Até mesmo os protótipos do Lightyear 0 são colocados à venda na Europa, após falência

Depois de lançar e iniciar a produção do Lightyear 0, marca holandesa pediu falência e colocou à venda até mesmo os protótipos do sedã movido a energia solar 



Foram menos de dois meses na linha de produção, que já não seria muito grande. Das estimadas 150 unidades que seriam produzidas, a Lightyear mal conseguiu produz algumas unidades do seu sedã com placas solares, chamado apenas de Lightyear 0. O projeto se tornou caro para seu desenvolvimento e a marca holandesa colocou à venda até mesmo os protótipos do sedã em uma plataforma de vendas/leilões da Holanda, chamada de Troostwijkauctions.

Se uma unidade 0km do Lightyear 0 poderia ser vendida por US$ 236.000, as unidades de protótipos são bem mais em conta. Algumas são vendidas por 15.000 euros e outras unidades são encontradas por 6.400 euros. A venda dos protótipos não permite que esses carros rodem, mas podem ser usados como objeto de decoração (não se duvide desta possibilidade) ou até mesmo como estudo para outras montadoras. Dois dos protótipos são de modelos quase de produção, como mostram algumas placas que estão neles. Há imagens de uma unidade do conceito, que foi apresentado em 2019.

Há uma unidade do Lightyear 0 que parece ter sido o modelo da apresentação final, inclusive com a placa com seu nome definitivo e uma outra unidade completa, mas sem o elemento aerodinâmico instalado no eixo traseiro. Há também unidades de um Lightyear Validation Prototype Solar Electric Vehicle [Vehicle 10 – 008], de uma unidade que foi apresentada em 2021, quando o One Prototype realizava testes nos arredores da fábrica de Aldenhoven, na Alemanha. No fim, o modelo nem foi produzido na Alemanha, mas sim na unidade de Uusikaupunki, na Finlândia.

Além deste protótipo, existe um outro com uma camuflagem verde/branco e com rodas com calotas adaptadas para rodar em testes. Há uma unidade desmontada com peças faltantes e as duas unidades completas citadas. Além das duas unidades completas que aparecem no site, existem outras quatro unidades totalmente construídas e que até parecem funcionais, mas como são protótipos não podem ser emplacados – além de outras unidades que tem apenas a carroceria e nada mais. Até mesmo as baterias do sedã estão à venda, muito provavelmente com o estoque que a empresa tinha para a produção.

Descoberto pelo Jalopnik, a venda dos protótipos indica que a marca está pagando o que pode com a falência. Existem outros tipos de componentes como motores elétricos e bancos, fiação, componentes eletrônicos, onde todos seriam usados na linha de produção do 0, que estavam até embaladas. Há materiais de escritório como mesas, monitores de computador, área de estar de escritório, mesas de conferências e cadeiras, que também estão à venda. A cidade que foi registrada a venda dos modelos é Helmond, na província de Brabante do Norte, na Holanda. Aparentemente, tudo já foi vendido. Triste fim.















Fotos: internet / reprodução

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Volkswagen apresenta as primeiras imagens teaser de um possível Golf GTI Edition 50

Ford tem desconto de R$ 17 mil para a Ranger; Maverick, Bronco Sport e Transit tem promoção

Toyota registra imagens de patente de câmbio manual que simula de 14 marchas no USPTO

BMW lança promoção adicional para iX1 e iX no Brasil até o próximo dia 31 de maio

BMW cogitou produzir 50 unidades da Z4 Touring Coupé Concept, mas desistiu do projeto

MINI revela imagens teaser do desenvolvimento da condução com uso de óculos VR

BMW revela as novas imagens teaser do M5 e M5 Touring, que vão ter mais de 700cv

Jaguar-Land Rover quer construir uma inédita fábrica de bateria para elétricos no Reino Unido

Chery reajusta o preço do Tiggo 5X em R$ 1.000 e Tiggo 7 Sport pode receber primeiro aumento