Volkswagen registra imagens de patente do novo T-Cross na Argentina; estreia aqui em 2024

Volkswagen registra imagens de patente do reestilizado T-Cross no 'Instituto Nacional de la Propiedad Industrial', da Argentina, que antecipa o nosso SUV



A Volkswagen registrou imagens de patente do novo T-Cross na Argentina, no ‘Instituto Nacional de la Propiedad Industrial’, o INPI argentino. O registro de patente antecipa o que será do nosso futuro T-Cross, que inclusive é feito aqui e exportado para a Argentina. As mudanças visuais do SUV serão bem sutis, fazendo com que ele ganhe mudanças que darão o fôlego até uma nova geração. Aqui, essas mudanças devem fazer sua estreia no início de 2024.

Antes disso, ele vai estrear na Europa. E, os registros de patente antecipam que o SUV compacto vai mudar na dianteira e na traseira. Na dianteira, as novidades vão ficar por conta de faróis com um novo layout e com luzes diurnas (DRL) em LED, com uma luz em ‘L’. Os faróis ainda possuem projetores duplos e a grade dianteira ainda possui uma barra que se conecta com as luzes DRL dos faróis, sendo interrompida apenas pelo logotipo, ao centro. A grade ganha um novo formato e uma nova grelha, enquanto o para-choque também vai mudar.

Ele ganha uma nova entrada de ar inferior trapezoidal com barras horizontais e verticais, envoltas por um acabamento prateado. Esse acabamento fica dentro de um acabamento em plástico preto, enquanto as extremidades do para-choque tem faróis de neblina com luzes em LEDs e um acabamento prateado e em preto brilhante. De perfil, as novidades ficam por conta de novos retrovisores com repetidores de setas, além de, claro, ganhar novas calotas e rodas de liga leve que vão variar de acordo com cada versão. Na traseira, o T-Cross 2024 vai ganhar um novo layout das lanternas.

As lanternas vão ganhar uma iluminação em ‘X’, com a régua em preto brilhante que liga as duas lanternas. Essa barra enfim deve ser iluminada com uma luz em LED, com o logotipo da Volkswagen ao centro. O para-choque traseiro também vai ganhar mudanças, como um acabamento prateado na parte inferior e nas extremidades ele possui refletores verticais emoldurados por um vinco em ‘C’. Ele deve manter a mesma mecânica do modelo atual, com o 1.0 12v 200TSI de 128/116cv de potência com torque de 20,4kgfm.

Ele ainda vem equipado com o mesmo motor 250TSI, formado pelo 1.4 TSI de 150/150cv e 25,5kgfm de torque, sempre com câmbio automático de 6 velocidades e tração dianteira. Com motor 1.4 ele acelera de 0 a 100km/h em 8,7 segundos e chega a velocidade máxima de 198km/h. Em termos de design, é esperado que o SUV compacto venha ao nosso mercado com faróis IQ.Light. Por dentro, as novidades devem ficar por conta de um acabamento melhor, com materiais mais sofisticados, com inserção de alguns materiais em soft-touch. 





Fotos: Instituto Nacional de la Propiedad Industrial / reprodução

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet terá Feirão de Fábrica neste final de semana em São Caetano do Sul e promoções

BMW lança novo Série 5 no Brasil, com versão híbrida 530e, que estreia por R$ 574.950

Porsche apresenta seu novo logotipo para comemorar os 75 anos de fundação da marca

Toyota investe mais R$ 160 milhões na fábrica de Sorocaba (SP) com novo Centro de Peças

Hongqi revela oficialmente a segunda geração do HS3 na China, com motor de até 252cv

BYD King é o batismo global do Destroyer 05 e chega para colocar Toyota Corolla na mira

BYD tem promoção 'DiaE' neste sábado, 22/06, com Dolphin por R$ 135.300, com bônus

GM confirma que carros compactos elétricos e lucrativos vão demorar um pouco mais

Toyota apresenta atualização para o catálogo de versões da Hilux, com fim da versão SRX