Chrysler pode refazer todo o Airflow Concept no modelo de produção, que surge este ano

Chrysler confirma que design do Airflow Concept deve ser refeito para se adequar a uma mudança de design que a marca terá em seus produtos, diz executivo



Depois de apresentar o Airflow Concept pode ganhar vida como um produto puramente elétrico que antecipa como serão os futuros lançamentos da Chrysler. A marca norte-americana é uma das poucas que ainda não apresentaram nenhum modelo desde a criação da Stellantis. Pelo contrário, se despediu do seu sedã 300 e se mantém em linha apenas com a Pacifica (e sua versão mais simples, Voyager). O primeiro elétrico da marca estreia em meados de 2025 e pode ser o Airflow. Se for, ele passará por grandes mudanças.

De acordo com o Diretor de Design da Stellantis, Ralph Gilles, que disse em entrevista que o Airflow pode passar por um redesenho quase completo – isso se o modelo não for descartado para a chegada de um produto totalmente novo. Ao Motor Trend, Gilles diz que a chegada da nova CEO da Chrysler, Christine Feuell, tem um novo olhar e um novo ‘livro de regras’ que deseja seguir. “Chris chegou lá com sua perspectiva, que realmente gostamos. Ela queria uma declaração que não tivesse literalmente nada a ver com qualquer coisa que você já viu hoje, até mesmo com o carro-conceito Airflow. Ele está evoluindo em uma nova direção.", destaca Gilles.

“O Airflow foi um ótimo exercício para sinalizar novamente o tipo de veículo que a Chrysler poderia querer fazer”, diz Gilles. Criado como um crossover mais atraente, o Airflow ajudou a envelhecer tudo que a Chrysler vendia até pouco tempo, como os já cansados Pacifica/Voyager e o próprio 300. Com a nova CEO no cargo da marca, é possível que o elétrico ganhe um design redesenhado, provavelmente desenhado pelo mesmo designer que fez o Dodge Charger Daytona SRT Concept e a RAM Revolution BEV Concept. Apesar disso, Gilles diz que o Airflow foi bem em clínicas com clientes.

“Portanto, sabemos que temos um sucesso em mãos”, diz Feuell na entrevista. "Isso explodiu as portas. Isso é um bom sinal. E a Chrysler está madura para isso. Já fizemos isso antes, conseguimos oferecer um produto novo e empolgante, então estamos muito entusiasmados com isso.", adicionou Gilles. O que se deve esperar é que o modelo redesenhado venha melhor, tanto por fora como por dentro. Desenvolvido a partir da plataforma modular STLA, ele terá capacidade de oferecer uma autonomia em torno dos 700km, com uma arquitetura elétrica de 400V ou 800V.



Para chamar atenção de um consumidor que esqueceu da existência da Chrysler, a Stellantis pode usar o primeiro carro da marca como um carro com uma série de tecnologias avançadas, como a condução autônoma de Nível 3. Usando materiais sustentáveis, o elétrico da Chrysler terá sistemas acessíveis e fáceis de operar, com todos as funcionalidades diante de um a três toques em telas. Até mesmo o nome Airflow está sendo revisto. “Há um grupo de pessoas que ama o nome Airflow e outros tantos que nos imploram para não o usar”, diz Feuell.

Para isso, a Chrysler trabalha com equipes de naming e já existe uma pequena lista de potenciais nomes que podem ser usados. O que se sabe é que os novos produtos da Chrysler não vão seguir o padrão alfanumérico. “Definitivamente não estamos seguindo o caminho alfanumérico. Não acho que seja muito adequado para este produto. Poderia ser um ótimo nome para algo que lançaremos no futuro. Há muita história e patrimônio maravilhosos com o nome, então não gostaria de descartá-lo. para uso futuro potencial, mas não para este.", destaca Feuell.

“A partir de 2025, veremos uma sucessão de novos produtos vindos de nós todos os anos”, adicionou a nova CEO da Chrysler, confirmando que será um lançamento por ano no período de 2025 a 2028, totalizando quatro novos produtos até quase o final desta década. Além de um crossover com porte do Airflow Concept, a Chrysler pode ter um SUV de três fileiras de bancos, além de poder ter um modelo menor. Serão esses os primeiros SUVs da marca após o fim de linha do Pacifica (que foi um SUV entre 2003 a 2007) e do Aspen (2006-2008). Sabe-se que a nova linha será produzida em Windsor, Ontário, no Canadá. 



Fotos: Chrysler / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BYD lança oficialmente o Song Pro no Brasil, com motor de até 235cv e por R$ 189.800

Volvo lança promoção do EX30 no Brasil, além de condições para XC40, C40, XC60 e XC90

Baojun apresenta a chegada do Yunduo na China, o concorrente direto do BYD Dolphin

Volkswagen registra imagens de patente do ID.7 S na China, que será da joint-venture SAIC-VW

Iveco lança o eDaily no Brasil, contra o Ford E-Transit, em três versões e parte de R$ 549.000

Renault lança promoção em julho no Brasil para quase toda a linha, inclusive com elétricos

BYD lança promoção '48 Horas Eletrizantes' e tem condições até o final deste mês

JAC Hunter é uma das apostas da marca chinesa para este segundo semestre no Brasil

Peugeot lança o novo E-2008 no Brasil, elétrico que chega com melhorias e um motor de 158cv

Kia confirma que vai manter os preços no Brasil mesmo com aumento da alíquota de IPI