pack Protection (Protetor de cárter e protetor de soleira), o Pack Comfort (Faróis de neblina e câmera de ré) e o Pack Design (embelezador da grade dianteira e protetor lateral de portas).



C3 AirCross Shine T200

A versão topo de linha com o espaço de cinco ocupantes vem com os mesmos equipamentos das versões anteriores, adicionando teto bitom Preto Perla Nera, rodas de liga-leve de 17 polegadas e calçadas com pneus 215/60 R17, faróis de neblina, câmera de ré, bancos e volante com forração premium, controlador de velocidade com limitador integrado, skid plate frontal e traseiro, grade do radiador na cor preto brilhante e acabamento exclusivo traseiro na cor preto brilhante. Como opcional, essa versão pode ter o teto bitom em Branco Banquise, Pack Protection (Protetor de cárter e protetor de soleira) e o Pack Design (Embelezador da grade dianteira e protetor lateral de portas).

 

C3 AirCross 7 Shine T200

Por fim, a versão topo de linha e com sete lugares possui teto bitom em Preto Perla Nera, dois assentos na terceira fileira rebatíveis e removíveis, sistema de ventilação no teto, duas portas USB de recarga rápida para a terceira fileira, exclusivo logotipo 7 no porta-malas, rodas de liga-leve de 17 polegadas calçadas com pneus 215/60 R17, faróis de neblina, câmera de ré, bancos e volante com forração premium, controlador de velocidade com limitador integrado, skid plate frontal e traseiro, grade do radiador na cor preto brilhante e acabamento exclusivo traseiro na cor preto brilhante. Na gama de opcionais, o consumidor pode adicionar o teto bitom em Branco Banquise, Pack Protection (Protetor de cárter e protetor de soleira) e o Pack Design (Embelezador da grade dianteira e protetor lateral de portas).



Preços

  • Citroën C3 AirCross Feel 1.0 12v Turbo 200 CVT – R$ 109.990
  • Citroën C3 AirCross 7 Feel 1.0 12v Turbo 200 CVT – (indefinido)
  • Citroën C3 AirCross Feel Pack 1.0 12v Turbo 200 CVT – R$ 119.990
  • Citroën C3 AirCross 7 Feel Pack 1.0 12v Turbo 200 CVT – (indefinido)
  • Citroën C3 AirCross Shine 1.0 12v Turbo 200 CVT – R$ 129.990
  • Citroën C3 AirCross 7 Shine 1.0 12v Turbo 200 CVT – (indefinido)







Fotos: Citroën / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Volkswagen lança promoção no Brasil para Polo, Virtus, Nivus, T-Cross, Taos, Tiguan e Amarok