GM e Honda confirmam parceria para criação de elétricos para mercados emergentes


A General Motors (GM) e a Honda confirmaram que vão desenvolver uma série de elétricos de baixo custo também com a parceria entre as empresas, que será expandida. Esse desenvolvimento deve prever que as marcas vão desenvolver uma família de elétricos mais acessíveis, que deve ser bem-vindo para Chevrolet e Honda. Os carros terão uma nova plataforma feita em conjunto e será equipados com baterias Ultium de geração mais avançada. As duas empresas devem trabalhar em conjunto para viabilizar esses carros a partir de 2027, com capacidade de produzir milhões de unidades dessa nova (e inédita) família de modelos. O acordo prevê também a uniformização de componentes e processos para o estabelecimento de um padrão internacional de qualidade, além de maior produtividade e otimização dos custos. O segmento de SUVs compactos, por exemplo, será uma dos que vão ganhar com essa parceria, visando que é, hoje, o maior do mundo, com venda anual de mais de 13 milhões de unidades. A GM e a Honda vão ainda avaliar oportunidades para o desenvolvimento em conjunto de novas gerações de baterias, no intuito de continuar reduzindo os custos da eletrificação, elevando o desempenho e impulsionando a sustentabilidade de veículos futuros. Tanto a GM como a Honda já trabalham na aceleração ao adotar novas tecnologias. A GM foca nas baterias em estado sólido e as de íon-lítio com silício, juntamente com esquemas de produção que podem ser rapidamente aplicados para aperfeiçoar e atualizar os processos de fabricação de células de bateria. Já a Honda está progredindo com suas baterias sólidas que a companhia enxerga como elemento central dos futuros EVs. A tecnologia vem sendo demonstrada no Japão pela companhia, que está fazendo avanços rumo à produção em massa. “A GM e a Honda vão compartilhar o que tem de melhor em termos de tecnologia, design e manufatura para oferecer uma linha atrativa e mais acessível de veículos elétricos em escala global, incluindo nossos principais mercados na América do Norte, América do Sul e China. Este é um passo fundamental para o cumprimento do nosso compromisso de alcançar a neutralidade em carbono de nossos produtos e operações globais até 2040 e eliminar as emissões dos automóveis nos EUA até 2035. Trabalhando juntos, colocaremos pessoas ao redor do mundo a bordo de EVs mais rápido do que qualquer empresa alcançaria por conta própria.”, disse Mary Barra, Presidente e CEO da General Motors. 



“A Honda está comprometida em alcançar sua neutralidade em carbono globalmente até 2050, o que exige a redução do custo dos veículos elétricos para tornar a posse dos EVs possível para o maior número de consumidores. A Honda e a GM vão aproveitar esta colaboração tecnológica bem-sucedida para ajudar a alcançar uma expressiva expansão no comércio de veículos elétricos.”, disse Toshihiro Mibe, presidente e CEO da Honda. “O progresso que tivemos com a GM desde que anunciamos a parceria no desenvolvimento de baterias para EVs em 2018, seguido do desenvolvimento conjunto de veículos elétricos como o Honda Prologue, tem demostrado uma relação de ganha-ganha que pode criar novo valor para nossos clientes. Esta nova família de EVs mais acessíveis se baseará neste relacionamento, elevando nosso poder de desenvolvimento e produção de veículos compactos de alta qualidade.”, disse Shinji Aoyama, Diretor-Executivo sênior da Honda. “Nossa parceria com a Honda e o contínuo desenvolvimento da tecnologia Ultium são os alicerces desse projeto, utilizando nossa escala global para permitir reduções das bases de custos desta nova família de EVs para beneficiar milhares de consumidores. Nossos planos incluem um carro elétrico completamente inédito para a América do Norte posicionado abaixo do Chevrolet Equinox EV que ainda será lançado, aproveitando os 2 milhões de unidades de capacidade produtiva que a companhia planeja ter para fabricar EVs até o fim de 2025.”, disse Doug Parks, vice-presidente executivo de desenvolvimento global de produtos, compras e cadeia de suprimentos da GM. A GM e a Honda têm desenvolvido ao longo dos anos uma relação próxima de trabalho, que inclui vários projetos recentes focados em tecnologias para veículos elétricos e autônomos. Em 2013, as duas empresas iniciaram o desenvolvimento conjunto de um sistema de célula de combustível de última geração e de soluções para o armazenamento de hidrogênio. Em 2018, a Honda se juntou aos esforços de desenvolvimento dos módulos de bateria para EVs da GM. Em 2020, as duas companhias anunciaram planos de projetar dois carros elétricos, incluindo o Honda Prologue, para ser lançado no início de 2024, e, logo na sequência, o primeiro SUV da marca Acura. Além disso, GM e Honda estão juntas na Cruise, com o Cruise Origin, um dos primeiros carros completamente autônomos pensados para o serviço de robô-táxi e entregas. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Audi lança a linha 2023 de A4 e A5 Sportback com motor híbrido-leve 40 TFSI, de 204cv

Fiat Egea é o nome oficial do sedã médio da Fiat que deve ser apresentado oficialmente e pode chegar ao Brasil!

Jeep já vende o novo Renegade com descontos para consumidores com CNPJ em até R$ 13.063

BMW apresenta o novo Série 3, que ganha atualizações de meia-vida nesta geração

Chery lança o Tiggo 8 Pro PHEV, reestilizado, híbrido e estreia no mercado por R$ 269.990

Rolls-Royce confirma a estreia do segundo (e exclusivo) Boat Tail, inspirado na madrepérola

Inspiração para família "X6", Fiat registra patente das três carrocerias do Tipo europeu no Brasil

Chery lança o iCar no Brasil, que se torna o elétrico mais barato do país, por R$ 139.990

Volkswagen e Carid desenvolvem softwares ainda mais avançados para carros elétricos

Caoa Day tem promoção para Chery, Ford e Hyundai até hoje na rede de concessionárias