Retrômobilismo #3: Pioneira, Willys Rural foi o primeiro "SUV" do Brasil!


Diferente para a época, com misto de Station com Minivan, a Willys Rural na verdade foi a pioneira entre os SUVs, que hoje em dia dominam grande parte do Brasil. Lançada por aqui em 1956, mas só começou a ser fabricada por aqui em 1958 a Willys Rural quase nunca passou por grandes mudanças, ao não ser por uma única, em 1960 que deixou o modelo bem mais conhecido que a primeira. Com amplo espaço interno, a Willys Rural tinha espaço de 2.700 litros no porta-malas e levava até 6 pessoas.


O modelo em sua primeira "geração" tinha um motor 2.6 V6 que rendia até 90CV, associado a um câmbio manual de 3 velocidades e sempre com tração 4x4. Esse motor levava a Rural à velocidade máxima de 130km/h, média dentro dos padrões para a época. Esse mesmo motor começou a ser fabricado no Brasil em 1959, deixando de importar o motor americano. No ano seguinte era vez do visual mudar. O modelo ficava diferente do modelo americano, com nova frente mais moderna e mais bonita. Mais tarde, em 1964 o modelo ganhava tração 4x2, além de câmbio reposicionado para a coluna de direção. Nos anos seguintes, a Willys deixava a Rural ainda melhor, com novo câmbio de 4 velocidades, nova grade e painel de instrumentos.


Em 1967, a Ford comprava a Willys, que passaria a se chamar "Ford-Willys", mas ficou mais conhecida por Ford. A Rural mudava novamente só em 1969, quando novas versões chegaram: "básica" e "luxo". Novamente em 1970, a Rural mudava. Dessa vez era o motor, que passaria a ser o 3.0 V6 que rendia 132CV. Sem rivais diretas em início de carreira, a Willys-Ford Rural competia mais com a Volkswagen Kombi, que lutavam pela escolha de famílias. Suas vendas sempre foram estáveis, sendo um dos modelos mais vendidos da Willys. Em 1975 a Willys Rural ganhava outro motor, um 2.3 que também rendia 90CV, mas esse motor teria vida curta, de apenas 2 anos.


Seu melhor ano no Brasil foi em 1964, quando o modelo vendeu 14.899 unidades. Sua média por ano era de 9.000 unidades anuais. No Brasil, o modelo teve uma carreira bem longa. Foram 21 anos de estrada (1956 à 1977) que levaram muitas famílias à diversos lugares. De 1962 à 1975 foram vendidas 151.472 unidades do modelo, pois antes disso não se tem dados e os anos de 1976 e 1977 o modelo já estava na "UTI" dos veículos, por isso não consta como os modelos mais vendidos do nosso levantamento. Mas podemos dizer que o modelo foi um sucesso de vendas, graças a sua originalidade e versatilidade para a época.

A esquerda a Rural a partir de 1960 e a direita a primeira,
que foi lançada em 1956

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Audi lança a linha 2023 de A4 e A5 Sportback com motor híbrido-leve 40 TFSI, de 204cv

Fiat Scudo chega ao Brasil no 2º semestre, com produção uruguaia e duas opções de motor

NBR é marca brasileira que surge como aposta de buggy e terá fábrica em Pernambuco

Fiat Scudo será vendido nas mesmas versões de Citroën Jumpy e Peugeot Expert, Cargo e Multi

BMW lança o Série 3 2022, com novidades nas versões 320i, que estreia por R$267.950

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado

Peugeot 4008 será apresentado em 2022 como um SUV médio cupê com base no novo 308

Stellantis já testa o Fiat Scudo no Brasil; lançamento vai acontecer ainda em 2022

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Mirando no Lamborghini Urus, ousado BMW X8 estreia no próximo dia 29 de novembro