JLR começa a sair do prejuízo com maior oferta de semicondutores e retoma lucratividade

Jaguar-Land Rover comemora retorno ao lucro com os resultados do último trimestre de 2022 e com o terceiro trimestre do seu ano-fiscal de 2023



A Jaguar-Land Rover (JLR) confirmou que seu quarto trimestre de 2022 e o terceiro trimestre do ano fiscal de 2023 fecharam com retorno aos lucros das marcas. De acordo com a JLR, os meses de outubro a dezembro mostraram um fluxo de caixa livre positivo e retorno da lucratividade, ao ponto que a falta de semicondutores começa a ser um problema cada vez menor. Nesse trimestre, o grupo inglês viu lucro de 6 bilhões de libras, aumento de 28% em relação ao terceiro trimestre do ano fiscal de 2022.

Há ainda um aumento de 15% nos lucros em relação ao segundo trimestre do ano fiscal de 2023, conhecido como o terceiro trimestre de 2022. O bom resultado veio por conta do aumento da produção da dupla da Land Rover, Range Rover e Range Rover Sport, que somaram 27.456 unidades, ante as 13.537 unidades do trimestre anterior. “A Jaguar Land Rover voltou a lucrar com a diminuição da escassez de chips no trimestre e o aumento da produção e das vendas no atacado. Esses resultados aprimorados são a prova do trabalho árduo e da dedicação de nosso pessoal em toda a empresa, que aumentou ainda mais a produção de nossos novos modelos Range Rover e Range Rover Sport.”, destacou Adrian Mardell, CEO interino da JLR.

“Continuamos comprometidos com nossa estratégia Reimagine, que transformará a JLR em um negócio moderno de luxo totalmente elétrico, ao mesmo tempo em que cumprimos nossas metas climáticas SBTi e nos esforçamos para superar as expectativas de nossos clientes.”, adicionou Mardell. Com lucro de 265 milhões de libras, a JLR também observou que o resultado parte de uma melhoria no mercado de uma forma geral. Globalmente, foram 79.591 unidades no trimestre, com avanços em mercados como América do Norte (+17%), Reino Unido (+13%) e no exterior (+10%) e menores na China (-13%) e Europa (-3%).

De acordo com o grupo, a fila de espera aumentou para 215.000 pedidos dos clientes de ambas as marcas, onde cerca de 10.000 pedidos foram realizados desde o dia 30 de setembro de 2022. A demanda é maior para os modelos da Land Rover, como Range Rover, Range Rover Sport e Defender, que representam 74% dos pedidos. O quarto trimestre de 2023 do ano fiscal também deve fechar com recorde em termos de lucros no ano, com cerca de 80.000 unidades vendidas.



Fotos: Land Rover e Jaguar / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Toyota Yaris Hatch só ganha nova geração entre 2024 a 2025 na Ásia, depois do sedã e do SUV

Nova geração do Toyota Corolla surge em meados de 2025, como uma geração evolutiva

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

Oshan aparece no Brasil testando seu utilitário esportivo médio X5; marca será que vem?

Fiat Titano estreia na Argélia primeiro, vazando e antecipando alguns detalhes da nossa

Celta voltará? Chevrolet confirma que não vai desenvolver nenhum subcompacto novamente

Yangwang revela as primeiras imagens oficiais teaser do seu inédito sedã elétrico, o U7

Renault e Nissan passam a ter seguros com Assurant, por meio do intermédio da Mobilize

Scout revela novo teaser e confirma que seus produtos farão estreia no mês de julho