No 12º Salão do Automóvel do Veículo Elétrico de São Paulo, BYD apresenta suas novidades para o Brasil


A BYD esteve na 12º edição do Salão do Veículo Elétrico, que acontece em São Paulo (SP). O evento, que terminou no último dia 3 mostrou principalmente híbridos e elétricos como o e6 (fotos) e o T3. A montadora chinesa se mantém de forma discreta no mercado nacional, focando no fornecimento de veículos elétricos para empresas públicas e privadas, além de taxistas, locadoras e serviços de compartilhamento de veículo. Com plano de erguer uma fábrica de baterias em Manaus (AM), ela deve ser capaz de desenvolver baterias de fosfato de ferro-lítio para os ônibus que são produzidos em Campinas (SP). Atualmente o principal automóvel da BYD deve ser o e6, que conta com motor elétrico de 121cv de potência e torque de 45,8kgfm com as baterias de fosfato de ferro de 64kWh no assoalho e no porta-malas, este com 450 litros. O e6 mede 4,56 metros de comprimento, 1,82m de largura, 1,63m de altura e 2,83 metros de entre-eixos. Sua autonomia é de 300km usando ar-condicionado e sistema de áudio, mas fontes da marca dizem que é possível que ele chegue a 400km ou mais. Ele alcança 140 km/h, mas pesa altos 2.420 kg. O tempo de recarga é de 2h em carregador rápido de 380V ou 7h em 220V. A vida útil da bateria é de 30 anos e a garantia total do carro é de cinco anos. Seu preço por aqui deve ficar em caros R$200.000 e atualmente ele é vendido apenas para pessoas jurídicas, assim como o T3. O e6 deve fazer parte do "táxi preto" de São Paulo, que deve contar com 10 unidades. Já o T3 é um pequeno furgão leve, que a BYD está trazendo ao mercado nacional. Feito para transporte urbano de cargas leves e encomendas, o T3 tem 4,46 metros de comprimento, 1,72m de largura, 1,87m de altura e 2,72 metros de entre eixos. O modelo tem baú com piso plano de aço e 3.300 litros de volume. O motor elétrico tem 218cv de potência e torque de 31,5kgfm. O T3 tem capacidade de carga de 750kg e pode alcançar 130km/h, fazendo de 0 a 100km/h em 16 segundos. A autonomia é de 250km, mas pode-se rodar mais de 300km de forma mais econômica, embora os freios não sejam regenerativos. Nesse caso o T3 teria preços de R$170.000 e será usado nos Correios como forma de teste.


Fotos: César Tizo - Autoo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv