BYD revela mais detalhes do Destroyer 05, que inaugura uma nova família de modelos


A BYD confirmou que vai mudar a nomenclatura dos seus carros dentro dos próximos anos com a família Warship, ou navio de guerra. De acordo com informações da marca chinesa, a marca vai usar nomes que vão designar segmentos, tal qual a Chery faz com modelos como Tiggo, Arrizo e Omoda. No caso da BYD, a marca confirmou que o nome Destroyer será designado para sedãs, utilitários esportivos serão Cruiser e vans compactas vão ser batizadas de Landing Ship. Junto com o nome, será escolhido um numeral que irá identificar os carros. Por exemplo, o primeiro carro de acordo com essa nova nomenclatura será o Destroyer 05, apresentado no Salão do Automóvel de Guangzhou, na China. A família Warship será vendida em conjunto com a família Marine Life, ou vida marinha, que conta com o Dolphin, por exemplo. A BYD ainda revelou mais algumas informações do Destroyer 05, que possui 4,780 metros de comprimento, 2,718 metros entre os eixos, 1,837 metro de largura e 1,495 metro de altura. O interior, apresentado oficialmente, se destaca por contar com uma central multimídia com tela de 15,6 polegadas e um quadro de instrumentos com tela de 8,8 polegadas. Ele possui ainda um túnel central com botões físicos, com o botão giratório para o câmbio, seletor de modo de condução, botão start-stop e um conjunto de porta-copos. Também podemos ver a iluminação ambiente no painel, detalhes em vermelho nas saídas de ar e assentos estofados em branco com apoios de cabeça integrados. Na mecânica, a BYD confirmou que o carro possui duas versões híbridas. A primeira delas é a DM-i que possui dois tamanhos de bateria. 



Ambas as versões trazem o motor 1.5 16v a gasolina que desenvolve 110cv de potência com dois motores elétricos, que juntos desenvolvem 179cv ou 197cv. A menor bateria possui uma autonomia elétrica de 55km e a maior tem 120km. A eficiência térmica do motor chega a 43,04%, o que é líder do conjunto; o sistema híbrido elétrico EHS integra motores duplos, controles eletrônicos duplos e caixas de engrenagens híbridas especiais. A bateria maior possui a possibilidade de recarga rápida em estações de 35kW, com autonomia no ciclo NEDC. Visualmente e externamente, o carro se destaca pela dianteira de linhas agressivas, que se destaca por contar com faróis afilados e compridos, interligados a uma grade superior em preto brilhante que traz o logotipo da BYD. Ele ainda possui uma grade maior e funcional que mescla elementos em preto brilhante com barras cromadas, além de ter pequenos filamentos cromados nas extremidades. Abaixo ele tem uma entrada de ar e nas extremidades há uma entrada de ar vertical levemente inclinada. Visto de lateral, ele possui linhas mais simples, com janelas com contorno cromado e retrovisores com base nas portas. As rodas são aerodinâmicas, de 17 polegadas. Visto de traseira, o carro conta com lanternas horizontais que se conectam por meio de um acabamento preto brilhante e que acima traz o Build Your Dreams, frase que representa o nome da BYD. A tampa do porta-malas é curta e quase lisa e o para-choque traseiro abriga a placa num acabamento em preto brilhante e tem refletores e luzes de ré no para-choque. Nas extremidades, ele possui uma falsa saída de ar, na vertical.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curiosidades: as marcas mais vendidas do Brasil no acumulado do ano de 2021; Fiat lidera

BMW apresenta o iX Flow Concept no CES 2022, 1º tecnologia que muda de cor da carroceria

Renault já produz o novo Master em São José dos Pinhais (PR), que estreia em breve

Audi A3 Sportback e A3 Sedan ganham versão S-Line com motor 2.0 TFSI por R$ 249.990

Chevrolet testa um inédito SUV cupê de porte compacto ou médio na Coreia do Sul

Nova geração do Hyundai Azera estreia em 2023 e terá um design ainda (bem) ousado

Renault Austral ganha novo teaser e aparece pela primeira vez sem camuflagem em vídeo

TOGG apresenta um sedã conceitual no CES 2022, batizado de Transition Concept Smart Device

Fiat Argo Trekking também receberá o mesmo conjunto do Pulse, com motor 1.3 e câmbio CVT

Surgem as primeiras imagens do novo Jeep Renegade, que será lançado em breve no Brasil