Volkswagen estuda trazer o Golf R ao Brasil para ser rival de Civic Type-R e GR Corolla

Volkswagen estuda a vinda do Golf R ao Brasil para concorrer com Honda Civic Type-R e Toyota GR Corolla; hatch médio esportiva usa motor 2.0 TSI de 320cv



Parece que a Volkswagen pode ter se equivocado com o fim de linha do Golf, que saiu do nosso mercado com o fim do ciclo de vida útil da sétima geração, que fez sucesso em nosso país. O hatch, que não ganhou a oitava geração apresentada na Europa em 2020, pode acabar retornando depois de um hiato de alguns anos. De acordo com algumas informações, o Golf R poderia ser a única versão em oferta no país, algo como a Volkswagen faz também na América do Norte.

Por lá, a marca alemã oferece apenas as versões esportivas GTI e R, por conta da baixa demanda de hatchs médios. O mesmo aconteceu aqui, tanto que a marca decidiu não manter o Golf em linha, apesar de todo sucesso que o nome tem em nosso mercado. De acordo com Ciro Possobom, CEO da Volkswagen no Brasil, confirmou em entrevista ao Motor1 Brasil que as versões GTI e R estariam em estudos para serem vendidas aqui. "O GTI é um clássico, tanto o GTI quanto o R, são carros que poderiam funcionar muito bem por aqui. A questão é que tem que ter volume para justificar.”, destacou o executivo.

“O que posso dizer é que estamos estudando forte trazer alguns carros importados, até mesmo no próximo ano", adicionou Possobom e criando expectativas em fãs do hatch. Para concorrer com modelos como Honda Civic Type-R e Toyota GR Corolla, o Golf R seria o mais indicado. Essa versão atualmente conta com o motor 2.0 TSI a gasolina que desenvolve 320cv de potência com torque de 42,8kgfm, acoplado a um câmbio automático de dupla embreagem DSG, de 7 marchas. Com esse conjunto, o Golf R acelera de 0 a 100km/h em 4,7 segundos e atinge a velocidade máxima de 250km/h, limitada eletronicamente.

Visualmente, o R se diferencia por contar com novo para-choque dianteiro com um difusor de ar inspirados em carros de corrida e grade exclusiva com o logotipo R e com acabamento em preto brilhante. Nas laterais, as novidades são as novas rodas de 19 polegadas. Na traseira, o carro conta com quatro saídas de escape, duas de cada lado. Há ainda um aerofólio exclusivo, com acabamento em preto brilhante, um extrator próprio no para-choque traseiro e o logotipo R bem centralizado na tampa do porta-malas. Por dentro, o Golf R possui volante, com o logotipo R, e com teclas touch e com um botão do Race Mode.

Também possui um acabamento com detalhes em azul no painel e no acabamento das portas e bancos. O quadro de instrumentos possui tela de 12,3 polegadas com layout próprio e uma central multimídia de 10,1 polegadas. O acabamento pode contar opcionalmente com couro Nappa. O grande problema disso tudo é que o Golf R poderia chegar muito caro para o que o consumidor estipula de um Golf. Nessa versão, poderia ter preços na mesma casa dos R$ 400.000 que os rivais, enquanto o GTI poderia ficar na casa dos R$ 300.000. Hoje, existem empresas que importam o Golf R, mas com preços na casa dos surreais R$ 580.000. 






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet terá Feirão de Fábrica neste final de semana em São Caetano do Sul e promoções

BMW lança novo Série 5 no Brasil, com versão híbrida 530e, que estreia por R$ 574.950

Porsche apresenta seu novo logotipo para comemorar os 75 anos de fundação da marca

Toyota investe mais R$ 160 milhões na fábrica de Sorocaba (SP) com novo Centro de Peças

Hongqi revela oficialmente a segunda geração do HS3 na China, com motor de até 252cv

BYD King é o batismo global do Destroyer 05 e chega para colocar Toyota Corolla na mira

BYD tem promoção 'DiaE' neste sábado, 22/06, com Dolphin por R$ 135.300, com bônus

GM confirma que carros compactos elétricos e lucrativos vão demorar um pouco mais

Toyota apresenta atualização para o catálogo de versões da Hilux, com fim da versão SRX