Jaguar inicia conversão da fábrica de Halewood para produzir apenas carros elétricos em 2025

Jaguar inicia processo de transformar a fábrica de Halewood em uma fábrica capaz de produzir automóveis com base EMA e pede que fornecedores sejam mais eficientes



A Jaguar já trabalha na unidade de Halewood, na Inglaterra, onde a marca inglesa deu os primeiros passos para transformar a fábrica apta a produzir apenas carros elétricos. De acordo com as primeiras informações, a Jaguar, que quer ser totalmente elétrica a partir de 2025, vai desenvolver carros com plataforma modular Electric Modular Architecture (EMA). De acordo com as primeiras informações, a Jaguar estaria trabalhando em contatar com as primeiras empresas para abrir processo de licitação.

A fábrica inglesa vai passar por modernização e também vai desligar por alguns meses a produção de automóveis na unidade, a partir de 2024. A unidade estará apta para a produção de automóveis elétricos e híbridos plug-in desenvolvidos a partir da nova plataforma EMA. Atualmente, a unidade possui um quadro de funcionários de 3.700 pessoas. Atualmente, Land Rover Range Rover Evoque e Discovery Sport são produzidos no local.

Considerada extremamente importante para os planos da Jaguar, a plataforma EMA estreia com a Jaguar e também vai estar nos carros da Land Rover. Com a meta de fazer com que 60% das suas vendas globais sejam de carros elétricos até 2030, a marca ainda acredita que 30% respondam pelas vendas de híbridos plug-in. Os 10% restantes serão dos poucos não-eletrificados que seguirão em linha. O plano estratégico Reimagine da Jaguar quer fazer com que a empresa passe a concorrer com a Bentley, por exemplo.

A Jaguar-Land Rover ainda estaria convidando seus fornecedores globais a se comprometer com as metas de sustentabilidade aprovadas pela iniciativa Science Based Targets (SBTi) para reduzir as emissões de gases de efeito estufa até 2030 e ajudar a alcançar emissões líquidas zero de carbono em toda a cadeia de suprimentos, produtos e operações da Jaguar-Land Rover 2039. As marcas inglesas estariam pedindo para que seus fornecedores de nível 1 possam passar pelo caminho da descarbonização para a produção dos seus componentes.



Também recentemente, a Jaguar-Land Rover vai começar a qualificar seus funcionários, treinando 29.000 pessoas pelo mundo nos próximos três anos para ter entendimento de recursos conectados e de dados e para apoiar a rápida transição para a eletrificação. “Nossos planos para eletrificar nosso portfólio de produtos estão em andamento e estamos ampliando rapidamente nosso futuro programa de treinamento de habilidades para garantir que tenhamos o talento certo para entregar os veículos elétricos de luxo modernos mais desejáveis ​​do mundo.”, disse Bárbara Bergmeier, Diretor Executivo de Operações Industriais na Jaguar Land Rover.

“Desenvolver as forças de trabalho globais qualificadas necessárias para projetar, construir e manter os veículos do futuro é fundamental. Tenho orgulho de dizer que estamos nos comprometendo a ajudar a preencher a lacuna de habilidades elétricas e digitais com um programa de treinamento abrangente e global, que fortalecerá a eletrificação de carga aqui no Reino Unido e no exterior.”, acrescentou Bergmeier.

Além dos técnicos, a Jaguar Land Rover planeja treinar novamente milhares de engenheiros automotivos altamente qualificados e funcionários de produção, que anteriormente trabalharam no desenvolvimento de carros de combustão interna, para se especializar em eletrificação, carros digitais e autônomos. “A transição do trabalho com combustão interna para o elétrico foi bastante direta. Ambos exigem uma boa compreensão da química dos materiais, e pude dedicar cerca de 30% do meu tempo ao aprendizado independente. Agora, trabalhando com veículos elétricos, posso ver a longevidade do programa e como ele apoia a estratégia Reimagine da empresa.”, disse Karl 'Freddy' Gunnarsson, Engenheiro Líder na Jaguar-Land Rover. 



Fotos: Jaguar-Land Rover / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Toyota Yaris Hatch só ganha nova geração entre 2024 a 2025 na Ásia, depois do sedã e do SUV

Nova geração do Toyota Corolla surge em meados de 2025, como uma geração evolutiva

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

Oshan aparece no Brasil testando seu utilitário esportivo médio X5; marca será que vem?

Fiat Titano estreia na Argélia primeiro, vazando e antecipando alguns detalhes da nossa

Celta voltará? Chevrolet confirma que não vai desenvolver nenhum subcompacto novamente

Yangwang revela as primeiras imagens oficiais teaser do seu inédito sedã elétrico, o U7

Renault e Nissan passam a ter seguros com Assurant, por meio do intermédio da Mobilize

Scout revela novo teaser e confirma que seus produtos farão estreia no mês de julho