Após anos de espera, Renault enfim lança o Kangoo argentino no Brasil por R$ 120.800

Renault finalmente lança a nova geração do Kangoo a combustão no Brasil; produzida na Argentina, nova geração tem motor 1.6 16v SCe e custa R$ 120.800 



A Renault levou seis anos para trazer a nova geração do Kangoo no Brasil. E não falamos nem em relação ao mercado europeu, uma vez que o modelo é uma adaptação do Dacia Dokker, mas em comparação com o mercado argentino. Por lá, o Kangoo foi lançado foi em 2018, quando começou a ser produzido na fábrica de Santa Isabel, Córdoba. O comercial leve coloca a marca francesa novamente em uma concorrência contra a Fiat Fiorino, líder do segmento e quase sem concorrência – tem a ‘prima francesa’ da italiana, a Peugeot Partner Rapid.

Agora, a nova geração do Kangoo chega ao Brasil para ter uma concorrência, de fato. E bem mais moderna, diga-se de passagem. O Kangoo estreia em nosso mercado com um design que é basicamente quase o modelo da marca romena de baixo custo da Renault, a Dacia. Na dianteira, os faróis são angulares e compactos, com a parte superior com luzes diurnas. Os faróis se conectam diretamente com a grade dianteira tipicamente da Renault, com o logotipo da marca ao centro e três barras horizontais com elementos hexagonais, com a parte inferior com um friso cromado.

O para-choque dianteiro possui um acabamento em plástico preto com o espaço para a placa logo abaixo da grade, além de uma entrada de ar trapezoidal com barras horizontais e nas extremidades possui um acabamento vertical de onde ficaria os faróis de neblina – que não são oferecidos na versão que chega ao Brasil. Acima dele, há uma área que imita uma entrada de ar. Há vincos no entorno desse acabamento que conectam ambos os lados, passando por detrás da placa dianteira. O capô é relativamente curto, com um par de vincos centrais que partem do logotipo.

Há dois vincos que estão mais próximo das bordas do capô e se conectam com a coluna A da multivan. De perfil, se percebe que a nova geração do Kangoo possui um desenho bem mais moderno que a antiga geração, ainda (quase) igual à primeira geração do Kangoo europeu. Ele possui um vinco que nasce dos faróis e termina na porta dianteira e vinco mais na parte inferior das portas. Há vincos no arco das caixas de rodas que ajudam a alargar um pouco os para-lamas. Por fim, ele possui um vinco no entorno dos vidros laterais, que nasce a partir de um teto mais alto.



A parte inferior das portas possui um acabamento em preto brilhante, mesmo acabamento nas maçanetas. O modelo possui uma porta traseira deslizante sobre trilhos, com maçaneta vertical que dá acesso lateral ao comercial leve. Ele possui retrovisores com base na coluna das portas e com repetidores de setas no para-lama dianteiro. Ele possui vidros laterais traseiros fechados e mantém apenas o desenho do que seriam os vidros laterais nos modelos de passageiros, que existe na Argentina e que infelizmente não veio ao nosso mercado. A lateral direita possui o bocal de combustível.

Por fim, a nova geração tem rodas de aço de 15 polegadas, equipadas com calotas e pneus 185/60 R15. O teto é levemente elevado e possui apenas uma antena de teto convencional próxima do para-brisa, além de pequenos vincos com ressaltos longitudinais. Na traseira, a Renault possui tampa que se abre em duas folhas, com o lado esquerdo da tampa maior que o direito. Assim como o espaço dos vidros laterais, o modelo também possui um espaço delimitado para o vidro traseiro, presente nas versões de passageiros.

Acima deste espaço, possui um brake-light. As lanternas são verticais com iluminação simples e se conectam com um acabamento em preto brilhante na parte superior e com o para-choque traseiro em plástico preto, assim como acontece com o dianteiro. A nova geração também possui uma tampa que possui o logotipo da Renault no lado esquerdo das portas e o nome Kangoo no lado direito. Abaixo de ambos, existe uma larga régua em plástico preto com vincos em ‘U’ para o espaço da placa, que também fica no lado maior das portas, o esquerdo.

Falando nas portas, a marca comenta que elas se abrem em 90º ou 180º, facilitando a entrada de objetos no compartimento interno. “A porta lateral deslizante, solução também presente no Kangoo E-Tech 100% elétrico e na Master, é um diferencial do Kangoo no segmento de furgões compactos, pois além de facilitar o acesso às cargas localizadas no fundo do compartimento de carga, permite que o operador realize a carga e descarga da calçada, com toda a segurança e rapidez”, explica Alex Dias, Diretor de Vendas a Empresas da Renault do Brasil.



“Com a chegada do Kangoo 1.6 SCe Flex, ampliamos a nossa ofensiva no segmento de furgões, onde já oferecemos o Kangoo E-Tech 100% elétrico e a linha Master que tem 10 anos de liderança no mercado. Ele é a melhor opção em furgão compacto da categoria, combinando versatilidade, robustez e conforto com um excelente custo de operação”, explica Ricardo Gondo, Presidente da Renault. Internamente, a nova geração do Kangoo se aproxima bastante de outros veteranos da marca, como Sandero e Logan. O quadro de instrumentos possui três mostradores analógicos.

O volante tem três raios, sem controles multifuncionais e com um acabamento prateado. O painel possui um desenho mais simples, com uma parte central em preto brilhante com duas saídas de ar-condicionado centrais separadas por alguns botões físicos e a central multimídia com tela de 7 polegadas touchscreen com conectividade aos sistemas Apple CarPlay e Android Auto, permitindo o espelhamento de mapas e rotas. Este item representa maior segurança e redução dos custos de multas atrelados ao uso do aparelho celular durante a condução. As extremidades do painel possuem mais saídas de ar, cada uma em um estremo, também circulares.

A parte central e inferior, abaixo da central multimídia, possui três seletores do sistema de ar-condicionado. O botão Eco fica abaixo do sistema de ar-condicionado. O console central possui um porta-copos, porta-objetos e a alavanca de câmbio. Os painéis das portas são simples, com maçanetas e comandos dos vidros elétricos. A parte superior do painel possui um compartimento com porta-objetos, assim como há um espaço na frente do passageiro. Há um total de 10 compartimentos para pequenos objetos, totalizando 33 litros de capacidade. No teto, existe um compartimento com 12 litros de capacidade.

Desenvolvido a partir da plataforma modular B0, a mesma de Sandero e Logan, o novo Kangoo possui 4,409 metros de comprimento, 2,812 metros entre os eixos, 1,728 metro de largura e 1,808 metro de altura. Há uma altura em relação ao solo de 19,6 centímetros, tanque de combustível de 47 litros e um peso de 1.196kg. O modelo é equipado com o mesmo motor 1.6 16v SCe Flex que desenvolve 115/111cv de potência com torque de 15,7kgfm e um câmbio manual de 5 marchas. A Renault confirmou que o motor possui um duplo comando de válvulas variável na admissão, injetores posicionados no cabeçote que garantem alta eficiência e bom desempenho desde as baixas rotações.



Com acionamento de comandos feito por corrente, permite alta durabilidade do conjunto motriz e confiabilidade. Para melhorar o consumo, a marca confirmou que o modelo possui o sistema Gear Shift Indicator (GSI) que indica o momento ideal de troca de marchas. Usado corretamente, ele permite uma redução no consumo de 5%, além de aumentar a durabilidade do motor. O modelo também possui o botão Eco Mode com as funções Eco Scoring e Eco Monitoring, esses dois últimos na central multimídia.

Falando em consumo, o comercial possui 7,5km/l na cidade e 8,0km/l na estrada com etanol ou 11,3km/l na cidade e 11,8km/l na estrada, com gasolina. Em termos de desempenho, a Renault confirma que ele acelera de 0 a 100km/h em 10,8 segundos e atinge a velocidade máxima de 176km/h. A Renault confirmou que o novo Kangoo a combustão possui uma capacidade de carga de 750kg ou 3,3m³. Há 1,866 metros de comprimento na área de carga, 1,441 metro de largura e 1,244 metro de altura.

Internamente, a Renault confirmou que existem oito ganchos de fixação de carga no assolho e nas laterais, bem como uma divisória de proteção entre a cabine e o compartimento de carga com escotilha. A marca também destaca que a nova Kangoo possui uma largura de portas traseiras de 1,172 metro e a porta lateral possui uma porta de 71,7 centímetros de largura e 1,046 metro de altura. O trilho das portas passou por uma longa bateria de testes de 100.000 repetições de abertura e fechamento. Falando em desenvolvimento, a Renault confirmou que percorreu cerca de 840.000km em mais de 50 protótipos e 393.000 horas de desenvolvimento de produto.

A Renault desenvolveu o modelo com uma suspensão dianteira McPherson independente montada em uma estrutura com subchassi dianteiro, que reduz vibrações trazendo mais conforto de rodagem e uma suspensão traseira com eixo de torção, com molas helicoidais e uma barra estabilizadora e barra anti-rolagem, controlando as movimentações da carroceria em qualquer condição de carga. Os freios a disco ventilados na dianteira de 280 milímetros na dianteira e freios a tambor na traseira de 229,5 milímetros de diâmetro.



Aqui, ele será vendido em versão única, a Advanced, com as cores Branco Glacier e Prata Etóile. O Renault possui o menor custo de manutenção do seu segmento, com custo 23% menor que o seu principal concorrente e uma cesta de peças que é 20% mais barata, de acordo com estudos da marca. O Kangoo possui um plano de manutenção até 60.000km que possui um pacote de revisões 18% mais acessível que o seu concorrente direto, com um custo de operação de R$ 0,93 por quilômetro rodado. A marca também certificou sete transformadores homologados pelo o ‘Agrèment Renault’, um padrão global de certificação de qualidade da marca, que atesta os processos de transformação em veículos da marca.

Com o serviço dos transformados homologados mantém a garantia de fábrica e utiliza toda a estrutura especializada da Rede PRO+ para revisões e manutenção de rotina. O Renault Pro+ possui rede de 44 concessionárias em 20 estados e o Distrito Federal, que contam com área específica, dedicada exclusivamente à exposição e à manutenção de veículos utilitários. O Renault Pro+ oferece: área exclusiva para empresas e clientes profissionais; equipe especializada em utilitários, taxistas e pessoas com deficiência; ampla exposição de veículos utilitários; test-drive em veículos de passeio e utilitários; proposta de utilitários ou transformados em até 48h; apresentação de um técnico da oficina na entrega do veículo; acesso gratuito à internet; manutenção de utilitários de até 5 toneladas; oficina com atendimento prioritário para taxistas e clientes profissionais; revisões programadas no manual com entrega em 24h; lavagem de cortesia para carros com passagem pela oficina e; prática de custos de manutenção competitivos, conforme a revisão preço fechado.

Além disso, todas as 277 concessionárias da marca estão aptas a atender o cliente do Kangoo, com equipes treinadas pelo Renault Academy e com ampla disponibilidade de peças, graças ao armazém de peças da marca, localizado em Quatro Barras (PR), que possui 100% das peças de primeiro impacto do veículo e de manutenções regulares, prontas para envio imediato à qualquer local do Brasil. Atualmente, a Renault confirma que além de produzir o modelo para a Argentina, atende mercados de exportação como Colômbia, Uruguai e México – de onde já saíram 60.000 unidades desde seu lançamento.



Agora, chega ao Brasil, aumentando o ritmo de produção no país vizinho. Com a missão de ser um comercial leve e resistente, a Renault desenvolveu a nova geração como um produto confiável de baixo custo de manutenção, combinando conforto e condições de carga melhores que seus concorrentes. Em nosso mercado, a Renault confirmou que venderá a nova geração também com o Renault on Demand, com aluguel. Ele será vendido com R$ 2.269 mensais com plano inclui as revisões preventivas, troca de peças de desgaste natural e incluindo pneus.

O serviço também adiciona documentação grátis, seguro completo e serviços de assistência 24 horas para sua comodidade. A contratação pode ser feita 100% on-line. Outra opção de compra é o Mobilize Financial Services, que, além dos produtos financeiros, como o financiamento do veículo, os contratos revisão mais Fácil Pro e Manutenção e Fácil Pro. Para o lançamento do veículo, o cliente que contratar o financiamento com a Mobilize Financial Services, ainda poderá optar entre duas opções de benefícios adicionais: três primeiras revisões grátis ou R$ 2.000 reais em vale combustível.

O plano Revisão e Fácil Pro contrata antecipadamente as revisões por um preço fechado e o valor pode ser incluído nas parcelas do financiamento. Já o plano Manutenção e Fácil Pro prevê contrato de revisões, incluindo também peças de desgaste como pastilhas, baterias e amortecedores. São diversos pacotes para o cliente profissional ter ainda mais conforto e economia na manutenção do seu veículo, gerando maior controle e disponibilidade para o seu negócio. Tudo isso incluído nas parcelas do financiamento. A garantia será de um ano ou 100.000km, o que ocorrer primeiro.



Kangoo Advanced

De série, o modelo será vendido com Assistente de Partida em Rampa (HSA), Assistente de Frenagem de Emergência (AFU), Controle de Tração (TCS) e Estabilidade (ESP), além de freios ABS com distribuição eletrônica de força de frenagem (EBD). Além disso, o Kangoo traz faróis halógenos com luzes diurnas (DRL) halógenas, regulagem elétrica de altura dos faróis e sensores de estacionamento traseiros. A lista adiciona também a central multimídia MediaNav com tela de 7 polegadas com conectividade com Android Auto e Apple CarPlay, airbags dianteiros duplo (motorista e passageiro), luz na área de carga, indicador de troca de marchas (GSI), alerta de cintos desafivelados, Eco Mode, vidros elétricos, retrovisores elétricos, travas elétricas (portas da cabine e de carga), direção eletro-hidráulica, ar-condicionado, regulagem do cinto de segurança, indicadores de setas laterais, porta lateral deslizante, portas traseiras 1/3 ou 2/3, bancos em tecido, comando satélite, 33 litros em compartimentos de armazenamentos internos e outros. 



Preço
  • Renault Kangoo Advanced 1.6 16v SCe Flex MT – R$ 120.800 



Fotos: Renault / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BYD lança oficialmente o Song Pro no Brasil, com motor de até 235cv e por R$ 189.800

Volvo lança promoção do EX30 no Brasil, além de condições para XC40, C40, XC60 e XC90

Baojun apresenta a chegada do Yunduo na China, o concorrente direto do BYD Dolphin

Volkswagen registra imagens de patente do ID.7 S na China, que será da joint-venture SAIC-VW

Iveco lança o eDaily no Brasil, contra o Ford E-Transit, em três versões e parte de R$ 549.000

Renault lança promoção em julho no Brasil para quase toda a linha, inclusive com elétricos

BYD lança promoção '48 Horas Eletrizantes' e tem condições até o final deste mês

JAC Hunter é uma das apostas da marca chinesa para este segundo semestre no Brasil

Peugeot lança o novo E-2008 no Brasil, elétrico que chega com melhorias e um motor de 158cv

Kia confirma que vai manter os preços no Brasil mesmo com aumento da alíquota de IPI