Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Dacia

Dacia Duster reestilizado deve ser apresentado no dia 22 de junho... mas para a Europa

Imagem
Apresentado no mercado europeu em 2018, a segunda geração do Dacia Duster já tem data para deixar o nosso Duster defasado. O SUV compacto deve receber uma reestilização no próximo dia 22 de junho. Com a aceleração da chegada da nova geração, o SUV deve mudar em três anos do seu lançamento na Europa. A informação foi revelada pela revista francesa L’Argus , que confirmou a data de estreia. Isso porque uma informação de um documento interno da Dacia confirmou que o novo Duster, chamado no documento de “Duster Fase 2” seria revelado no dia 22 de junho. A pré-venda do modelo começaria em julho e as entregas iniciariam em setembro. Com essa mudança, o Duster deve adotar a filosofia de design dos novos Sandero e Logan, com iluminação em “Y”. A traseira deve contar com um novo layout das lanternas, além de possíveis mudanças no para-choque dianteiro e traseiro. No interior, ele pode receber mais novidades, mas que ainda não se tem informações a respeito. Acredita-se que ele ganhe uma central

Próxima geração do Dacia Duster terá motor híbrido com o sistema E-Tech, diz Renault

Imagem
A Dacia deve sofrer mudanças com o plano da marca que a gere, a Renault. Com o Plano RENAULuTion, a Dacia também deve passar por mudanças dentro de alguns anos. A terceira geração do Duster, por exemplo, está 100% confirmado para receber uma opção de motor E-Tech. A informação foi confirmadapor Fabrice Combolive, Vice-Presidente Sênior de Vendas e Operação da Renault, em um evento realizado no mês passado.  "Podemos esperar a tecnologia E-Tech para a próxima geração do Duster" . O SUV romeno deve receber uma oferta de motores híbridos, sendo que as marcas do Grupo Renault terão 9 carros eletrificados a cada 10 modelos. Ainda não se sabe qual seria a mecânica do Duster, mas tudo indica que seja o mesmo motor do Captur ou Clio E-Tech. Previsto para ser apresentado em meados de 2024, essa terceira geração deve ser desenvolvida sobre a plataforma modular CMF-B, que vai permitir o uso de motores eletrificados no SUV. O motor em questão é o 1.6 SCe de quatro cilindros que se unem a

Dacia confirma o desenvolvimento de um Spring Cargo, que será revelado em 2022

Imagem
A Dacia deve desenvolver novidades para o seu subcompacto elétrico baseado no nosso Renault Kwid EV, o Spring. O hatch deve ganhar uma versão bem característica no mercado europeu: a dos hatchs transformados em versão Furgão. O Spring Cargo Electric deve ser apresentado em 2022 e deve ser do segmento N1, destinado para consumidores que possuem um pequeno negócio e que precisam de um carro compacto para fazer entregas ou serviços para companhias. Isso deve fazer com que ele perca o banco traseiro em favor de mais espaço interno para o porta-malas. Com isso, ele deve ampliar a zona de carga para cerca de 1.100 litros de capacidade. Ele terá capacidade de levar cerca de 325kg, podendo levar objetos de até 1 metro de comprimento. Para separar a parte do compartimento com o habitáculo, o Spring deve ter uma tela que vai separar esses dois compartimentos. O hatch ainda terá instalados quatro suportes para poder segurar a carga no habitáculo. O carro deve ser apresentado em três versões: Busi

Renault quer dobrar a venda de elétricos, chegando a 350 mil unidades em 2021

Imagem
Após começar as vendas do Dacia Spring na Europa, o Grupo Renault confirmou que quer dobrar as vendas de carros elétricos por lá. Ainda trabalhando em novos modelos eletrificados, a Renault deve dobrar a quantidade de modelos elétricos e híbridos à disposição do consumidor europeu, adequando as marcas aos padrões de emissões de poluentes que são bem rígidos. Isso deve indicar que a marca deve acelerar o seu processo de eletrificação. Em entrevista a Agência Reuters , fontes ligadas à marca disseram que Renault e Dacia devem estar inclusas nesse plano estratégico. Em 2021, o Grupo Renault estima vender cerca de 350.000 unidades de modelos eletrificados, sendo 150 mil unidades de elétricos e 200 mil unidades de carros híbridos, sejam elas MHEV, HEV ou PHEV. Analistas do Banco UBS disseram que a Tesla e VAG puxam essa fila do processo de eletrificação e que, marcas que venderem menos de 750.000 unidades de carros eletrificados ao ano terão dificuldades no futuro, a longo prazo. Saindo de

Dacia confirma que deve trocar de logotipo em 2022, com o Bigster de produção

Imagem
A Dacia confirmou que deve apresentar um novo logotipo dentro de alguns meses. Assim como já aconteceu com outras marcas, esse novo logotipo já foi apresentado. Trata-se do logotipo que vimos no Bigster Concept. Fazendo parte do Plano RENAULuTion, a marca romena deve receber um novo logo e uma nova fonte do nome da marca. Essa mudança deve ocorrer para trazer a Dacia para um processo de eletrificação. “Embora seu posicionamento não mude, a marca está evoluindo. A Dacia continuará sendo Dacia. Apesar disso, há 10 anos mais da metade de nossos clientes procediam do mundo da segunda mão. Estamos encantados. Hoje é somente um terço. Atraímos clientes de todos os lados. Provavelmente porque os carros novos são cada vez mais caros devido à tecnologia. Queremos fazer com que a marca seja mais ‘cool’ do que é e um pouco mais ao ar livre fortalecendo o trabalho no design da marca. Quando se pensa com cuidado, o ‘essencial’ não se interpõe no caminho do desejado. O design, se é bem executado, nã

Renault volta a comentar sobre a criação de um SUV médio baseado no Dacia Bigster

Imagem
A Renault deve focar no desenvolvimento de um novo modelo de valor agregado no mercado brasileiro. Esse novo modelo será um utilitário esportivo, inspirado no Dacia Bigster Concept. O SUV médio deve ficar acima do Captur e será produzido na América Latina, muito provavelmente em São José dos Pinhais (PR). O carro deve concorrer com o Jeep Compass, Toyota Corolla Cross e Volkswagen Taos e será equipado com o novo motor 1.3 12v TCe Flex, capaz de desenvolver cerca de 170cv e torque na casa dos 26kgfm, acoplado a um câmbio automático CVT que simula 8 marchas. “Para mim, o Bigster é exatamente o carro que podemos colocar na Renault nos mercados internacionais, onde estamos apostando somente nos carros dos segmentos A e B. Agora eu posso ter um SUV B+ e um SUV C compacto que terão uma margem unitária melhor, com uma imagem potencialmente melhor e a habilidade de conquistar novos clientes” , disse Luca de Meo, CEO da Renault, em entrevista ao Automotive News Europe . Ter um SUV médio era um

Dacia Logan MCV contraria rumores e vai ganhar terceira geração na Europa

Imagem
Depois de negar o desenvolvimento de uma nova geração, a Dacia foi vista testando a terceira geração da Logan MCV, que deve ser apresentada dentro de alguns meses. A station wagon compacto deve sim se manter em linha e vai seguir o mesmo estilo dos novos Sandero e Logan. Pelas imagens em que ela foi flagrada, a nova geração deve trazer a mesma frente dos novos compactos, mas a traseira deve continuar com estilo de linhas retilíneas e um teto mais alto. Ainda terá portas traseiras grandes e pensadas para ter uma maior facilidade de entrada. Substituindo de uma só vez a Logan MCV de geração anterior e a Lodgy, a nova geração deve contar com espaço para sete ocupantes. Ela deve ser desenvolvida pela mesma relação entre os eixos do Logan, que possui 2,65 metros. Desenvolvida sobre a plataforma CMF-B, a nova geração deve compartilhar muitos componentes com o novo Logan. Na mecânica, a nova geração descarta o motor diesel e terá o moto 0.9 12v TCe que entrega 90cv e é acoplado a um câmbio ma

Novo Dacia Duster é confirmado para ser lançado em 2024; reestilização é em abril

Imagem
A Dacia já definiu. A nova geração do Dacia Duster deve ser apresentado na Europa em 2024. Por lá, essa segunda geração do Duster foi apresentada em 2017, ou seja, essa geração deve ficar com sete anos de mercado. Menos que a primeira geração, mas há um motivo: A Renault deve acelerar a renovação dos seus carros por conta da plataforma CMF. A revista francesa L’Automobile já começa a desenvolver internamente a nova geração. O modelo terá um design revolucionário, assim como aconteceu com Sandero e Logan, depois das segundas gerações serem mais evolutivas que uma renovação completa. E talvez só nessa terceira geração do Duster que ele deve ganhar uma opção de sete lugares, comentada desde a primeira geração do SUV. Na Europa, a Dacia ainda deve apostar nos motores E-Tech. O Duster deve matar o motor 1.5 dCi pelo motor 1.6 SCe de quatro cilindros que se unem a dois motores elétricos, o sistema híbrido E-Tech. Com isso, o motor entrega 140cv de potência ou 160cv de potência, com caixa de

Renault anuncia novo plano para América Latina, com SUV médio; Renault terá 24 novidades até 2025

Imagem
Depois de confirmar novidades sobre seu plano de reestruturação, o Grupo Renault confirmou algumas coisas para alguns mercados, em especifico. Na América do Sul, a Renault também confirmou novidades, revendo suas estratégias com o Plano RENAULuTion, que envolve as marcas Renault, Dacia, Alpine e Lada. Na América Latina, considerado um dos mercados mais importantes para os franceses, deve passar por um processo de otimização com foco em segmentos lucrativos, reduzindo os custos de produção com a adoção da plataforma modular CMF. Atualmente apenas o Kwid usa essa base no país, com a CMF-A. Em breve devem ser apresentados novos modelos com a base CMF-B, que deve ser vista em novos Sandero, Logan e a próxima geração do nosso Captur. Além deles, a Renault confirmou que também terá um SUV médio por aqui. As chances recaem claro sobre o Bigster, que seria reestilizado para ser vendido como vendido e teria um novo nome, claro. Mundialmente, a Renault deve oferecer modelos elétricos e híbridos

Dacia apresenta o Bigster Concept, um SUV médio da Dacia que deve estrear em 2022 na Europa

Imagem
A Dacia apresentou um novo conceito que deve antecipar o seu novo utilitário esportivo, que vai se posicionar acima do Duster. O modelo em questão foi apresentado como Bigster Concept e faz parte do Plano RENAULuTion, redefinindo os planos de Renault, Dacia, Alpine e Lada. Isso deve envolver projetos globais das marcas, o que deve afetar o Brasil, claro. O plano fez a Dacia apresentar seu maior modelo, que vai substituir a Lodgy. O Bigster deve ser um SUV médio de baixo custo de desenvolvimento e que vai ser feito a partir da plataforma modular CMF-B. O novo SUV terá espaço para sete ocupantes e deve ser apresentado em versão de produção em meados de 2022. De acordo com a Dacia, o Bigster possui 4,60 metros de comprimento. O SUV foi apresentado com um design parrudo e de linhas bem fortes. O Bigster possui uma dianteira com faróis dianteiros em LEDs com identidade luminosa em “Y”, integrada com uma grade dianteira com detalhes retangulares e com o logotipo central. O para-choque também

Pé-de-boi? Dacia apresenta versão Acess do novo Sandero, que surpreende pelos equipamentos

Imagem
Tem se tornado cada vez mais raro o desenvolvimento de carros que aparecem com os para-choques pintados em preto no Brasil. Por aqui isso se mantém apenas com carros destinados ao trabalho, não mais aos carros de passeio. Mas, na Europa, a Dacia resolveu apresentar a versão pé-de-boi do novo Sandero. O visual dá uma sensação de Dejà Vú em nós, consumidores brasileiros, mas o hatch romeno apenas parece um carro simples. No fim ele é mais completo que muito compacto nacional. Batizada de Acess, a versão de entrada do Sandero deve ser destinada para o trabalho e frotas. Se a simplicidade do carro pode assustar, ele é vendido apenas na cor Branca, mas como opcional pode ter um design externo mais honesto. No entanto, ele faz inveja a muito carro nacional. Isso porque de série ele é equipado com faróis com luzes diurnas de LED, vidros dianteiros elétricos, antena de teto, limpador do vidro traseiro, volante com regulagem de altura, direção elétrica, computador de bordo, pré-disposição para

Surge novas informações sobre o SUV médio da Dacia, que deve substituir a minivan Lodgy

Imagem
Surge informações de um novo SUV médio que a Dacia deve lançar na Europa. O modelo será apresentado primeiro em versão conceitual e será apresentado dentro de alguns meses. O novo modelo deve substituir a minivan Lodgy e deve contar com a opção de um motor híbrido. Segundo informações da revista francesa L’Argus, o modelo deve ser apresentado no final de 2021 no modelo de produção, ou seja, o novo SUV da marca ficará acima do Duster. O modelo será desenvolvido sobre a nova plataforma modular CMF-B, a mesma de Sandero e Logan de nova geração, mas com uma relação entre os eixos maior, claro. Acredita-se que o novo modelo tenha cerca de 4,50 metros de comprimento e será espaço para sete ocupantes. O SUV ainda deve ser apresentado como novo carro topo de linha da Dacia, o que significa que ele será bem equipado. A novidade deve ser equipada de série com frenagem automática de emergência, detectores de ponto cego, assistência na partida em rampas, freio de estacionamento elétrico e muitos o

Com sanções norte-americanas, primeira geração do Renault Logan voltará a ser feito no Irã pela SAIPA

Imagem
O Irã deve voltar a produção de um modelo que tinha saído de linha por lá em 2018 voltar a ser produzido em breve. As sanções do governo norte-americano no país fizeram com que a atividade econômica de algumas empresas europeias fosse afetada na região. Com isso, a Saipa, uma empresa local iraniana, resolveu voltar a produção do Pars Tondar, L90 e Tondar 90. Segundo a Saipa, a empresa conseguiu obter cerca de 85% das peças, componentes e ferramentas para a produção inteiramente do modelo, sem a assistência da Renault. A marca francesa não pode mais produzir o carro no país por conta do embargo. Inicialmente o plano era a produção retornar dentro de 18 meses após a saída da Renault do mercado iraniano, mas a Saipa confirmou que o modelo deve voltar ao mercado com um elevado nível de qualidade construtiva. O sedã romeno da Dacia deve voltar ao mercado como o novo modelo de acesso da Saipa, sendo uma espécie de modelo de entrada em relação ao Sahin, um sedã da Saipa, mais sofisticado. “Qu

(Mais uma) Empresa adapta o Dacia Duster em "Dacia Oroch", com Cabine Simples, na Europa

Imagem
Depois de ganhar uma variação picape em 2019, surgiu uma nova opção de picape para o Duster na Europa, onde ele é vendido como Dacia. Por lá, o modelo foi transformado em uma picape cabine simples, destinada ao trabalho. Desenvolvida pela Romturingia, a empresa romena transforma o SUV compacto em uma picape de duas portas que deve ser colocada à venda ainda neste mês de novembro. O modelo é basicamente o Duster até a coluna B e logo em seguida deve contar com uma caçamba de 1,65 metros de comprimento que suporta 500kg de carga. Na traseira, ela trocou a tampa do porta-malas por uma tampa de caçamba que foi apenas recortada. A picape manteve as mesmas lanternas do SUV, tendo apenas perdido as portas traseiras e o banco traseiro em favor da caçamba. Por lá ela deve ser oferecida na cor Branco Glacier e equipada com um motor 1.5 dCi Turbo Diesel que desenvolve 115cv de potência e câmbio manual. Por lá, a transformação custa 22.546 euros. Na América Latina, a Renault desenvolveu a Oroch, ú

Novo Dacia Sandero deve ser produzido apenas no Marrocos nessa terceira geração, diz site

Imagem
Apresentados em setembro, as terceiras gerações de Sandero e Logan devem começar a ser produzidas em breve, a fim de abastecer o mercado europeu. Por lá, a Dacia confirmou que o hatch deve ser produzido apenas no Marrocos, de acordo com o site Romania Insider. De acordo com o site, a Dacia quer que, na unidade romena de Mioveni, onde o Sandero era produzido até então, passe a produzir modelos de maior valor agregado. Isso significa que a terceira geração do Sandero será feita apenas nas unidades de Casablanca e Tanger, ambas no Marrocos, em produção com a joint-venture Somaca, que possui parceria com a Renault-Nissan-Mitsubishi. O Logan, diferente do Sandero, deve continuar a ser produzido na Romênia, na fábrica de Mioveni. Com o intuito de ser um carro em conta, a Renault também transferiu a produção do Dacia Sandero para o Marrocos por questões de custo. Na Romênia, o modelo seria mais caro de ser produzido e isso prejudicaria o papel a ser cumprido pelo hatch. O novo Sandero é desen

Postagens mais visitadas deste blog

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Kia Soul ganha reestilização nesta terceira geração e traz mais tecnologia, no exterior